Dourados – MS domingo, 25 de outubro de 2020
Dourados
32º max
21º min
Influx
Saúde

Novo modelo explica tremores que antecedem erupções vulcânicas

24 Fev 2011 - 22h45
Vulcão Pinatubo, nas Filipinas
 - Crédito: Foto: U.S. Geological SurveyVulcão Pinatubo, nas Filipinas - Crédito: Foto: U.S. Geological Survey
Todos os vulcões produzem tremores em frequências semelhantes nos minutos, dias ou semanas que antecedem a erupção. Essa frequência não varia em função do tamanho, do formato nem da localização geográfica do vulcão. A “Nature” desta quinta-feira traz um modelo que explica este fenômeno – e pode ajudar a prever erupções mortais.

Entre as semanas e os minutos antes da erupção, os tremores ficam numa frequência estreita, entre 0,5 e 2 hertz, em praticamente todos os vulcões. Logo antes da erupção e durante a mesma, a frequência atinge níveis maiores e varia entre 0,5 e 7 hertz. A semelhança entre os tremores em diferentes vulcões é difícil de explicar devido às variáveis, tais como estrutura física, composição do magma e quantidade de gás.

“O fato de que isso é tão universal é muito estranho porque os vulcões são muito diferentes em tamanho e característica. É como tocar cinco instrumentos musicais de sopro e obter o mesmo som de todos eles”, compara David Bertovici, professor do Departamento de Geologia e Geofísica da Universidade de Yale, nos EUA, um dos autores da pesquisa.

O modelo matemático descrito por ele e por seu colega Mark Jellinek, da Universidade da Colúmbia Britânica, do Canadá, sugere um “sacolejo de magma” para explicar a semelhança. Este fenômeno é o estridor que resulta da interação entre o magma subindo e a camada espumosa de gás que o cerca. Os fatores que determinam essa interação variam pouco de vulcão para vulcão, o que torna a explicação plausível.

“Este modelo nos dará um sistema bastante necessário para compreender a física dos tremores, o que só pode ajudar na previsão de erupções destruidoras”, acredita Bertovici.

(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS registra 479 novos casos de Covid-19 e faixa etária de 30 a 39 anos é a mais afetada
Saúde

MS registra 479 novos casos de Covid-19 e faixa etária de 30 a 39 anos é a mais afetada

24/10/2020 16:31
MS registra 479 novos casos de Covid-19 e faixa etária de 30 a 39 anos é a mais afetada
Dourados somou 41 novos casos nas últimas 24 horas
Covid

Dourados somou 41 novos casos nas últimas 24 horas

24/10/2020 14:03
Dourados somou 41 novos casos nas últimas 24 horas
Maia defende diálogo para autorizar vacina do Instituto Butantan
política

Maia defende diálogo para autorizar vacina do Instituto Butantan

24/10/2020 10:01
Maia defende diálogo para autorizar vacina do Instituto Butantan
Outubro Rosa: mulheres lésbicas, bissexuais, homens e mulheres trans também precisam se prevenir
Saúde

Outubro Rosa: mulheres lésbicas, bissexuais, homens e mulheres trans também precisam se prevenir

24/10/2020 09:03
Outubro Rosa: mulheres lésbicas, bissexuais, homens e mulheres trans também precisam se prevenir
Anvisa autoriza importação de 6 milhões de doses da CoronaVac
Saúde

Anvisa autoriza importação de 6 milhões de doses da CoronaVac

24/10/2020 07:34
Anvisa autoriza importação de 6 milhões de doses da CoronaVac
Últimas Notícias