Dourados – MS segunda, 25 de janeiro de 2021
Dourados
29º max
22º min
Influx
Mundo

Defesa de Bruno diz que ‘garantias’ não estão sendo respeitadas

13 Abr 2011 - 16h15
Cláudio Dalledone fala à imprensa depois do
julgamento do habeas corpus do goleiro Bruno
 - Crédito: Foto: Alex Araújo/G1 MGCláudio Dalledone fala à imprensa depois do julgamento do habeas corpus do goleiro Bruno - Crédito: Foto: Alex Araújo/G1 MG
Após julgamento que negou habeas corpus ao goleiro Bruno Fernandes, o advogado Claúdio Dalledone, que defende o atleta, disse que há fragilidades no processo sobre o desaparecimento e morte de Eliza Samudio. O advogado sustentou no pedido de liberdade que Bruno é réu primário e tem domicílio certo e, por isso, não estariam sendo respeitados os direitos constitucionais do acusado. Ele informou que vai recorrer da decisão para que Bruno aguarde o julgamento em liberdade.

“O TJ enfrentou um habeas corpus que indica que a decisão da juíza [Marixa Fabiane Lopes Rodrigues] era carente de informação, ou seja, o tribunal fez uma emenda que tentou fundamentar a decisão de manter o Bruno preso. E isso deixou claro que eles [desembargadores] não estão preocupados com as garantias constitucionais do acusado. A emenda mostrou que há fragilidades no processo”, disse.

Os desembargadores terminaram nesta quarta-feira (13) o julgamento do pedido de liberdade que deveria ter acontecido na quarta-feira (6), mas foi adiado pelo desembargador Doorgal Andrada, que pediu vistas do processo. Na ocasião, o adiamento foi considerado positivo pelo advogado porque os desembargadores teriam mais tempo para avaliar o pedido e fundamentar a decisão.

A liberdade foi negada e os desembargadores alegaram que o goleiro permaneceria preso para \"a manutenção da ordem pública e a garantia da conveniência da instrução penal\" (a não interferência de pessoas externas no andamento do prcesso).

A noiva do goleiro Bruno, Ingrid Oliveira, estava presente na sessão. O próximo passo da defesa de Bruno é apresentar um recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo Dalledone, isso será feito num prazo de 60 dias. “Minha esperança nunca deixou de ser Brasília”, falou.

O goleiro está preso há mais de nove meses na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

######(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Larry King, apresentador, morre aos 87 anos
Mundo

Larry King, apresentador, morre aos 87 anos

23/01/2021 14:05
Larry King, apresentador, morre aos 87 anos
Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Mundo

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

20/01/2021 15:26
Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Futebol

Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial

20/01/2021 09:57
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Tênis

Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena

20/01/2021 07:52
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Mundo

Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia

09/01/2021 10:02
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Últimas Notícias