Dourados – MS quarta, 23 de setembro de 2020
Dourados
30º max
15º min
MS

Justiça bloqueia todo patrimônio de Puccinelli em ação da Lama Asfáltica

20 Jul 2016 - 17h10
Justiça bloqueia todo patrimônio de Puccinelli em ação da Lama Asfáltica - Justiça bloqueia todo patrimônio de Puccinelli em ação da Lama Asfáltica -
A 3ª Vara da Justiça Federal bloqueou bens do ex-governador André Puccinelli (PMDB) A informação foi confirmada anteontem (19) pelo advogado René Siufi, que defende André, segundo divulgou o jornal Correio do Estado. Investigação da Polícia Federal sobre lavagem de dinheiro teria motivado o bloqueio, segundo o advogado.

Siufi já pediu cópia do pedido de bloqueio para a 3ª Vara Federal, a mesma em que tramita toda a Operação Lama Asfáltica da Polícia Federal e sua segunda fase, a Fazendas de Lama. "Vou me inteirar melhor sobre esta decisão nesta quarta-feira", informou ontem o advogado de Puccinelli.
Foi nesta última operação, desencadeada no 10 de ma2io deste ano, que André Puccinelli teve de prestar depoimento à Polícia Federal.

Além do ex-governador André Puccinelli, a decisão judicial, concedida anteon-tem (19), foi solidária ao empresário Mirched Jafar Junior, dono da Gráfica Alvorada. A determinação da 3ª Vara da Justiça Federal, em Campo Grande, resultou no bloqueio de R$ 43.169.512,16 de Puccinelli e no mesmo valor contra a pessoa física de Jafar Junior, segundo o Correio do Estado.

De acordo com a PF, o pedido foi feito como desdobramento da investigação da 2ª fase da Lama Asfáltica, que foi denominada Fazendas de Lama.Os R$ 43 milhões que foram pedidos para bloqueio teriam sido desviados a partir de compras suspeitas de material gráfico em contrato firmado entre o governo do Estado, na administração de Puccinelli, e a Gráfica Alvorada.

Nessa etapa da operação, agentes cumpriram 15 mandados de prisão temporária, 28 de busca e apreensão e 24 de sequestro de bens. A ação foi desencadeada no dia 10 de maio deste ano.
Um desses mandados foram cumpridos na casa do ex-governador, que foi acordado por policiais federais no apartamento onde vive, localizado em prédio no centro de Campo Grande.

Deixe seu Comentário