Dourados – MS quarta, 19 de fevereiro de 2020
Dourados
34º max
23º min
Dia-a-Dia

Prefeitura de Dourados reativa Banda Lira Douradense

18 Nov 2010 - 18h24
A Banda Lira Douradense, que estava com as atividades paralisadas desde 2009, está sendo reativada pela atual administração. Em reunião nesta quinta-feira com a prefeita Délia Razuk (PMDB), os maestros Augusto César da Silva Santos e Ângelo Vicente receberam a confirmação de que o município vai dar prosseguimento ao trabalho musical da banda, criada em 1974 através de lei municipal.

Incentivadora da arte e cultura, Délia Razuk disse que a prefeitura vai se empenhar para oferecer todo o suporte necessário à reativação da Lira. “O que depender de nós para que a banda volte a se apresentar e levar a arte musical para nossa população, sem dúvida alguma será feito. Gostaria inclusive que vocês reunissem os músicos e preparassem uma bela apresentação já para a programação de aniversário da cidade”, solicitou a prefeita.

Délia Razuk informou que o município vai viabilizar um espaço para que a banda ofereça aulas de música e possa também fazer os seus ensaios. O local antes utilizado pela Lira Douradense, no Parque dos Ipês, atualmente é ocupado pela Funced (Fundação Cultural e de Esportes de Dourados).

Além de disponibilizar um espaço com condições para a prática da arte musical, o município também irá avaliar as condições dos instrumentos que eram utilizados pelo grupo.

Segundo a prefeita, se for preciso serão adquiridos novos instrumentos. “O que não podemos é deixar uma banda que faz parte da história da nossa cidade continuar parada, sem mostrar a arte musical para todos. A Lira Douradense é uma demonstração viva de nossa cultura e isso precisa ser valorizado”, ressaltou Délia Razuk.

Contentes e até emocionados com a decisão da atual administração em retomar as atividades da banda, os maestros disseram que vão tentar reunir o quanto antes os integrantes da Lira Douradense para que voltem aos ensaios. A Lira Douradense é formada por pessoas da sociedade civil que atuam voluntariamente. Considerada em 1979 como de utilidade pública, a banda chegou a ter 23 músicos e 15 alunos inscritos nas aulas de teoria musical, que eram ministradas gratuitamente.

A Lira Douradense chegou a ser a campeã nacional na década de 80 do Concurso de Bandas e Fanfarras na categoria banda musical. A banda teve suas atividades paralisadas por duas vezes, a primeira entre 1997 e 2000 e no ano passado. De acordo com o maestro Angelo Vicente, a retomada da banda é uma conquista de toda a população.

Ele comentou que a reativação da Lira Douradense era um desejo que eles enquanto regentes da banda, lutaram para que fosse efetivada. “Estamos muito contentes com a decisão da prefeita em prosseguir com este projeto, a banda é um incentivo cultural à sociedade, às crianças. Este era um sonho que para nós nunca tinha morrido e que agora a prefeita nos dá a satisfação de que vamos ver novamente a sua realização”, afirmou Ângelo Vicente.

Deixe seu Comentário