Dourados – MS sexta, 25 de setembro de 2020
Dourados
35º max
19º min
Dia-a-Dia

Aced e entidades vão ao ato contra corrupção

09 Mar 2016 - 06h00
Representantes de entidades reunidos na Aced. - Crédito: Foto: DivulgaçãoRepresentantes de entidades reunidos na Aced. - Crédito: Foto: Divulgação
A Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced) e demais entidades parceiras decidiram se unir à mobilização nacional contra a corrupção e irão participar do manifesto previsto para o próximo domingo (13) em Dourados. A decisão na segunda-feira, durante reunião na Associação Comercial, que incluiu representantes da Associação dos Comerciantes de Material de Construção (Acomac), Sindicato dos Contabilistas, 4ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), MS Peixe e a Diocese de Dourados, representada pelo bispo diocesano Dom Henrique de Lima.


A mobilização realizada em Dourados segue manifesto nacional contra a corrupção e pela moralização do Brasil. No município, a concentração está marcada para às 15h30 na avenida Presidente Vargas, entre as avenidas Marcelino Pires e Joaquim Teixeira Alves (em frente ao jornal O PROGRESSO). De lá, após entoar o Hino Nacional, os manifestantes seguirão em passeata pela avenida Marcelino Pires até as portas da Catedral, onde haverá um ato ecumênico celebrado pelo bispo dom Henrique e pelo Conselho de Pastores. Também haverá leitura de uma carta-manifesto, redigida pela OAB.


O presidente da Aced, Antônio Nogueira, destaca a importância do envolvimento de todas as entidades representativas da sociedade civil organizada de Dourados e conclama toda a população a participar do manifesto contra a corrupção e a alta carga tributária imposta aos brasileiros. "Nós precisamos passar o Brasil a limpo e investigar onde for preciso para acabar de vez com a corrupção. O povo brasileiro precisa apoiar a Polícia Federal e toda a Justiça para que façam seu trabalho", destacou o líder empresarial, ao conclamar o empresariado douradense: "Empresário, apareça antes que você desapareça", alerta.


Durante a reunião na Aced, o bispo Dom Henrique se comprometeu em convocar os fieis da Igreja Católica nas missas de sábado à noite e domingo pela manhã. O objetivo é reunir o maior número possível de pessoas nesta mobilização.

Deixe seu Comentário