Dourados – MS quarta, 17 de abril de 2024
21º
Clima e Meio Ambiente

Aumento do preço do chocolate: uma razão para se preocupar com as mudanças climáticas

Custos mais altos em todo o mundo estão em parte ligados às alterações que reduziram as safras e elevaram o valor do cacau; os cacaueiros crescem perto da linha do Equador e são sensíveis às mudanças climáticas

03 Abr 2024 - 21h45Por ONU News
Chocolate, produzido a partir do cacau - Crédito: Unsplash/Tetiana BykovetsChocolate, produzido a partir do cacau - Crédito: Unsplash/Tetiana Bykovets

Os preços do cacau subiram 136% entre julho de 2022 e fevereiro de 2024, de acordo com o monitoramento de preços de commodities da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad.

Segundo a agência, ondas de calor e chuvas intensas estão prejudicando as colheitas na África Ocidental, que produz três quartos do cacau do mundo.

Colheitas prejudicadas pelo terceiro ano consecutivo

Os consumidores do chocolate em todo o mundo estão sendo atingidos pelos preços mais altos do cacau devido, em parte, à crise climática.

O clima extremo e as mudanças nos padrões climáticos prejudicaram as colheitas das safras, que devem ficar aquém pelo terceiro ano consecutivo, afetando a oferta global e elevando os preços.

O preço por tonelada no mercado futuro ultrapassou US$ 10 mil pela primeira vez em 26 de março. O aumento chegou aos consumidores em todo o mundo, que já sofrem com a inflação e uma crise geracional de custo de vida.

De acordo com a Unctad, os cacaueiros crescem perto da linha do Equador e são sensíveis às mudanças climáticas. O fenômeno El Niño, caracterizado por temperaturas superficiais mais quentes em partes do Oceano Pacífico, causou um clima mais quente e mudanças nos padrões de chuva.

Consultor agrícola na Colômbia abre uma fruta para expor sementes de cacau, usadas para fazer chocolateConsultor agrícola na Colômbia abre uma fruta para expor sementes de cacau, usadas para fazer chocolate - Foto: Scott Wallace / Banco Mundial

 

Pragas nos países responsáveis por 58% da produção

Na África Ocidental, que produz a maior parte do fornecimento global de cacau, as plantações estão cada vez mais ameaçadas por ondas de calor, chuvas intensas e outros riscos relacionados ao clima.

Por exemplo, chuvas excessivas em Gana e em Cote d’Ivoire, também conhecida como Costa do Marfim, durante o quarto trimestre de 2023 levaram a um surto de vírus do broto inchado e da doença da vagem preta, uma condição que faz com que as vagens de cacau apodreçam e endureçam.

A repercussão é global, já que os dois países produziram 58% do cacau mundial entre 2022 e 2023.

A Organização Internacional do Cacau espera um déficit global de cerca de 374 mil toneladas para a temporada 2023-2024, em comparação com 74 mil toneladas na temporada passada.

Impacto econômico da mudança climática

Segundo o economista sênior da Unctad, Rodrigo Carcamo "por essa razão, e diante da demanda mundial inelástica de preços de curto prazo pelo cacau, choques do lado da oferta resultam em picos de preços".

A Unctad alerta que o aumento do preço do cacau é apenas um exemplo de como as mudanças climáticas têm impactos de longo alcance na sociedade e na economia.

Para Carcamo "isso mostra a importância para todos os consumidores ao redor do mundo de que as mudanças climáticas sejam combatidas” e que as metas climáticas dos países sejam cumpridas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fórum da Juventude da ONU lança apelo por um "mundo mais justo"
Desenvolvimento econômico

Fórum da Juventude da ONU lança apelo por um "mundo mais justo"

16/04/2024 21:45
Fórum da Juventude da ONU lança apelo por um "mundo mais justo"
ONU alerta para risco iminente de acidente nuclear em Zaporizhzhia, na Ucrânia
Paz e segurança

ONU alerta para risco iminente de acidente nuclear em Zaporizhzhia, na Ucrânia

16/04/2024 20:45
ONU alerta para risco iminente de acidente nuclear em Zaporizhzhia, na Ucrânia
OMS: Com sistema de saúde arrasado em Gaza, pacientes "definham de dor"
Ajuda humanitária

OMS: Com sistema de saúde arrasado em Gaza, pacientes "definham de dor"

16/04/2024 19:45
OMS: Com sistema de saúde arrasado em Gaza, pacientes "definham de dor"
Um ano após início do conflito, doadores se mobilizam para apoio ao Sudão
Paz e segurança

Um ano após início do conflito, doadores se mobilizam para apoio ao Sudão

15/04/2024 22:45
Um ano após início do conflito, doadores se mobilizam para apoio ao Sudão
Líder da ONU diz que "pesadelo" no Sudão não pode ser esquecido pelo mundo
Paz e segurança

Líder da ONU diz que "pesadelo" no Sudão não pode ser esquecido pelo mundo

15/04/2024 21:45
Líder da ONU diz que "pesadelo" no Sudão não pode ser esquecido pelo mundo
Últimas Notícias