Dourados – MS sábado, 24 de julho de 2021
Dourados
32º max
16º min
Tecnologia

Brasileiro tem 'dedo' em desenhos e games dos Transformers

01 Jul 2011 - 18h10
Ilustração para embalagem do brinquedo de Optimus
Prime - Crédito: Foto: Marcelo Matere/Arquivo pessoalIlustração para embalagem do brinquedo de Optimus Prime - Crédito: Foto: Marcelo Matere/Arquivo pessoal
Fonte: G1


Nos tempos de escola, quando preenchia páginas e páginas de cadernos com desenhos dos robôs da TV que se transformavam em carros e aviões, o brasileiro Marcelo Matere, 33, não poderia imaginar que, 20 anos depois, receberia uma mensagem direta que dizia mais ou menos assim: "Gostamos dos seus desenhos. Quer trabalhar para a Hasbro?".

Ilustrador oficial da fabricante de brinquedos responsável pela franquia Transformers, o desenhista industrial de São Paulo trabalha para a empresa norte-americana desde 2003, criando desenhos de personagens ("concepts"), embalagens e adaptações das dezenas de encarnações das máquinas-robôs do cinema e da TV para outros suportes - livros, histórias em quadrinhos, videogames, cadernos...

Assim como os esboços que fazia na infância, a aproximação com a Hasbro se deu da forma mais despretensiosa possível, revela em entrevista ao G1. "Na adolescência, eu tinha deixado um pouco de curtir a série. Mas em 2002, já na faculdade, comprei um box de DVD com os episódios de 'Transformers' e assisti inteiro. Nesses desenhos antigos, o Bumblebee era o mais bobinho da turma, um fusquinha amarelo que apanhava de todo mundo. Não era o herói que ele é hoje", lembra Marcelo.

Pensando nisso, ele resolveu fazer um desenho do personagem "no espírito do original" e inseri-lo em um contexto de mais ação, próximo às séries animadas e HQs que estavam sendo lançadas no início dos anos 2000. Por sugestão de um amigo, postou o desenho em um fórum dedicado aos fãs de Transformers - o TFW2005.com - e viu, literalmente, a oportunidade de emprego bater a sua porta.

"[O desenho do Bumblebee] teve um feedback muito positivo na época. Foi uma das páginas mais acessadas no fórum", explica. "Me pediram para desenhar uns outros personagens, mais obscuros, e eu fiz. Logo em seguida, recebi uma DM de um designer da linha de Transformers da Hasbro que era responsável pelo site me perguntando se eu tinha interesse em ajudar a botar o site da série 'Transformers Armada' no ar."

As ofertas de trabalho feitas pela empresa , para quem Marcelo trabalha no regime de free-lancer, não pararam mais e, desde então, seus desenhos têm sido cada vez mais requisitados. Foi na prancheta de desenho dele que nasceram personagens do popular game "War of Cybertron", para Nintendo DS, e é também dele a assinatura das ilustrações dos livros oficiais que transportam as histórias dos filmes de Michael Bay do cinema para o papel - inclusive o ainda inédito volume dedicado ao terceiro filme, que tem sua estreia mundial marcada para esta sexta-feira (1º).

"[O novo filme] é o melhor dos três, fecha bem a trilogia", atesta o desenhista, que assistiu à superprodução em primeira mão no início desta semana, em uma sessão fechada promovida pela Hasbro em São Paulo. "A interação dos robôs com os humanos está mais legal. A história está mais bem contada e o ritmo é melhor também - tem um monte de 'plots' e 'subplots' interessantes", afirma o brasileiro, que, apesar de ter parte das contas pagas pela empresa norte-americana, não poupa críticas de fã aos primeiros longas da série.

"Quando vi os primeiros 'concepts', acheio tudo meio estranho, que não tinha nada a ver. Mas, quando você vê no cinema as partes deles se movendo e indicando que aquele robô está 'vivo', tem expressão, me dei conta de que esse realismo talvez fosse impossível de ter com os desenhos 2D", justifica. "[No último fime], os robôs são animais! O 3D está muito bem usado. Dá para ver que o Michael Bay conversou mesmo com o James Cameron e usou as câmeras certas. Tem cenas que você vê que foram pensadas para o 3D e vão fazer o pessoal pirar."

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia

Como se proteger de golpes bancários em caso de perda ou furto de seu smartphone

12/07/2021 16:00
Com mais de 2 mil celulares doados, Agepen garante maior acesso à tecnologia aos alunos da rede pública
Tecnologia

Com mais de 2 mil celulares doados, Agepen garante maior acesso à tecnologia aos alunos da rede pública

16/06/2021 13:00
Com mais de 2 mil celulares doados, Agepen garante maior acesso à tecnologia aos alunos da rede pública
Tecnologia

WhatsApp não imporá restrições a quem não aceitar regras de dados

07/06/2021 11:00
Tecnologia

Lei com penas mais duras contra crimes cibernéticos é sancionada

31/05/2021 17:00
Detran Digital: quantidade serviços realizados de forma online já supera os presenciais
Tecnologia

Detran Digital: quantidade serviços realizados de forma online já supera os presenciais

28/05/2021 10:00
Detran Digital: quantidade serviços realizados de forma online já supera os presenciais
Últimas Notícias