Dourados – MS sábado, 19 de junho de 2021
Dourados
18º max
12º min
IMPRESSO

Dia das Mães deve movimentar R$ 8 milhões em Dourados

08 Mai 2021 - 10h00Por Luiz Guilherme
Dia das Mães deve movimentar R$ 8 milhões em Dourados - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

As vendas do Dia das Mães 2021, que este ano ocorre no dia 9 de maio, deve injetar na economia douradense, o dobro do que foi gasto no ano passado. Apesar do segundo ano de pandemia de Covid-19, a expectativa é que a data gere R$ 8.741.609 milhões. Em 2020, foram R$ 4.331.521. De acordo com a Federação do Comércio do Estado de Mato Grosso do Sul, o gasto médio com presentes também aumentou. 

Enquanto no ano anterior, os consumidores pareciam mais ‘tímidos’, diante das incertezas do começo da maior crise sanitária de saúde enfrentada pelo Mundo, e gastaram o equivalente a R$ 103,82 e 38,72% das pessoas foram as compras, este ano, o otimismo dobrou, isso porque o gasto médio foi elevado para R$ 143,78 e 63,53% douradenses devem ir às compras.

Diante desses números, o próprio relatório da pesquisa detalha que as expectativas são melhores que a do ano anterior, e que apesar do Novo Coronavírus, “nota-se um estímulo maior para a compra de presentes, dado o maior apelo emocional em meio à pandemia”. Os maiores gastos médios com presentes estão previstos para acontecer e Três Lagoas (R$ 178,45), e Ponta Porã (172). Com comemorações, estão as cidades de Bonito (R$ 195,54), e Dourados (156,69). 

Cenário 1 

O estudo considerou ainda dois cenários de consumo nesta pandemia. O primeiro é que o Dia das Mães movimente R$ 191,93 milhões em Mato Grosso do Sul. Em 2020, esse total foi de R$ 93,41. Se comparado com 2019, o aumento é de 16% este ano. Entre os entrevistados, 55% afirmaram que irão presentear, e deve gastar até R$ 148,55, já 47% disseram que vão comemorar a data, com custo médio de R$ 145,16. Somando gastos com presentes e comemorações, esse valor pode chegar a R$ 293,72. 

Cenário 2 

A Fecomércio também fez um estudo de como seriam os gastos se não houvesse maiores restrições por causa da Covid-19 ou reflexos das recentes suspensões do atendimento presencial. O valor que poderia ser injetado na economia sul-mato-grossense chegaria a R$ 227,24 milhões. Diante disso, 57% dos entrevistados iram gastar com presentes, e estavam dispostos a pagar até R$ 156,68. Os que iriam comemorar, 54%, com gasto médio de R$ 167,44. O gasto total com presentes mais comemoração seria de R4 324,12 por pessoa.

PRESENTES 

A pesquisa detalha ainda a preferência dos filhos na hora de comprar o presente é por vestuário (26%), seguido por artigos de perfumes/cosméticos (21%), bolsas/acessórios (16%), e flores/cesta de café ou de chocolate (11%). Além disso, 64% dos entrevistados disseram que vão realizar as compras em lojas físicas. O consumidor quer pagar à vista, mas desde que haja descontos. 36% dos consumidores responderam que preferem o pagamento na hora, 14% vão optar pelo parcelamento. 

Entre os fatores que contribuirão para a decisão de compra está o atendimento (18%), e os protocolos de biossegurança (9%). Em relação às comemorações, 74% dos filhos pretendem passar o a data com a família/mãe, apesar das orientações de distanciamento social. 15% vão comprar ingredientes para preparar o almoço, 7% irão comemorar via internet/ telefone. E num cenário sem pandemia, 41% passariam o dia com as mães.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado
Mega-Sena

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado

19/06/2021 10:00
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado
Caixa paga 3ª parcela do auxílio para nascidos em fevereiro e março
Auxílio

Caixa paga 3ª parcela do auxílio para nascidos em fevereiro e março

19/06/2021 09:00
Caixa paga 3ª parcela do auxílio para nascidos em fevereiro e março
Saiba o que fazer em caso de retomada de imóveis por falta de pagamento
Dourados

Saiba o que fazer em caso de retomada de imóveis por falta de pagamento

18/06/2021 17:26
Saiba o que fazer em caso de retomada de imóveis por falta de pagamento
Economia

Serviços crescem 0,7% em abril no país, diz IBGE

11/06/2021 15:00
Economia

Mesmo com queda, IBGE estima safra recorde para este ano

10/06/2021 15:00
Últimas Notícias