Dourados – MS sábado, 25 de maio de 2024
13º
Transporte escolar

Ministério da Educação altera transferências do PNATE

A partir deste ano, serão apenas dois repasses anuais para apoiar estados e municípios no transporte dos estudantes das redes públicas

13 Abr 2024 - 07h30Por Assessoria de Comunicação Social do MEC, com informações do FNDE
Ministério da Educação altera transferências do PNATE - Crédito: Divulgação/FNDE Crédito: Divulgação/FNDE

O Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério, implementaram alterações no processo de repasses financeiros do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE), que passará a ser feito em duas parcelas ao ano, a partir de 2024. A mudança aprimora o planejamento e a gestão dos recursos do programa por parte dos entes federativos.  

“Antes o recurso era dividido em dez parcelas, agora vamos reduzir para apenas duas parcelas. Uma será ainda neste mês de abril — já estamos autorizando o repasse para estados e municípios — e a outra será em agosto. Algo em torno de R$ 436 milhões no primeiro lote e R$ 436 milhões no segundo”, anunciou o Ministro de Estado da Educação, Camilo Santana. “Nós vamos reduzir essa burocracia e facilitar a gestão dos municípios e estados em relação ao transporte escolar”. 

Segundo a presidente do FNDE, Fernanda Pacobahyba, o programa é essencial para garantir o acesso dos estudantes das redes públicas às unidades de ensino. “A gente sabe da importância desse programa na estruturação da própria educação básica, pois não há que se falar de criança que tem de estudar e não tem como chegar na escola”, ressaltou a presidente. “É muito importante que esse montante chegue em volume e a tempo para prefeitos e governadores.” 

Normativo – A modificação no processo de repasses do PNATE foi formalizada pela Resolução do Conselho Deliberativo do FNDE nº 5/2024, publicada em edição extra do Diário Oficial da União de quarta-feira, 10 de abril. O normativo traz alterações na Resolução CD/FNDE nº 18/2021, que estabelecera, na época, as regras de execução, monitoramento e fiscalização do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar. 

A nova resolução também determina que a gestão do transporte dos estudantes das redes públicas ocorrerá por meio do Sistema Eletrônico de Gestão do Transporte Escolar (Sete) – software livre, gratuito e de e-governança – desenvolvido para auxiliar o FNDE e os entes federativos na gestão, monitoramento e avaliação das ações na área. O normativo também esclarece que o referido sistema subsidiará o FNDE na transferência de recursos do PNATE, sobretudo na redistribuição dos recursos orçamentários que não vierem a ser executados em cada exercício. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação midiática é essencial para combater a desinformação
Educação

Educação midiática é essencial para combater a desinformação

25/05/2024 13:00
Educação midiática é essencial para combater a desinformação
Colégio Eleitoral mantém Camila Ítavo para reitora com 82,3% dos votos
UFMS

Colégio Eleitoral mantém Camila Ítavo para reitora com 82,3% dos votos

25/05/2024 07:15
Colégio Eleitoral mantém Camila Ítavo para reitora com 82,3% dos votos
Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27
Educação

Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27

25/05/2024 06:15
Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27
Universidades e institutos federais de ensino superior mantêm greve
Educação

Universidades e institutos federais de ensino superior mantêm greve

24/05/2024 20:30
Universidades e institutos federais de ensino superior mantêm greve
Museu da Justiça integra atividades da III Semana Jurídica Nuprajur da UCDB
Campo Grande

Museu da Justiça integra atividades da III Semana Jurídica Nuprajur da UCDB

24/05/2024 20:00
Museu da Justiça integra atividades da III Semana Jurídica Nuprajur da UCDB
Últimas Notícias