Dourados – MS domingo, 26 de setembro de 2021
Dourados
36º max
19º min
Institucional - Setembro
IMPRESSO

Associação Abraço pede doações para famílias atípicas de Dourados

Entidade afirma que nos últimos 3 meses aumentou a procura por assistência

25 Jul 2021 - 10h00Por Gracindo Ramos, especial ao Jornal O Progresso
Pais de criança com paralisia cerebral precisam de ajuda - Crédito: Divulgação/Abraço AtípicoPais de criança com paralisia cerebral precisam de ajuda - Crédito: Divulgação/Abraço Atípico

A Abraço a Paralisia Cerebral-Abraço Atípico (Associação Assistencial, Social e Educacional às Famílias Atípicas de Mato Grosso do Sul) foi criada no ano passado em Dourados (MS), no contexto da pandemia. A entidade reúne famílias com crianças portadoras de paralisia cerebral e síndrome associadas. Essas famílias atípicas encontram dificuldades com planos de saúdes e também com o sistema público de saúde, para garantir os direitos básicos dos filhos atípicos ao tratamento clínico especializado e contínuo. 

O idealizador da associação, Antonio José Moraes, em entrevista ao jornal O PROGRESSO, conta que “nesses últimos três meses aumentou ainda mais a procura de famílias atípicas (não só de Dourados, mas de outros municípios) por doações, por conta de necessidades. Não só na questão de leite, dietas, insumos, medicamentos, por questões econômicas e ausência do poder público, como também a questão de alimentos”. 

Ele explica que, durante o lockdown na cidade, a Abraço prestou assistência às famílias atípicas de Dourados e região, sendo 20 famílias assistidas somente na cidade. Com apoio da Guarda Municipal, do vereador Olavo Sul e de uma família da cidade de Fátima do Sul (MS), Antonio esclarece que a associação conseguiu distribuir 28 cestas básicas grandes durante o período de maior vulnerabilidade das famílias. 

As dificuldades

“Temos uma família que gasta mais de R$ 500 por mês somente com sondas de aspiração, sem mencionar que a dieta especial da criança que tem mielomeningocele, paralisia cerebral e faz uso de gastrostomia e traqueostomia custa R$ 150 reais a lata de 400 gramas. O pai é o único provedor da família e está desempregado há mais de dois anos. Quando consegue trabalhar, é na diária. Essa mesma família não é atendida pela URMI (Unidade de Regulação de Medicamentos e Insumos), pois há vários meses o município não fornece medicamentos, insumos e dietas adequadas e específicas para essa criança”, diz um dos relatos da associação sobre a situação de uma das famílias atípicas.

O mesmo vale para muitas outras crianças atípicas, pois é necessário ressaltar que cada caso é especifico, havendo algumas vezes o fornecimento esporádico de alguns insumos e medicamentos. “Temos outra família de venezuelanos, em que o pai trabalha na Seara, e a criança tem hidro anencefalia e paralisia cerebral e faz uso de 3 caixas Vigabatrina (Sabril) por mês. O município, quando fornece, é uma ou dois caixas. Cada caixa custa R$ 290,00. A mesma família paga água, luz e aluguel com a única renda do pai”, explica Antonio.

O ativista e pai de família atípica esclarece também que “fazemos promoções para arrecadar fundos para custear consultas, exames e insumos para que nossos filhos atípicos não venham a falecer, como já aconteceu, porque a burocracia e a insensibilidade de algumas autoridades constituídas pesam muito mais do que a vida dos nossos pequenos. Assim como nesse triste período de pandemia, estamos também assistindo às nossas famílias em suas necessidades mais básicas, pois o poder público se calar diante daquilo que nós vivemos diariamente”.

SERVIÇO - Contato: 67 98404-9824 (Antonio); E-mail: [email protected]; Redes Sociais: www.facebook.com/ abracoatipico / www.instagram. com/abraco_pc.

DOAÇÕES - PIX: 67 98404 9824. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Operação Fronteiras e Divisas I: MS do Sul é responsável por mais de 50% das drogas apreendidas
Cidades

Operação Fronteiras e Divisas I: MS do Sul é responsável por mais de 50% das drogas apreendidas

25/09/2021 16:00
Operação Fronteiras e Divisas I: MS do Sul é responsável por mais de 50% das drogas apreendidas
MS terá sábado quente e ensolarado com chance de pancadas isoladas de chuva
Clima

MS terá sábado quente e ensolarado com chance de pancadas isoladas de chuva

25/09/2021 07:00
MS terá sábado quente e ensolarado com chance de pancadas isoladas de chuva
Mãe e filho morrem em rio de MS com barco desgovernado
Coxim

Mãe e filho morrem em rio de MS com barco desgovernado

24/09/2021 15:45
Mãe e filho morrem em rio de MS com barco desgovernado
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Rota Bioceânica

Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS

24/09/2021 15:15
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Semed visita escolas para verificar cumprimento do protocolo de volta às aulas
Dourados

Semed visita escolas para verificar cumprimento do protocolo de volta às aulas

24/09/2021 13:00
Semed visita escolas para verificar cumprimento do protocolo de volta às aulas
Últimas Notícias