Dourados – MS quinta, 17 de janeiro de 2019
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Câmara

Chapa de Pepa é anulada e Alan Guedes é eleito presidente da Câmara

14 Dez 2018 - 10h00Por Flávio Verão
Chapa de Pepa é anulada e Alan Guedes é eleito presidente da Câmara - Crédito: Thiago Morais/CMD Crédito: Thiago Morais/CMD

O impasse sobre a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Dourados chegou ao fim e o novo presidente é o vereador Alan Guedes. A chapa que tinha os vereadores presos Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB) foi anulada devido eles terem sido substituídos durante a sessão na tarde de hoje por Marcelo Mourão (PRP) e Toninho Cruz (PSB).

Os dois empossados foram decisivos para a vitória de Alan Guedes. Como só tinha uma chapa, os vereadores tinham que decidir por "sim" ou "não" a favor de Alan e os demais membros: Elias Ishy (PT), como vice-presidente, Sergio Nogueira (PSDB), primeiro secretário, e Daniela Hall (PSD), segundo secretário.

Antes de escolher a Mesa Diretora, os vereadores votaram dois recursos interpostos pela chapa de Pepa, composta por parlamentares aliados a base da prefeita Délia Razuk na Câmara. Uma delas foi o pedido de substituição dos membros Pepa e Cirilo por Bebeto (PR) e Jânio Miguel (PR), respectivamente, na chapa que concorre a Mesa Diretora.

A outra pedia o cumprimento do inciso 1º do Art. 15 do Regimento Interno, que exigia a nulidade da eleição da Mesa Diretora. Os dois recursos foram derrubados devido aos votos de Toninho e Mourão. Agora, são 10 o quantitativo de vereadores que se declaram independentes na Câmara. A tropa da prefeitura é composta por 9 parlamentares.

Em seguida teve início a eleição da Mesa Diretora. Alan Guedes recebeu voto dele, além de outros nove vereadores: Daniela Hall, Sergio Nogueira, Elias Ishy, Lia Nogueira, Marcelo Mourão, Toninho Cruz, Olavo Sul, Marçal Filho e Madson Valente.

Mesmo sendo fiel a administração municipal desde que assumiu o mandato no início do ano passado, Romualdo Ramim se absteve - se levantou da cadeira onde estava e preferiu não votar. Foram contra a eleição de Alan os vereadores Bebeto, Silas, Cido, Carlito, jânio, Juarez, Maurício e Júnior Rodrigues.

Ainda ontem a nova Mesa Diretora tomou posse para o biênio 2019-2020. Ao ocupar a tribuna na Câmara, Alan Guedes agradeceu os demais colegas que acreditam em seu trabalho e da chapa. Fez uma breve leitura de seu currículo, quando em 2010, aos 24 anos, exerceu curto período na Câmara como suplente, num momento em que a Casa de Leis era atingida pela Operação Uragano, da Polícia Federal, quando também prendeu vereadores, servidores públicos, empresários.

Já em 2012 recebeu quase 3 mil votos, ocupando cadeira de titular, sendo reeleito em 2016. Alan Guedes é advogado, professor universitário e um dos vereadores mais críticos e atentos a questões jurídicas sobre o andamento na Câmara.

"Todos os padrões que me guiavam como advogado e professor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul serão mantidos na presidência da Câmara. A mão estendida e a porta aberta serão referências do meu trabalho como presidente desta Casa", disse o vereador. Ele falou ainda que o "seu berço", assim como os demais vereadores que confiaram a ele o voto não deixarão com que erre no atual desafio como presidente da Mesa Diretora.

Assim como nas demais sessões de tentativa de votação e obstruídas pelos vereadores da base da administração municipal, o plenário nesta quinta-feira estava lotado. Com a vitória de Alan, o público cantou o Hino Nacional. Em seguida aconteceu outra sessão, para votação do projeto que estima a receita e fixa a despesa do município de Dourados para o exercício financeiro de 2019.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Empossado para o segundo mandato, Reinaldo Azambuja aposta em alinhamento com Governo Federal
Governo de MS

Empossado para o segundo mandato, Reinaldo Azambuja aposta em alinhamento com Governo Federal

02/01/2019 08:00
Empossado para o segundo mandato, Reinaldo Azambuja aposta em alinhamento com Governo Federal
Ministério da Agricultura fica responsável por demarcar terra indígena
Questão Indígena

Ministério da Agricultura fica responsável por demarcar terra indígena

02/01/2019 07:56
Ministério da Agricultura fica responsável por demarcar terra indígena
Bolsonaro toma posse como presidente para mandato até 2022
Novo Governo

Bolsonaro toma posse como presidente para mandato até 2022

01/01/2019 15:15
Bolsonaro toma posse como presidente para mandato até 2022
Após 5 meses detidos, Puccinelli e filho são soltos pelo STJ
Soltos

Após 5 meses detidos, Puccinelli e filho são soltos pelo STJ

19/12/2018 14:58
Após 5 meses detidos, Puccinelli e filho são soltos pelo STJ
Marco Aurélio manda soltar condenados em segunda instância, inclusive Lula
FIm de Ano

Marco Aurélio manda soltar condenados em segunda instância, inclusive Lula

19/12/2018 13:40
Marco Aurélio manda soltar condenados em segunda instância, inclusive Lula
Últimas Notícias