Dourados – MS quinta, 15 de abril de 2021
Dourados
35º max
22º min
Influx - Campanha 2021
economia

MS terá R$ 1,6 bilhão do FCO para 2021 e linha de crédito para municípios do Pantanal

07 Dez 2020 - 17h42Por Portal MS
MS terá R$ 1,6 bilhão do FCO para 2021 e linha de crédito para municípios do Pantanal -

Mato Grosso do Sul terá disponível R$ 1,698 bilhão em recursos do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) no ano de 2021 para o financiamento de novos empreendimentos rurais e empresariais. O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira (7) ao governador Reinaldo Azambuja e ao secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) durante a 14ª Reunião do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste – Condel/Sudeco.

Uma das novidades para o próximo ano será a linha de crédito excepcional para atender propriedades rurais e empreendimentos localizados na planície pantaneira com o objetivo de auxiliar empresários e produtores rurais na recomposição de suas atividades devido às queimadas ocorridas no bioma ao longo de 2020. A proposta foi apresentada e defendida pelo Governo de Mato Grosso do Sul na reunião do Condel. Ao todo, foram destinados R$ 180.452.078,63 dos recursos previstos para 2021 para os municípios sul-mato-grossenses e mato-grossenses localizados na planície pantaneira.

Em MS, serão beneficiados pelo FCO Pantanal os municípios de Aquidauana, Bodoquena, Corumbá, Coxim, Miranda, Sonora, Porto Murtinho, Ladário e Rio Verde de Mato Grosso.  “Na reunião presidida pelo ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) pedimos a abertura desse crédito específico para a planície pantaneira. A proposta foi aprovada, já que é muito importante para o fomento de políticas exclusivas para esses municípios”, ressaltou o governador Reinaldo Azambuja. 

Já o secretário Jaime Verruck informou que “mini, pequenos e médios produtores rurais localizados na planície pantaneira terão condições diferenciadas no FCO Rural, com possibilidade de financiamento de até 100% do projeto, além do financiamento de custeio para a suplementação alimentar dos animais;  investimentos para a reforma de pastagem, bem como benfeitorias, principalmente a reconstrução de cercas e abertura emergencial de poços para a dessedentação dos animais. Grandes propriedades também terão essas mesmas condições, mas o limite de financiamento será de até 80% do valor do projeto”.

Outro destaque feito pelo titular da Semagro foi a destinação de R$ 90.226.039,31 para a linha de Financiamento de Ciência, Tecnologia e Inovação, o equivalente a 1,5% dos recursos previstos no Fundo. Deste total, R$ 20 milhões foram alocados para projetos de inovação, com teto de até R$ 200 mil. 

“Como a linha de ciência e tecnologia estava com pouca movimentação, a instituição financeira solicitou que os conselhos estaduais de desenvolvimento passassem a analisar as carta-consulta para todas as propostas nessa modalidade, independentemente de valor. No âmbito da Semagro, vamos instituir um comitê no para que possa auxiliar nessas análise no CEIF - Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO”, comentou Jaime Verruck, que preside o CEIF.

Reunião foi realizada por videoconferência

Recursos

Para o ano 2021, a Sudeco anunciou uma disponibilidade de aplicação de R$ 6.015.069.287,50 na distribuição do FCO entre os Estados do Centro-Oeste. O montante total dos recursos do Fundo para Mato Grosso do Sul no próximo ano será de R$ 1.698.371.829,00, distribuídos da seguinte forma: R$ 1.443.616.629,00 operados pelo Banco do Brasil (sendo R$ 721,808.314,50 no FCO Empresarial e R$ 721,808.314,50 no FCO Rural); R$ 169.837.200,00 operados pelas cooperativas de crédito e R$ 84.918.000,00 a serem operados pelo BRDE. 

Mais novidades para o FCO em 2021

Na linha de Financiamento do FCO Verde, foram destinados R$ 300.753.464,37. Essa modalidade destina-se: ao financiamento de investimentos de custeio, associado a projetos de investimento e de serviços e custos relacionados à regularização ambiental e fundiária dos imóveis rurais; à implantação de sistemas produtivos e tecnologias voltadas à mitigação da emissão de gases causadores de efeito estufa. Uma novidade nessa modalidade para 2021 é a possibilidade de financiamento, com taxas diferenciadas de projetos que visem estimular a modernização das cadeias produtivas da pecuária leiteira e da fruticultura.

Também foi definida a exclusão da Linha Emergencial Covid-19, uma vez que a vigência do estado de calamidade pública se encerra em 31 de dezembro de 2020. Essa modalidade, no entanto, pode ser prorrogada para 2021 caso haja extensão do estado de calamidade e o CMN autorize continuidade da linha emergencial.

Ainda para 2021, em caráter excepcional, o FCO poderá financiar aviões e helicópteros voltados ao transporte de pessoas enfermas, em atenção à situação de calamidade pública, decorrente da emergência de saúde pública ocasionada pela pandemia da Covid-19.

Reunião do conselho

Realizada virtualmente por causa da pandemia de coronavírus, a 14ª reunião do Condel/Sudeco ainda contou com a participação dos governadores Mauro Mendes (Mato Grosso do Sul) e Ronaldo Caiado (Goiás); do vice-governador Pacco Britto (Distrito Federal); e de representantes dos ministérios da Economia, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), do Turismo (Mtur) e da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

Marcelo Armoa, Semagro
Fotos: Chico Ribeiro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado
Economia

Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado

14/04/2021 14:18
Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado
Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI
Economia

Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI

14/04/2021 12:17
Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI
Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
Economia

Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020

14/04/2021 09:46
Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
Indicador econômico global mantém trajetória de recuperação, diz FGV
Economia

Indicador econômico global mantém trajetória de recuperação, diz FGV

13/04/2021 16:10
Indicador econômico global mantém trajetória de recuperação, diz FGV
Crise do Coronavírus afeta mais os negócios liderados pelas mulheres
Economia

Crise do Coronavírus afeta mais os negócios liderados pelas mulheres

12/04/2021 15:00
Crise do Coronavírus afeta mais os negócios liderados pelas mulheres
Últimas Notícias