Dourados – MS sexta, 26 de fevereiro de 2021
Dourados
34º max
24º min
Influx
Projeto

Dourados já conta com 60 pontos de descartes para pilhas sem utilidade

01 Abr 2016 - 10h39
Voluntários do Projeto Papapilhas passarão a fazer palestras de conscientização nas escolas. - Crédito: Foto: Marcos RibeiroVoluntários do Projeto Papapilhas passarão a fazer palestras de conscientização nas escolas. - Crédito: Foto: Marcos Ribeiro
Desde que era criança, Iracema Pereira Tibúrcio já se preocupava com o destino final das pilhas velhas que seus pais utilizavam e que normalmente iam para o lixo comum. Com o passar do tempo a preocupação com o problema ainda insistia em acompanhá-la até a fase adulta. "Um dia decidi que precisava fazer alguma coisa para direcionar o descarte das pilhas usadas que eu mesma recolhia".


Dessa inquientação, há três anos, surgiu a ideia de transformar o problema em solução, com a elaboração do Projeto de Sustentabilidade Papapilhas Dourados. A iniciativa recebeu, inclusive, no ano passado o Prêmio Marco Verde, do Instituto Municipal do meio Ambiente (IMAN). "Começamos conversando com alguns comerciantes e atualmente já temos 60 pontos de coletas na cidade", explica Iracema.


Além de recolher os itens para o destino adequado, o Papapilhas tem como objetivo conscientizar a respeito da importância da destinação correta dos materiais tóxicos, cujos resíduos oferecem risco à saúde pública. Dessa forma, contribui para um planeta sustentável.


As pilhas e baterias são compostas por diversos materiais que garantem a sua funcionalidade. Em contato com o solo, estes itens podem levar muitos anos para decomposição e até contaminar o lençol freático.


Dessa forma, não é recomendado o descarte em lixo doméstico. Além de ampliar os pontos de coletas, o projeto vem conseguindo atrair mais pessoas preocupadas com o destino final das pilhas sem uso. Ao lado de Cristiane Sanches Sisto, colega de trabalho na Secretaria de Saúde, Iracema conta com o apoio de outros voluntários, como Jonathan Tiberio Pereira, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Aparecida Dauzaker (autônoma), Rodrigo Barbosa, também autônomo e Jesuino Espindola, funcionário da Secretaria de Governo da Prefeitura. As ações do projeto garantiram à equipe, três lugares no Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdam).


O Papapilhas também conta o apoio do engenheiro agrônomo e pós-graduado em gestão ambiental, Marcos Antônio da Silva Ferreira. "O descarte das pilhas é um trabalho que exige o envolvimento de toda a sociedade. Ele não deve ficar restrito apenas a um grupo de pessoas", destaca o engenheiro. Segundo ele, muita gente desconhece os perigos decorrentes de uma pilha velha e os estragos que ela pode causar para o meio ambiente. "É um produto composto por alguns elementos químicos, que podem inclusive, ser prejudiciais à saúde humanacomo cádmio, chumbo, zinco, cobre, mercúrio e Lítio", pondera Marcos.


Segundo a coordenação do Papapilhas, o foco será as escolas da rede municipal e estadual.

Serviço


As pessoas interessadas em participar do projeto ou saber mais formações sobre os pontos de coletas podem entrar em contato através dos telefones 3410.5506 e 3410. 5516, com Iracema ou Cristiane).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aumento de nuvens provocam pancadas isoladas de chuva à tarde
Clima

Aumento de nuvens provocam pancadas isoladas de chuva à tarde

25/02/2021 08:12
Aumento de nuvens provocam pancadas isoladas de chuva à tarde
Quarta-feira de tempo claro e máxima de 37°C no Estado
Clima

Quarta-feira de tempo claro e máxima de 37°C no Estado

24/02/2021 07:40
Quarta-feira de tempo claro e máxima de 37°C no Estado
PMA de Bonito autua pecuarista em R$ 18 mil por desmatamento ilegal
Meio Ambiente

PMA de Bonito autua pecuarista em R$ 18 mil por desmatamento ilegal

23/02/2021 11:56
PMA de Bonito autua pecuarista em R$ 18 mil por desmatamento ilegal
Mais de 25 mil espécies da flora só existem no Brasil, mostra estudo
Pesquisa

Mais de 25 mil espécies da flora só existem no Brasil, mostra estudo

23/02/2021 07:42
Mais de 25 mil espécies da flora só existem no Brasil, mostra estudo
Predomínio de sol e temperaturas em elevação em Mato Grosso do Sul
Clima

Predomínio de sol e temperaturas em elevação em Mato Grosso do Sul

22/02/2021 08:52
Predomínio de sol e temperaturas em elevação em Mato Grosso do Sul
Últimas Notícias