Dourados – MS segunda, 17 de fevereiro de 2020
Dourados
35º max
22º min
Política

Marçal garante R$ 1,5 mi para o PAI

29 Dez 2010 - 07h59
Legenda – Marçal e Délia anunciam empenho de R$ 1,5 milhão para obras do Pronto Atendimento Infantil
 - Crédito: Foto: DivulgaçãoLegenda – Marçal e Délia anunciam empenho de R$ 1,5 milhão para obras do Pronto Atendimento Infantil - Crédito: Foto: Divulgação
BRASÍLIA – O deputado federal Marçal Filho (PMDB) anunciou ontem o empenho de R$ 1,5 milhão para o início das obras do Pronto Atendimento Infantil (PAI) em Dourados. Os recursos foram viabilizados pelo deputado junto ao Ministério da Saúde e já estão disponíveis na conta da Prefeitura na Caixa Econômica Federal. O empenho número 2010NU900600 foi feito no dia 27 de dezembro e comunicado ontem ao parlamentar douradense, que comemorou mais esta conquista para a saúde das crianças.

“Esse empenho é resultado de uma ação contínua junto ao Ministério da Saúde e mostra que mesmo em período de recesso, nossa equipe está trabalhando para garantir recursos não apenas para Dourados, mas, também, para os municípios da região”, enfatizou Marçal Filho.

O deputado aproveitou o anúncio do empenho de R$ 1,5 milhão para destacar os esforços da prefeita Délia Razuk (PMDB) em garantir a área para construção do Pronto Atendimento Infantil. “O PAI é um projeto idealizado pela vereadora Délia Razuk que, logo nos primeiros meses de mandato, me procurou para propor uma parceria, de forma que ela trabalharia para garantir o local e eu me empenharia para assegurar o dinheiro para o Pronto Atendimento Infantil, iniciativa que vai revolucionar os serviços de saúde pública às crianças de toda região”, comemora Marçal Filho.

O deputado explica que os recursos não foram frutos de emenda parlamentar, mas sim extraorçamentários. “O Ministério da Saúde tem, em seu orçamento anual, dinheiro para construção de unidades de atenção especializadas em saúde infantil, portanto, abraçamos a proposta da prefeita Délia Razuk, quando ela estava na Câmara Municipal, e começamos a correr atrás dos recursos em Brasília”, relata. “Agora, com o empenho anunciado pelo Ministério da Saúde, temos a convicção que Dourados ganhará, enfim, uma unidade de saúde à altura das necessidades das crianças”, argumenta o deputado.

Marçal Filho salienta que a idéia é criar uma unidade de saúde com uma equipe multiprofissional composta de pediatras, psicólogos, fonoaudiólogos e outros especialistas em atendimento infantil. “O diferencial será o ambiente de atendimento, que não terá o perfil de hospital e sim uma estrutura física planejada para ser um espaço condizente com essa faixa etária, com atividades lúdicas coordenadas por profissionais da área, além de salas de vídeo e cursos educativos”, salienta o deputado.

Marçal Filho lembra que especialistas em saúde infantil apontam que atender crianças em um ambiente mais aprazível e exclusivamente voltado a elas, com salas de triagem e de espera específicas, produz efeitos significativos na redução do número de crianças encaminhadas para internação no serviço de pediatria, do tempo de espera e faz aumentar a satisfação dos pacientes, além de diminuir a angustia dos pais ou responsáveis.

Outra vantagem adicional é que as crianças serão atendidas por especialistas em pediatria e encaminhadas ao hospital apenas em caso de necessidade, ou seja, o Pronto Atendimento Infantil vai impedir que pacientes sejam encaminhados para internação sem necessidade, além de evitar o contato com adultos doentes, o que em muitos casos serve de agravante, podendo uma enfermidade simples se tornar uma doença mais séria.

COMEMORA - Ao ficar sabendo do empenho dos recursos de R$ 1,5 milhão pelo Ministério da Saúde, a prefeita Délia Razuk comentou que a construção de uma unidade de atendimento às crianças, do porte do PAI, vem reforçar as ações já realizadas pelas Unidades Básicas de Saúde e estende os serviços ambulatoriais para essa área específica, de atendimento infantil, ampliando a cobertura na área de Saúde Pública. “Essa parceria com o deputado federal Marçal Filho garantiu os recursos para a obra que dará início a um novo tempo na prestação de assistência de saúde às nossas crianças”, enfatiza a prefeita.

Délia Razuk foi eleita vereadora em 2008 e antes mesmo de assumir o mandato procurou informações sobre os meios mais eficientes para o atendimento à criança. Ela conheceu o sistema de funcionamento do PAI a partir dos exemplos das unidades existentes em Londrina, no Paraná e passou a reivindicar essa melhoria para Dourados.

Com o Pronto Atendimento Infantil, Dourados terá uma unidade de saúde exclusiva para o atendimento às crianças e adolescentes, de forma integral. “O PAI oferece consultas médicas especializadas, com equipe multiprofissional, odontologia, fisioterapia, saúde mental e também os serviços de enfermagem, vacinação e distribuição de medicamentos; e ainda tem um espaço para recreação com as crianças”, finaliza Délia Razuk.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Plenário pode votar alterações em MP sobre crédito rural
política

Plenário pode votar alterações em MP sobre crédito rural

17/02/2020 11:14
Plenário pode votar alterações em MP sobre crédito rural
Presidente da Assembleia discute parcerias com países asiáticos para viabilizar Rota Bioceânica
Mato Grosso do Sul

Presidente da Assembleia discute parcerias com países asiáticos para viabilizar Rota Bioceânica

17/02/2020 10:55
Presidente da Assembleia discute parcerias com países asiáticos para viabilizar Rota Bioceânica
Ministra diz que escolha de candidato a prefeito não pode ser feita de forma irresponsável
política

Ministra diz que escolha de candidato a prefeito não pode ser feita de forma irresponsável

há 9 horas atrás
Ministra diz que escolha de candidato a prefeito não pode ser feita de forma irresponsável
Barbosinha diz que candidatura a prefeito de Dourados é irreversível
Política

Barbosinha diz que candidatura a prefeito de Dourados é irreversível

14/02/2020 12:26
Barbosinha diz que candidatura a prefeito de Dourados é irreversível
Política

Braga Netto vai coordenar os ministros, diz Bolsonaro

14/02/2020 07:15
Últimas Notícias