Dourados – MS quarta, 16 de junho de 2021
Dourados
26º max
13º min
MP

MP tenta evitar fechamento do Hospital de Barretos

29 Jun 2016 - 15h17
MP tenta evitar fechamento do Hospital de Barretos -
O Ministério Público do Estado (MP-MS) entrou na negociação para tentar evitar o fechamento do Hospital de Câncer de Barretos em Mato Grosso do Sul, que fica no bairro Aero Rancho, em Campo Grande. Diariamente, são realizadas 100 mamografias, 30 ultrassonografias e 150 coletas de citologia cérvico-vaginal.

A assinatura do convênio depende da aprovação do Conselho Municipal de Saúde. Uma reunião foi realizada na manhã desta quarta-feira (29) e foi decidido que nos próximos dias a Mesa Diretora do Conselho aprove o convênio da complementação de alguns serviços entre o município e o hospital, segundo informou ao G1 o coordenador Sebastião Júnior..

Por nota, o governo do estado informou que só vai discutir o assunto se for notificado pelo MP.

No hospital, mulheres podem fazer diagnóstico de câncer de mama e do colo do útero. O atendimento é de graça. A unidade foi montada no estado por causa da grande procura pelo tratamento contra o câncer no estado de São Paulo.

Pacientes de todo estado buscam ajuda no hospital. É o caso da artesã Cibele Barbosa que foi encaminhada de Nova Andradina, município distante 288 quilômetros da capital sul-mato-grossense. Recentemente, ela descobriu um caroço na mama e resolveu tratar logo. Na unidade, fez consulta com mastologista e gostou do atendimento.

"Pessoal gentil. Não deixa você ir embora com nenhuma dúvida. Te acompanha, médico também muito gentil", afirmou Cibele.

O Hospital de Câncer de Barretos começou a funcionar em janeiro de 2014, em Campo Grande. No primeiro ano de funcionamento foram realizados 32.754 atendimentos. No ano seguinte, aumentou para 47.471 procedimentos.

A instituição atende somente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Mas depende de doações e corre o risco de fechar porque não tem mais dinheiro. Todos os meses, faltam cerca de R$ 350 mil para pagar as contas.

Para evitar o fechamento e a suspensão dos serviços, a Promotoria de Justiça está fazendo o meio de campo para que a prefeitura de Campo Grande e o governo do estado assinem um convênio e repassem recursos ao hospital de câncer.

"É necessário que o município e o estado de Mato Grosso do Sul aumentem a implementação desses serviços", afirmou a promotora Filomena Fluminhan.

A média de casos de câncer no estado é acima da nacional. No país são registrados 56,20 casos para cada 100 mil habitantes. Já em Mato Grosso do Sul, o número é de 65,23. Em se tratando de câncer de colo de útero são 26,73 no estado contra 15,82 no Brasil.

A tendência em 2016, segundo o Instituto Nacional do Câncer, é de que sejam registrados 820 novos casos câncer mama e 330 novos casos câncer colo de útero no estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul isenta de IPVA vítima de apropriação indébita
Isenção

Mato Grosso do Sul isenta de IPVA vítima de apropriação indébita

15/06/2021 17:00
Mato Grosso do Sul isenta de IPVA vítima de apropriação indébita
Vacina

Dourados aguarda novas doses para ampliar calendário de vacinação

15/06/2021 16:00
Lockdown

Após Lockdown, Dourados registra redução de 48,6% na taxa de óbitos

15/06/2021 15:00
Geraldo Resende lamenta descumprimento de acordo e regras do ‘Prosseguir’ pelo prefeito de Campo Grande
Saúde

Geraldo Resende lamenta descumprimento de acordo e regras do ‘Prosseguir’ pelo prefeito de Campo Grande

15/06/2021 13:00
Geraldo Resende lamenta descumprimento de acordo e regras do ‘Prosseguir’ pelo prefeito de Campo Grande
Pandemia

Em nota oficial, governo de MS 'alerta' municípios para que 'assumam a responsabilidade sobre seus atos'

15/06/2021 11:00
Últimas Notícias