Dourados – MS sábado, 19 de setembro de 2020
Dourados
30º max
20º min
Esporte

Após 3 anos, Sete volta às quartas do Estadual de futebol

21 Mar 2016 - 06h00
Momento em que Jaime saia para comemorar o primeiro gol do jogo na partida disputada no sábado. - Crédito: Foto: Luiz RadaiMomento em que Jaime saia para comemorar o primeiro gol do jogo na partida disputada no sábado. - Crédito: Foto: Luiz Radai
O Sete de Setembro de Dourados recuperou-se muito bem da derrota sofrida na quarta-feira da semana passada em Corumbá com triunfo sobre o Águia Negra por 2 a 0 em jogo no Douradão na noite de sábado. Os gols de Jaime e Guilherme deram números finais à partida ainda no primeiro tempo. O time de Dourados está matematicamente classificado à próxima fase do Estadual, depois de ficar três anos fora das quartas. Com 16 pontos o time não pode ser alcançado por outra equipe de fora do G4. O Águia estaciona nos 10 pontos.


Depois de oito partidas na primeira fase, o Sete tem conseguido por em prática o plano traçado pela diretoria. Primeiro, fugir do rebaixamento e depois conseguir a classificação. A cada jogo, o trabalho do time tem aparecido e a meta de chegar à Série D ainda em 2016 vai se concretizando. Até aqui são 5 vitórias, um empate e duas derrotas.


"Muito feliz por trabalhar nesse clube e com esses jogadores. Nosso primeiro objetivo foi alcançado. Quero continuar pedindo aos torcedores, empresários e todos de Dourados que continuem acreditando nessa equipe, pois todos os envolvidos estão fazendo o melhor e trabalhando para Dourados ser um centro no futebol de Mato Grosso do Sul", disse Chiquinho Lima.


Se o tabu anterior era de mais de 3 anos sem vencer em casa agora o Sete de Setembro acumula três jogos sem perder no Douradão. Além do empate com o Ivinhema em 1 a 1, o time derrotou Aquidauanense e Águia Negra por 2 a 0 em seus domínios. E é justamente em casa o próximo compromisso, diante do Naviraiense, depois de dez dias de folga, no dia 30 de março às 20h45, pela 9ª rodada.


O Águia Negra volta a campo na próxima quarta-feira, quando vai a Naviraí para enfrentar o Naviraiense no Virotão às 20h45, em jogo adiado da 7ª rodada. Na nona rodada o time de Rio Brilhante enfrenta o Ivinhema em casa, dia 27.

O jogo


Com um atraso por espera do policiamento o jogo do Sete e Águia começou como o time da casa trocando passes e invertendo o jogo, mas sempre abusando das ligações diretas entre a defesa e o ataque na tentativa da velocidade de Maranhão ou o oportunismo de Guilherme. A zaga do Águia bem postada evitava as tentativas.


No entanto, a partir dos 25 minutos, uma sequência de jogadas de ataque do Sete, que propunha o jogo, levantou os torcedores e em pelo menos três grandes chances o Sete quase marcou: um chute de Guilherme dentro da pequena área foi travado pela zaga, uma cabeçada do atacante no contrapé do goleiro mandou a bola na trave e um cruzamento que Maranhão sozinho não alcançou a bola.


Ainda com boas jogadas e pouco perigo imposto pelo Águia, o time de Dourados chegou ao primeiro gol. Aos 31 minutos, em nova jogada de linha de fundo a bola foi cruzada da direita, Maranhão cabeceou e Cícero fez uma grande defesa, mas a bola sobrou para Dio que chutou cruzado e o zagueiro Jaime, caído, completou para o gol: 1 a 0.


Com o Águia encurralado, o Sete aproveitou para fazer mais um aos 35 minutos. Altino cruzou da direita, Alex Faria ajeitou e o artilheiro Guilherme acertou um belo chute marcando o sexto gol no Estadual e o segundo do Sete no jogo.


O Águia voltou para o segundo tempo com duas alterações, mas quem voltou melhor foi o Sete que passou a desperdiçar diversas oportunidades de aumentar o placar. Aos 21 minutos, Guilherme recuperou a bola no campo de ataque, passou por dois marcadores e cruzou para Maranhão. O camisa 9 devolveu para Guilherme já dentro da área que ajeitou a bola na marca do pênalti para Alex Faria chutar por cima do gol.


Na sequência, foi a vez do artilheiro desperdiçar. O camisa 11 recebeu de Maranhão, entrou na área e chutou em cima de Cícero.


Se o goleiro do Águia brilhava, o do Sete não fez diferente. Pela primeira vez como titular, Fernando Hilário que substituía Filipe machucado, passou confiança aos torcedores durante todo o jogo e na melhor oportunidade do Águia o goleiro fez ótima defesa no chute de Leandro Branco que Hilário buscou com a ponta dos dedos.


Chiquinho Lima mandou a campo Mário Lúcio e Halef e na primeira oportunidade, Mário Lúcio fez grande jogada pela esquerda e cruzou para o atacante que sozinho, cabeceou por cima do gol. Ainda deu tempo do zagueiro do Águia, Magno, ser expulso nos minutos finais após um carrinho frontal em Mário Lúcio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Águia Negra estreia amanhã na Série D contra União Rondonópolis
Futebol

Águia Negra estreia amanhã na Série D contra União Rondonópolis

18/09/2020 15:37
Águia Negra estreia amanhã na Série D contra União Rondonópolis
Chapecoense encara Náutico nos Aflitos para encostar na liderança da Série B
Brasileirão

Chapecoense encara Náutico nos Aflitos para encostar na liderança da Série B

18/09/2020 14:27
Chapecoense encara Náutico nos Aflitos para encostar na liderança da Série B
Com Menino e Bruno Guimarães, Tite convoca Seleção Brasileira para Eliminatórias da Copa
Seleção

Com Menino e Bruno Guimarães, Tite convoca Seleção Brasileira para Eliminatórias da Copa

18/09/2020 12:12
Com Menino e Bruno Guimarães, Tite convoca Seleção Brasileira para Eliminatórias da Copa
Athletico-PR ganha do Jorge Wilstermann de virada
Libertadores

Athletico-PR ganha do Jorge Wilstermann de virada

16/09/2020 12:01
Athletico-PR ganha do Jorge Wilstermann de virada
Palmeiras e dupla Gre-Nal voltam a campo pela Libertadores
Libertadores

Palmeiras e dupla Gre-Nal voltam a campo pela Libertadores

16/09/2020 08:37
Palmeiras e dupla Gre-Nal voltam a campo pela Libertadores
Últimas Notícias