Dourados – MS sábado, 19 de setembro de 2020
Dourados
30º max
20º min
Crescimento

Dourados cresce na contramão do país com 5 empresas/dia

07 Abr 2016 - 06h00
Murilo vistoria obra de asfalto; investimento em infraestrutura favorece desenvolvimento. - Crédito: Foto:  A. FrotaMurilo vistoria obra de asfalto; investimento em infraestrutura favorece desenvolvimento. - Crédito: Foto: A. Frota
O município de Dourados continua em pleno crescimento, mesmo num país que enfrenta uma grande recessão econômica. Somente este ano, nos três primeiros meses, foram abertas no município 444 novas empresas em todas as áreas da atividade econômica. No final de dezembro do ano passado eram 16.974 e hoje já são 17.418 empresas ativas, operando normalmente. "Nossa cidade encontrou o caminho do desenvolvimento; resgatamos a auto estima do povo, organizamos a cidade administrativamente, melhoramos a infraestrutura e preparamos o ambiente para os investimentos", lembra o prefeito Murilo. "Desde o início do nosso mandato os investimentos de empresas privadas acontecem, gerando emprego e renda, e os efeitos desse trabalho vão continuar atraindo investimentos naturalmente pelos próximos anos", explica.


Os dados sobre a abertura de empresas em Dourados são do Empresômetro MPE, sistema de estatísticas da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e foram consultados ontem.
De acordo com o prefeito, grandes investimentos previstos para este e o próximo ano atrairão para Dourados mais empresas para prestar serviços a essas grandes operações, gerando um impacto muito positivo na geração de renda e emprego em curto e médio prazos.


Murilo lembra que a JBS (Seara) está investindo em Dourados R$ 560 milhões na ampliação da sua unidade de abate e processamento de suínos. Com isso a geração de empregos diretos saltará de 2.450 para 4 mil e a de empregos indiretos de 6.500 para 14.500. As obras já estão em andamento.


Outros investimentos citados por Murilo são na área de esmagamento e processamento de soja. A Coamo vai investir mais de R$ 600 milhões para instalação de duas fábricas, a esmagadora e a refinaria de óleo, gerando 300 empregos diretos e 4 mil indiretos. Já a Bungue está ampliando a sua esmagadora, aumentando o processamento de soja bruta de 1.500 toneladas para 2.200 toneladas ao dia. O investimento é de R$ 40 milhões, com geração de mais 50 empregos.


Murilo continua mantendo contados com empresários visando investimentos em Dourados. Entre esses investimentos estão mais dois hipermercados de atacado. O do Grupo Pão de Açúcar (Assaí) deve ter as obras iniciadas entre este e o próximo mês. O prefeito também mantém tratativas com o Atacadão, que planeja mais um hipermercado na cidade. Cada um desses empreendimentos vai gerar pelo menos 200 empregos diretos.

As empresas

Das 17.418 empresas instaladas em Dourados 7.949 são de comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas; 1.706 são da área de construção; 1.457 são indústrias de transformação; 1.412 de outras atividades de serviços, 1.097 de alojamento e alimentação; 956 de atividades administrativas e serviços complementares; 842 de transporte, armazenamento e correios; 707 de atividades profissionais, científicas e técnicas; 298 de saúde humana e serviços sociais; 287 de informação e comunicação e ainda 707 de outros seguimentos.


Com relação às modalidades de empresas, 41% são Simei (empreendedor individual), 29% são ME (Micro empresa), 28% são Simples Nacional e 2% EPP (Empresa de Pequeno Porte). Com relação ao regime de tributação 5.478 (31%) estão no regime normal, 4.791 (28%) no Simples Nacional e 7.149 (41%) estão no Simei.

Deixe seu Comentário