Dourados – MS quarta, 24 de julho de 2024
21º
Cidades

MS-276 fica fechada em protesto dos moradores

18 Mar 2016 - 10h01Por Do Progresso
Rodovia ficou bloqueada durante toda manhã em protesto contra falta de manutenção da MS-276 no trecho urbano de Deodápolis. - Crédito: Foto: DivulgaçãoRodovia ficou bloqueada durante toda manhã em protesto contra falta de manutenção da MS-276 no trecho urbano de Deodápolis. - Crédito: Foto: Divulgação
Moradores e comerciantes de Deodápolis bloquearam a MS-276, principal rodovia que liga o Vale do Ivinhema à região de Nova Andradina, em protesto contra o péssimo estado de conservação do asfalto no perímetro urbano da cidade. "Não temos anel viário para desviar o tráfego de caminhões, bi-trens e ônibus do centro da cidade e, tudo isso, aliado ao fato de o governo municipal não se preocupar em fazer a manutenção, deixa nossa cidade em situação lastimável", reclama Rubison Ferreira Lima, que participou do protesto que durou toda a manhã de terça-feira, provocando uma fila gigantesca na rodovia.


Além da MS-276, os moradores e comerciantes bloquearam as demais rodovias de acesso ao município. A Polícia Militar Rodoviária (PRE) esteve no local com os patrulheiros da base operacional de Amandina para dar segurança não só aos usuários da via como também as manifestantes. A manifestação ocorreu de forma pacifica e as rodovias ficaram bloqueadas das 7h às 10h30.


A MS-276 ficou totalmente fechada entre Deodápolis e o distrito de Lagoa Bonita, e na saída para Ivinhema. Os moradores também bloquearam a MS-376, entre Deodápolis e Glória de Dourados, e a MS-145 na saída para o distrito de Ipezal. "Esse foi apenas um aviso às autoridades competentes e já decidimos que caso a prefeitura e o governo do Estado não atendam nossas reivindicações, recuperando totalmente a rodovia no trecho urbano da cidade enquanto não for construído um anel viário, iremos promover novos bloqueios", alerta Rubison Ferreira.


Os manifestantes querem melhorias no município como recapeamento de toda malha. "Não queremos mais esses serviços de tapa-buraco, que são mal feitos e se perdem a cada nova chuva", reclama. "Toda população reclama que a cidade está abandonada e que necessita urgentemente de reparos na massa asfáltica", argumenta Rubison Ferreira.


Ainda segundo os manifestantes, o recapeamento é uma promessa antiga do governador Reinaldo Azambuja, feita ainda durante a campanha eleitoral. "Após a privatização da BR-163, com a implantação do pedágio ao longo de toda rodovia que corta o Mato Grosso do Sul, o tráfego de veículos pesado aumentou, e assim causou diversos estragos na área urbana de Deodápolis", desabafa. "Se não tomarem uma providência a curto prazo iremos fechar todas as rodovias imediatamente sem prazo para reabrir", informou.


Durante trodo o protesto só passavam pelas vias as viaturas oficiais. Os comerciantes ressaltaram que não aguentam mais com tanta poeira que invade lojas e mercadorias, devido à falta de manutenção nos buracos. Em apoio ao movimento, a maioria dos lojistas fechou suas portas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Notificação extrajudicial
Cidades

Notificação extrajudicial

21/07/2024 07:05
Notificação extrajudicial
Notificação extrajudicial
Cidades

Notificação extrajudicial

20/07/2024 07:05
Notificação extrajudicial
Notificação extrajudicial
Cidades

Notificação extrajudicial

19/07/2024 13:35
Notificação extrajudicial
Senai inaugura contêineres com treinamentos para atender indústria de celulose
Inocência

Senai inaugura contêineres com treinamentos para atender indústria de celulose

09/07/2024 18:00
Senai inaugura contêineres com treinamentos para atender indústria de celulose
Com as menores temperaturas desta frente fria, domingo encerra a semana com tempo instável
Clima

Com as menores temperaturas desta frente fria, domingo encerra a semana com tempo instável

30/06/2024 07:46
Com as menores temperaturas desta frente fria, domingo encerra a semana com tempo instável
Últimas Notícias