Dourados – MS domingo, 24 de outubro de 2021
Dourados
27º max
20º min
Ranking Valor Econômico
Cidades

Paranaiba: Calçados do presídio atravessam fronteiras

14 Fev 2011 - 16h52
Paranaiba: Calçados do presídio atravessam fronteiras -
Campo Grande (MS) – Em uma confecção instalada no Estabelecimento Penal de Paranaíba (EPPar) são produzidos, em média, 1200 calçados diariamente. O material é distribuído às maiores cidades de Mato Grosso do Sul, como a Capital, e ainda calça pessoas em diversos Estados brasileiros, entre eles: São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Santa Catarina.

A iniciativa faz parte de uma parceria entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a empresa Adriana Rezende Calçados, tendo como objetivo a ocupação produtiva e remunerada de detentos.
O convênio foi formalizado há mais de um ano como parte do “Projeto Recomeçar”, idealizado pelo Juiz da Vara Criminal e Execução Penal de Paranaíba, Francisco Vieira de Andrade Neto, com apoio do Conselho da Comunidade local. O projeto tem por objetivo proporcionar mecanismo de reinserção social de internos do sistema prisional por meio do trabalho, além de contribuir com ações que visam melhorias para a estrutura das unidades penais da cidade.

O trabalho de confecção de calçados é desenvolvido por oito internos do EPPar. Eles atuam na finalização das peças, como colagem de palmilhas, enfeites decorativos e embalagens comerciais. Pelo trabalho, recebem mensalmente o valor de R$ 200,00 e kits de higiene, e ainda ganham remição de um dia na pena para cada três trabalhados.

Para o empresário Alfredo Bernardes da Silva, dono da empresa de calçados, a parceria tem sido muito produtiva. Segundo ele os internos são muito disciplinados e cumprem todas as tarefas com qualidade. “Estamos muito satisfeitos, temos bem menos problemas com eles do que com os empregados de fora”, comenta. “Também temos todo o apoio da direção e dos funcionários do presídio, além do estímulo do doutor Andrade [juiz da Execução Penal], que está sempre nos procurando para ver o andamento dos trabalhos; o comprometimento de todos com a ação é muito grande”, enfatiza o empresário.

#####Setor Empresarial

O Estabelecimento Penal de Paranaíba conta com um “Setor Empresarial”, um espaço destinado a acomodar empresas interessadas em dar oportunidade de emprego a reeducandos do regime fechado. Inaugurado em novembro de 2009, além da confecção de calçados, o local abriga também uma empresa que produz brinquedos pedagógicos e uma selaria.

Mas o trabalho de internos não se limita apenas ao “Setor Empresarial”, segundo a responsável pelo trabalho dos detentos no EPPar, Monica Dantas. No presídio também são desenvolvidas atividades de panificação, cozinha, reciclagem, serralheria, limpeza e manutenção, garantindo ocupação produtiva a mais de 50% dos internos.

Na opinião do diretor do presídio de Paranaíba, o trabalho prisional é uma eficiente ferramenta para a disciplina dos detentos e ainda os ajuda a terem novas perspectivas de vida para quando conquistarem a liberdade. “Trabalhando, eles ocupam a mente, acabam tendo um comportamento melhor, e também têm uma chance de aprenderem a desenvolver atividades que poderão ajudá-los a conquistarem um emprego digno quando saírem da prisão”, destaca.


Deixe seu Comentário

Leia Também

Mais uma etapa da pavimentação da Rua Hayel Bon Faker é concluída hoje
Dourados

Mais uma etapa da pavimentação da Rua Hayel Bon Faker é concluída hoje

23/10/2021 12:00
Mais uma etapa da pavimentação da Rua Hayel Bon Faker é concluída hoje
Saiba o que fazer para prevenir problemas durante e após temporais
Cidades

Saiba o que fazer para prevenir problemas durante e após temporais

23/10/2021 10:00
Saiba o que fazer para prevenir problemas durante e após temporais
Comércio 'torra' estoque a partir de segunda-feira em Dourados
Oportunidade

Comércio 'torra' estoque a partir de segunda-feira em Dourados

23/10/2021 09:00
Comércio 'torra' estoque a partir de segunda-feira em Dourados
Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS
Clima

Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS

23/10/2021 08:00
Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS
Após cinco anos em queda, número de empresas no Brasil cresceu em 2019
Cidades

Após cinco anos em queda, número de empresas no Brasil cresceu em 2019

22/10/2021 17:00
Após cinco anos em queda, número de empresas no Brasil cresceu em 2019
Últimas Notícias