Dourados – MS domingo, 09 de agosto de 2020
Dourados
32º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
Cidades

Capital: Governador entrega 144 instrumentos

06 Dez 2010 - 14h15
Governador André Puccinelli revelou o apreço que tem pela música
Fotos: Rachid Waqued - Governador André Puccinelli revelou o apreço que tem pela música Fotos: Rachid Waqued -
CAMPO GRANDE (MS) – Iniciativa do governo do Estado amplia ações que aumentam o número de crianças, adoles-centes e jovens das comunidades atendidas pelos projetos que desenvolvem a educação musical por meio de bandas e orquestras.

Por meio da Fundação de Cultura (FCMS), o governo estadual entregou um kit de instrumentos musicais à 17 corporações musicais de dez municípios. O evento aconteceu na manhã desta sexta-feira (3) e reuniu prefeitos, professo-res e alunos, e contou ainda com apresentações de bandas de fanfarra no Teatro de Arena, no Horto Florestal.

Em discurso, o governador André Puccinelli revelou o apreço que tem pela música e a admiração aos que domi-nam algum instrumento musical. “Confesso que, quando criança, invejava quem tocava um instrumento de sopro e a ha-bilidade manual dos bateristas”, lembrou.

Puccinelli aproveitou a ocasião para anunciar a pretensão em destinar mais recursos do Fundo de Investimentos Culturais (FIC-MS) para a compra de mais kits instrumentais que devem contemplar outras Escolas Estaduais, sem citar, porém, valores. “Todos os 78 municípios estaduais merecem receber esse incentivo. Então, adianto que, em breve, serão destinados recursos suplementares para suprir essa necessidade de mais grupos musicais de nosso Estado”, disse.

Isabel Golçalves, diretora da E.E. Célia Maria Naglis, de Campo Grande, acredita que investimentos como esses dão êxito ao objetivo que é deixar os alunos o mais tempo possível na escola. “Esse tipo de investimento vem ajudar justa-mente nisso. Fanfarras tiram nossos alunos da ociosidade, e garantem mais estímulos para estudar, devido à participação com atividades musicais. Nossa escola não tem condições de comprar esses instrumentos, então, recebendo isso, o pro-jeto vai poder abranger cada vez mais alunos”, afirma.

A aquisição dos equipamentos foi possível graças ao Projeto “Ópus”, apresentado ao FIC pela Associação Cul-tural Manoel Bonifácio. Ao todo, 144 instrumentos vão beneficiar as corporações musicais de dez municípios. Os kits são formados por instrumentos de sopro, percussão e cordas, entregues a cada grupo musical conforme suas necessidades específicas.

Para o diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Américo Calheiros, a entrega fortalece a prática cultural, importante para identidade musical brasileira. “As escolas estão resgatando isso graças ao estímulo do governo do Estado. São quase R$ 70 mil investidos pelo governo para impulsionar nossa juventude a chegar cada vez mais próximo à cultura”, conta Calheiros.

Incentivo à formação de apreciadores da música instrumental e erudita, além de uma forma de descobrir novos talentos também são pontos destacados pelo presidente da Fundação de Cultura. Ele aposta ainda na melhora da conduta que o dom musical pode despertar. “Saber tocar um instrumento é um privilégio porque você aguça a sua sensorialidade. Desperta os sentidos para a emoção que a arte traz. Se todas as escolas tivessem de alguma forma a prática musical, com certeza nós teríamos menos violência nesses ambientes”.

O diretor da E.E. Catarina de Abreu, de Sidrolândia, Anderson Santos, conta que os alunos estão eufóricos. “Nossos instrumentos há algum tempo precisavam ser trocados, então isso atende o anseio não só dos alunos, mas de toda a comunidade escolar. E os benefícios são enormes. A mesma disciplina que o aluno aplica na banda, ele aplica na sala de aula. Ele ganha, inclusive, um poder de concentração muito grande”, declara.

Wagner Galeão, de 13 anos, faz parte da Associação Cultural Santa Clara, de Anastácio. “Eu toco trompete há quatro anos e agradeço ao governador por nos ajudar porque todos da banda estavam esperando por esses novos instru-mentos. Isso é muito bom pra todos nós”, falou.

“Acreditamos que com a cultura andando junto com a educação, e com as iniciativas da comunidade, agregando a isso as diferentes manifestações culturais e artísticas, nós só temos a ganhar”, completou Calheiros.

Foram beneficiadas as seguintes corporações: Instituto Ressoarte e Associação Cultural Santa Clara (Anastácio), Associação Sheckinah (Aquidauana), Escola Estadual Castelo Branco (Bela Vista), Escola Estadual Maria Rita de Cássia e Escola Estadual Profa. Célia Maria Naglis (Campo Grande), Associação Comunitária e Cultural Shalon (Cassilândia), Escola Estadual Gabriel Vandoni (Corumbá), Associação Cultural Domingos Romero Neto (Guia Lopes da Laguna), Escolas Municipais Porfiria Lopes, Valério Carlos, Olinda Brites, Pedro Aleixo, Natalia Moraes e Escola Estadual Cata-rina de Abreu (Sidrolândia), Banda Municipal de Porto Murtinho e Escola Estadual Dom Aquino (Três Lagoas).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Relatório da Operação Pantanal mostra aumento dos focos de incêndio em MS
Pantanal

Relatório da Operação Pantanal mostra aumento dos focos de incêndio em MS

08/08/2020 14:04
Relatório da Operação Pantanal mostra aumento dos focos de incêndio em MS
Hospitais públicos e privados serão obrigados a implantar Núcleo de Vigilância Epidemiológica
Covid-19

Hospitais públicos e privados serão obrigados a implantar Núcleo de Vigilância Epidemiológica

07/08/2020 14:08
Hospitais públicos e privados serão obrigados a implantar Núcleo de Vigilância Epidemiológica
Polícia Civil recebe veículo para ser usado em atendimento assistencial de policiais
MS

Polícia Civil recebe veículo para ser usado em atendimento assistencial de policiais

07/08/2020 11:07
Polícia Civil recebe veículo para ser usado em atendimento assistencial de policiais
CNH Ágil tem recorde no número de habilitações emitidas em julho
CNH

CNH Ágil tem recorde no número de habilitações emitidas em julho

07/08/2020 09:00
CNH Ágil tem recorde no número de habilitações emitidas em julho
Produção de máscara é um recomeço para vítimas de violência doméstica
Cidades

Produção de máscara é um recomeço para vítimas de violência doméstica

06/08/2020 20:01
Produção de máscara é um recomeço para vítimas de violência doméstica
Últimas Notícias