Dourados – MS sábado, 08 de maio de 2021
Dourados
26º max
12º min
Política

Geraldo propõe discussão de ferrovias

15 Mai 2011 - 22h03
Geraldo discutiu com o ministro Alfredo a implantação da Ferrovia do Pantanal em MS - Crédito: Foto: Rodrigo PaelGeraldo discutiu com o ministro Alfredo a implantação da Ferrovia do Pantanal em MS - Crédito: Foto: Rodrigo Pael
DOURADOS - O deputado Geraldo Resende (PMDB-MS) vai convocar todos os deputados e senadores da bancada federal para definir, em seminário estadual, quais os melhores traçados ferroviários para Mato Grosso do Sul. “Essa não é luta solitária de apenas um deputado, mas de todos os parlamentares”, observa Geraldo, que já tinha defendido a realização de seminário, mas teve que esperar a formação do grupo de trabalho encarregado dos estudos para encaminhar a proposta.

Coordenador da bancada federal, Geraldo Resende disse que o seminário deve discutir não apenas a ferrovia que interligará Mato Grosso do Sul e Paraná, mas também os traçados alternativos ligando MS a São Paulo. Segundo ele, além da bancada federal e participação de parlamentares estaduais, o seminário deve reunir técnicos e especialistas, tendo como convidados especiais os governadores André Puccinelli e Beto Richa (PR), além do diretor-presidente da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Bernardo Figueiredo, e o presidente da Valec – Engenharia, Ferrovias e Construções S/A, e o deputado Eduardo Sciaria (DEM-PR).

Há um mês, no dia 12 de abril, Geraldo se reuniu com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, para tratar da construção de ramais, a partir da extensão dos troncos ferroviários Norte-Sul e Ferroeste, permitindo assim a implantação da Ferrovia do Pantanal por meio de ramais interligando as regiões Leste (Aparecida do Taboado), Sul (Dourados e Mundo Novo) e Oeste (Maracaju).

Segundo Geraldo Resende, o plano que prevê a expansão da malha ferroviária é estratégico, porque vai eliminar gargalos de logística e transportes que impedem a economia do Estado e de toda região Centro Oeste de se desenvolver. Atualmente, há apenas uma linha ferroviária que liga Mato Grosso do Sul a um porto, o de Santos.

Proposta - Em Mato Grosso do Sul, a meta é interligar o Estado à malha ferroviária nacional por meio de um ramal que incorpore o sistema estadual à Ferrovia Norte-Sul pelo município de Aparecida do Taboado até Estrela D`Oeste (SP), passando por Três Lagoas e Brasilândia, com um entroncamento com a Ferroeste (Ferrovia do Pantanal) a partir de Maracaju, passando por Dourados, Mundo Novo, até Paranaguá (PR).

Os traçados prevêem um ramal interligando a Ferrovia do Pantanal, na região de Maracaju, até Cascavel, no Paraná, passando por Dourados e Mundo Novo (MS) – Guaíra e Cascavel (PR), seguindo até o porto de Paranaguá; um ramal de Estrela do Oeste/Panorama (SP) interligado à Ferronorte, passando por Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Nova Andradina e Dourados, onde os dois troncos se confluem e se interligam ao Paraná passando por Mundo Novo.
Há, ainda, a ideia do terceiro ramal, ligando Dourados, Maracaju e Porto Murtinho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto obriga resgate de animais domésticos vítima de abandono em MS
Política

Projeto obriga resgate de animais domésticos vítima de abandono em MS

06/05/2021 14:30
Projeto obriga resgate de animais domésticos vítima de abandono em MS
Política

CPI da Pandemia inicia hoje depoimentos ouvindo Mandetta e Teich

04/05/2021 10:00
Em plena pandemia, Câmara gasta R$ 57 mil com viagens de vereadores
IMPRESSO

Em plena pandemia, Câmara gasta R$ 57 mil com viagens de vereadores

02/05/2021 15:00
Em plena pandemia, Câmara gasta R$ 57 mil com viagens de vereadores
CPI da Saúde apresenta resultados preliminares ao MPF
POLÍTICA

CPI da Saúde apresenta resultados preliminares ao MPF

30/04/2021 13:21
CPI da Saúde apresenta resultados preliminares ao MPF
Câmara aprova projeto que permite compra de medicamentos para Covid-19 sem licitação  Fonte: Agência Câmara de Notícias
Política

Câmara aprova projeto que permite compra de medicamentos para Covid-19 sem licitação Fonte: Agência Câmara de Notícias

30/04/2021 12:00
Câmara aprova projeto que permite compra de medicamentos para Covid-19 sem licitação  Fonte: Agência Câmara de Notícias
Últimas Notícias