Dourados – MS quarta, 05 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
Covid-19

Dourados recebe R$ 8,7 milhões para combate ao coronavírus

22 Mai 2020 - 17h48
Dourados recebe R$ 8,7 milhões para combate ao coronavírus -
O município de Dourados recebeu um total de R$ 8.731.459,62 para ações de combate à Covid-19. Da mesma forma que acontece em todos os municípios de Mato Grosso do Sul, o governo do Estado, tem direcionado todas as condições, por meio de recursos, equipamentos insumos e estrutura para que os municípios possam dar assistência à população, principalmente na área de saúde, diante da pandemia do coronavírus.
 
O valor repassado diretamente aos cofres do Município de Dourados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) engloba recursos estaduais e federais. Do total de R$ 8,7 milhões, R$ 830.000,00 são referentes a emendas parlamentares estaduais, R$ 633.464,99 são oriundos do Ministério da Saúde, por meio da Portaria 480; e R$ 7.267.994,63 definidos na Portaria 774, do Ministério da Saúde.
 
Os recursos estaduais para Dourados foram indicados pelos deputados Antonio Vaz (R$ 50 mil); Marçal Filho (R$ 260 mil); Neno Razuk (R$ 230 mil); Renato Câmara (40.000,00); e Barbosinha (R$ 250 mil).
 
Além das transferências financeiras, o governo do Estado, por meio da SES também passou para a Prefeitura de Dourados equipamentos e insumos para o combate à pandemia 653 frascos de álcool em gel, 9.340 luvas, 700 aventais, 2.200 máscaras, 6.500 toucas e 8.712 litros de álcool (líquido). O Hospital da Vida e o Hospital Universitário da UGD receberam, cada, 12 mil luvas, 10 mil máscaras, 600 litros de álcool e 200 sapatilhas.
 
“O governador Reinaldo Azambuja nos deu todas as condições para realizarmos um trabalho em parceria com os 79 prefeitos e secretários municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul. Estamos unidos nessa guerra contra o coronavírus”, salienta o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende. “E vamos continuar nos ajudando mutuamente, para que ao final sejamos vitoriosos”.
 
Leitos 
 
Por meio da SES, o governo do Estado também atua em conjunto com a Prefeitura de Dourados e está custeando, por seis meses, leitos clínicos e de Unidade Terapia Intensiva (UTI’s) instalados em hospitais públicos e particulares, a fim de que o Município e região estejam preparados para eventual crescimento dos casos da Covid-19.
 
Na semana passada, por exemplo, foram ativados, no Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados (HCGD), unidade pertencente ao governo do Estado, 32 leitos clínicos, reservados especialmente para futuros pacientes do coronavírus.
 
Com essa providência, o município de Dourados passou a contar com um total de 171 leitos para a Covid-19, entre clínicos e cirúrgicos. Destes, 120 são leitos clínicos (108 para adultos e doze para crianças); e 51 são de UTI (48 adultos e três pediátricos).
 
Além dos 32 leitos clínicos (adulto) estruturados no Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados, os demais estão distribuídos da seguinte forma: dezesseis no Hospital da Missão Evangélica Caiuás; dez no Hospital Evangélico; dezenove no Hospital Universitário da UFGD; 26 no Hospital da Vida; e cinco no Hospital Santa Rita. As crianças contam com oito leitos no Hospital Universitário e quatro no Hospital da Missão Caiuás.
 
Em relação às UTI’s adulto, foram disponibilizadas treze no Hospital Universitário, 20 no Hospital da Vida, dez no Hospital Evangélico e cinco no Hospital Santa Rita. As três UTI’s pediátricas estão instaladas no Hospital Universitário.
 
“Constantemente, estamos buscando alternativas para ampliar a oferta de leitos, tanto clínicos quanto de UTI para moradores de todas as regiões do Estado, a fim de evitarmos a superlotação nos municípios maiores, como Campo Grande”, salienta o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende. 
 
“No entanto, essa situação confortável não significa que podemos relaxar nas medidas de prevenção e contenção, como é o caso do isolamento social, a fim de evitarmos, o máximo possível, as mortes pela Covid-19”, salienta o secretário.
 
Outras ações
Trabalho bastante significativo no combate ao coronavírus, numa parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde e a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio do Corpo de Bombeiros, foi a instalação do drive-trhu, por meio do qual as pessoas agendam por telefone a coleta de exames (sem sair do carro); e o Programa Sentinela nas Aldeias, que possibilitou detectar o primeiro caso de coronavírus na Reserva,  e que vai resultar numa testagem em massa na população indígena local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Procon faz nova pesquisa de preços da cesta básica
Cesta Básica

Procon faz nova pesquisa de preços da cesta básica

há 21 minutos atrás
Procon faz nova pesquisa de preços da cesta básica
Neste sábado, véspera de Dia dos Pais, comércio terá horário diferenciado
Dourados

Neste sábado, véspera de Dia dos Pais, comércio terá horário diferenciado

há 49 minutos atrás
Neste sábado, véspera de Dia dos Pais, comércio terá horário diferenciado
Inscrições abertas para seleção de docente tradutor e intérprete de Libras
Educação

Inscrições abertas para seleção de docente tradutor e intérprete de Libras

05/08/2020 13:32
Inscrições abertas para seleção de docente tradutor e intérprete de Libras
Inflação para famílias de renda mais baixa fica em 0,50% em julho
Economia

Inflação para famílias de renda mais baixa fica em 0,50% em julho

05/08/2020 13:04
Inflação para famílias de renda mais baixa fica em 0,50% em julho
Entrevista com Rui Barbosa - por João Linhares
Artigo

Entrevista com Rui Barbosa - por João Linhares

05/08/2020 09:55
Entrevista com Rui Barbosa - por João Linhares
Últimas Notícias