Dourados – MS terça, 11 de maio de 2021
Dourados
30º max
17º min
Vacinação 2
Bebês e Crianças

“Índio Sociautista”

16 Jun 2011 - 09h14
Leg: Exposição de Pedro Guilherme propõe uma reflexão sobre os indígenas - Crédito: Foto : DivulgaçãoLeg: Exposição de Pedro Guilherme propõe uma reflexão sobre os indígenas - Crédito: Foto : Divulgação
O governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura, abre hoje, às 19h30, na galeria do Memorial da Cultura e Cidadania, em Campo Grande, a mostra inédita “Índio Sociautista”, do muralista, pintor e escultor Pedro Guilherme.

A exposição que fica no Memorial da Cultura até o dia 22 de julho, marca também o lançamento do “Manifesto Sociautista”, em que Pedro Guilherme defende uma busca mais individual mais profunda, tanto na arte quanto na vida, de raízes brasileiras e de expressão autentica. “Sociautistas” no sentido subjetivo da palavra, em que o social nos levará quem sabe a uma reflexão conjunta, empírica e transformadora, onde a constatação desta realidade fará de nós quem nós realmente somos: seres pensantes e lingüísticos, autores e delineadores de nosso destino.

Segundo e seguindo a máxima de Descartes “penso logo existo”, o povo brasileiro caminha quieto, sem objetivos. Plácido aos acontecimentos, pensando que só o fato de existir já basta. Contrariando as elites burguesas deste país, este ensaio, quem sabe amanhã um manifesto, e depois de amanhã um movimento, busca palavras, sons, discursos, retóricas, poesias, artes, manifestações, enfim, tudo que este povo maravilhoso tem a dizer”.

Com 10 exposições individuais no currículo e mais de 100 coletivas, Pedro Guilherme é professor de artes no Serviço Social do Comércio (Sesc), Associação Pestalozzi e no Projeto Famílias Florescendo, em parceria com a ONG Casa da União. Foi premiado nacionalmente em 2008, em Balneário Camboriú (SC), com o troféu Inter-Cidades, através do projeto Arte-Especial, onde atua como orientador desde 1995.

Entre suas obras mais conhecidas pela população estão duas esculturas em pontos turísticos de Campo Grande: o cará de cinco metros na Lagoa Itatiaia, feito em 2004 e o Monumento dos Dois Peixes, de 17 metros, na rotatória do Lago do Amor, terminado em 2008. Também produziu uma águia de seis metros na cidade de Rio Brilhante, em 2010.

A mostra “Índio Sociautista” será aberta hoje, às 19h30, na Galeria de Arte do Memorial da Cultura, que fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, no centro. A entrada é franca durante toda a exposição. Outras informações com Marilena Grolli, gestora do Núcleo de Artes Visuais da Fundação de Cultura, pelo telefone (67) 3316-9170.

Deixe seu Comentário