Dourados – MS domingo, 20 de setembro de 2020
Dourados
27º max
16º min
Eleições

Partidos começam a preparar candidaturas à Prefeitura da Capital

31 Mai 2016 - 06h00
Rose Modesto foi a primeira a colocar o “bloco” na rua, ao se afastar da Setas. - Crédito: Foto: DivulgaçãoRose Modesto foi a primeira a colocar o “bloco” na rua, ao se afastar da Setas. - Crédito: Foto: Divulgação
Os principais partidos interessados na Prefeitura de Campo Grande já começaram a se mexer, indicando seus candidatos que só serão homologados durante as convenções que começam aqui a um mês.


A ideia das lideranças dos partidos gigantes é "destronar" o prefeito Alcides Bernal (PP), já em pré-campanha pela reeleição. 


Pela legislação eleitoral, a temporada das convenções partidárias para homologação de candidaturas e coligações com outras legendas começa em 20 de julho e termina em 5 de agosto.


Por enquanto, anteciparam suas pré-candidaturas o PSDB, liderado pelo governador Reinaldo Azambuja, o PMDB do ex-governador André Puccinelli e o PSD, que tem como principal opção o nome do deputado estadual Marquinhos Trad.


A vice-governadora Rose Modesto (PSDB), inclusive foi a primeira a colocar o "bloco" na rua, ao se afastar da Setas (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), cargo que vinha ocupando no governo deste a posse de Azambuja.


Os deputados estaduais Márcio Fernandes (PMDB) e Marquinhos Trad também já tentam se viabilizar. Entre os dois, a única dúvida recai sobre o candidato peemedebista, cuja cúpula do partido pode reavaliar a decisão de lançar seu nome, dependendo de um  cenário político mais favorável.


Na prática, o comando partidário torce por um revés político por conta do desgaste que o partido sofreu nos últimos dias em Mato Grosso do Sul. Também depende de uma administração bem-sucedida do presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), a fim de emplacar uma candidatura mais robusta, capaz de fazer frente aos principais adversários.


Os senadores Waldemir Moka e Simone Tebet são vistos como as melhores opções. O deputado federal Carlos Marun também é lembrado, porém, enfrenta resistência dentro do partido depois que se declarou como um dos principais cabos-eleitorais do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).


O ex-prefeito da Capital, Nelsinho Trad, presidente regional do PTB, também se movimenta, a exemplo de outros nomes interessados no pleito, embora com menor intensidade, como o deputado federal Zeca do PT, o deputado estadual Pedro Kemp (PT), o empresário Sérgio Longen (PR) e a deputada federal Tereza Cristina (PSB). 


Há dias, o secretário estadual de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Athayde Nery (PPS), garantiu deixar o cargo para disputar as eleições.


Presidente regional do PPS, Athayde lançou na noite do último dia 13 sua pré-candidatura à Prefeitura de Campo Grande


Até a data das convenções, alguns partidos nanicos – aqueles de pequena densidade eleitoral - devem anunciar candidaturas próprias com único objetivo de garantir a eleição de vereadores.

Novas regras


O cronograma de datas e as regras para realização das convenções e dos registros de candidaturas foram alteradas pela lei 13.165/2015 da Reforma Eleitoral, e já valem para as eleições municipais deste ano.
Caso as convenções não indiquem o número máximo de políticos, as vagas que sobram devem ser preenchidas em até 30 dias antes do pleito, não mais 60 dias, como anteriormente.


Com a nova redação, mudou também a data final para solicitação do registro dos candidatos do ano eleitoral para o dia 15 de agosto.


A Lei determina que o prazo de entrada do requerimento de registro de candidato a cargo eletivo em cartório ou na secretaria do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) termina, sem possibilidade de prorrogação, às 19h do dia 15 de agosto do ano em que se realizarem as eleições.


A reforma 2015 modificou ainda o prazo para até 20 dias antes das eleições para que os Tribunais Regionais Eleitorais enviem ao TSE a relação dos candidatos às eleições majoritárias e proporcionais, da qual constará obrigatoriamente a referência ao sexo e ao cargo a que concorrem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto institui Semana da Conscientização sobre a Esquizofrenia em MS
Política

Projeto institui Semana da Conscientização sobre a Esquizofrenia em MS

17/09/2020 13:52
Projeto institui Semana da Conscientização sobre a Esquizofrenia em MS
Governador Reinaldo Azambuja testa positivo para Covid-19
Comunicado Oficial

Governador Reinaldo Azambuja testa positivo para Covid-19

17/09/2020 09:43
Governador Reinaldo Azambuja testa positivo para Covid-19
A pedido do PSD, Daniela mantém pré-candidatura à vereadora
Eleições 2020

A pedido do PSD, Daniela mantém pré-candidatura à vereadora

16/09/2020 10:15
A pedido do PSD, Daniela mantém pré-candidatura à vereadora
STF declara inconstitucional a impressão do voto pela urna eletrônica
Eleições 2020

STF declara inconstitucional a impressão do voto pela urna eletrônica

15/09/2020 17:35
STF declara inconstitucional a impressão do voto pela urna eletrônica
Doutor Guto, médico de 37 anos, é o vice de Alan Guedes
Eleições 2020

Doutor Guto, médico de 37 anos, é o vice de Alan Guedes

15/09/2020 14:01
Doutor Guto, médico de 37 anos, é o vice de Alan Guedes
Últimas Notícias