Dourados – MS segunda, 19 de outubro de 2020
Dourados
34º max
21º min
Influx
Dia-a-Dia

Protesto na UFGD cobra estrutura

23 Mar 2011 - 22h38
Estudantes de Biotecnologia da UFGD não têm laboratórios e literatura específica - Crédito: Foto : Hedio Fa-zan/PROGRESSOEstudantes de Biotecnologia da UFGD não têm laboratórios e literatura específica - Crédito: Foto : Hedio Fa-zan/PROGRESSO
DOURADOS – Cerca de 80 alunos do curso de Biotecnologia fizeram protesto na manhã de ontem em frente a reitoria da Universidade Fedetal da Grande Dourados (UFGD). Com nariz de palhaço, faixas, cartazes e apitos, o grupo cobrou melhorias na estrutura de ensino.

A estudante do 3º ano de biotecnologia, Taísa de Oliveira Dago, disse que os alunos estão para se formar, sem nem ter passado por aulas praticas. Faltam laboratórios, materiais como reagentes, livros, entre outros.

#####OUTRO LADO

A Assessoria de Comunicação da UFGD informou que na manhã de ontem, os representantes das turmas de Biotecnologia foram ouvidos pelo Pró-Reitor de Ensino de Graduação, Sidnei Azevedo, pelo diretor da Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais (FCBA), José Benedito Perrella Balestieri, e o coordenador do curso, Marcelo Paz.

Segundo a UFGD as reivindicações dos estudantes com relação à estrutura do curso estão em andamento na, principalmente para as disciplinas práticas. Encontra-se em processo licitatório a construção de um prédio multidisciplinar que vai abrigar vários laboratórios para os cursos da UFGD, incluindo o de Biotecnologia.

Os materiais de consumo, como produtos químicos, reagentes e vidrarias para aulas práticas serão adquiridos depois do processo que já está em fase final. A UFGD vai investir R$ 2,6 milhões na compra de 900 itens de laboratórios para seus cursos, atendendo solicitação feita por cada Unidade Acadêmica. E, somente para o curso de Biotecnologia, mais cerca de R$ 400 mil foram investidos em 2010 na compra de material permanente, incluindo equipamentos para laboratórios e mobiliários.

Existem demandas, mas prazos administrativos e a legislação precisam ser cumpridos pela Universidade, principalmente nas suas áreas em formação, como é o caso da Biotecnologia.

A UFGD informou ainda que na última listagem, comprou 121 livros para o curso de Biotecnologia. Destes, 105 exemplares já foram adquiridos e o restante só não foi entregue porque as editoras estavam com os estoques esgotados.

Também reitera que tem convênio com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e Ministério da Ciencia a Tecnologia, que garantem recursos na ordem de R$ 1.370.000,00, para a cosntrução de laboratórios para pesquisas em biotecnologista para alunos de graduação e pós.

Deixe seu Comentário