Dourados – MS terça, 22 de janeiro de 2019
WhatsApp
Anuncie aqui
Cesta Básica

Cesta básica sobe em 16 das 18 capitais pesquisadas pelo Dieese

07 Nov 2018 - 17h10Por da Redação
Cesta básica sobe em 16 das 18 capitais pesquisadas pelo Dieese - Crédito: Arquivo Crédito: Arquivo

O preço da cesta básica no mês de outubro apresentou alta em 16 das 18 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Segundo o levantamento divulgado hoje (7), as cidades que apresentaram aumento mais expressivo foram Fortaleza (7,15%), Porto Alegre (6,35%), Vitória (6,08%) e Rio de Janeiro (6,02%). A cesta mais cara foi a de Florianópolis, ficando em R$ 450,35, seguida pela de Porto Alegre (R$ 449,89), São Paulo (R$ 446,02) e Rio de Janeiro (R$ 443,69). Os menores valores médios foram observados em Natal (R$ 329,90) e Recife (R$ 330,20).

Em 12 meses, os preços médios do conjunto de alimentos subiram em 15 cidades, com destaque para Florianópolis (8,15%), Campo Grande (7,58%) e Fortaleza (7,02%). Os menores valores médios foram Belém (-1,45%), Goiânia (-1,34%) e São Luís (-1,19%).

No acumulado de meses de 2018, 14 capitais tiveram alta, entre elas Vitória (8,96%), Curitiba (8,40%) e Campo Grande (8,34%). Entre as que registraram queda estão Goiânia (-0,83%, Recife (-0,59%), Natal (-0,39%) e São Luís (-0,23%).

O Dieese calculou o salário mínimo ideal em outubro, baseado na cesta mais cara, de Florianópolis. O valor mínimo mensal necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria ser de R$ 3.783,39, equivalente a 3,97 vezes o salário mínimo atual, de R$ 954. Em setembro, o valor tinha sido estimado em R$ 3.658,39, ou 3,83 vezes o piso mínimo do país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aced e empresários do DID reúnem com Seinfra para viabilizar aumento da produção industrial
Indústria local

Aced e empresários do DID reúnem com Seinfra para viabilizar aumento da produção industrial

19/01/2019 16:51
Aced e empresários do DID reúnem com Seinfra para viabilizar aumento da produção industrial
Rota Bioceânica injetará R$ 200 milhões na economia de MS no primeiro ano
Rota Bioceânica

Rota Bioceânica injetará R$ 200 milhões na economia de MS no primeiro ano

02/01/2019 08:13
Rota Bioceânica injetará R$ 200 milhões na economia de MS no primeiro ano
Confiança empresárial atinge maior nível desde abril de 2014, diz FGV
Brasil

Confiança empresárial atinge maior nível desde abril de 2014, diz FGV

28/12/2018 09:37
Confiança empresárial atinge maior nível desde abril de 2014, diz FGV
Contribuintes ainda podem aproveitar descontos do Refis do ICMS parcelado
REFIS

Contribuintes ainda podem aproveitar descontos do Refis do ICMS parcelado

26/12/2018 08:52
Contribuintes ainda podem aproveitar descontos do Refis do ICMS parcelado
Geração de empregos em MS tem o melhor desempenho em novembro deste 2010
Empregos

Geração de empregos em MS tem o melhor desempenho em novembro deste 2010

21/12/2018 09:39
Geração de empregos em MS tem o melhor desempenho em novembro deste 2010
Últimas Notícias