Dourados – MS sábado, 24 de julho de 2021
Dourados
32º max
16º min
Política

Receita alerta sobre fraudes no IRPF

18 Mar 2011 - 22h32
Marcelo de Brito diz que a Receita está fazendo cruzamento de informações de várias fontes - Crédito: Foto: Hedio Fa-zan/PROGRESSOMarcelo de Brito diz que a Receita está fazendo cruzamento de informações de várias fontes - Crédito: Foto: Hedio Fa-zan/PROGRESSO
Flávio Verão

DOURADOS – A Receita Federal do Brasil está de olho nos contribuintes que costumam sonegar informações na hora de declarar o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). Para evitar esse tipo de crime, a Receita lançou ação de combate a fraudes. As ações preventivas vão atuar em diferentes tipos de deduções apresentadas, principalmente quanto a recibos frios ou indicações indevidas de pagamento para planos de saúde ou hospitais.

A medida está sendo aplicada em todo o país. Em Mato Grosso do Sul são esperadas 338 mil declarações, mesma quantia do ano passado. Campo Grande é a cidade com maior volume de declarantes, algo em torno de 145.500. Já em Dourados são esperados 28.700.

Uma análise feita pela Receita apontou que muitos contribuintes deixaram de incluir em suas declarações grande parte de seus rendimentos. Por outro lado, registrou-se casos de inclusão de deduções irreais, como despesas médicas inexistentes. A intenção dos contribuintes com isso, segundo a Receita, é de diminuir o valor do imposto a pagar ou aumentar o valor do imposto a restituir.

No caso das fraudes com despesas médicas, a Receita está com um novo instrumento chamado Declaração de Serviços Médicos (Demed), que possibilita o cruzamento dos dados. Fazendo isso irá detectar ou não se o contribuinte está dizendo a verdade.

Toda essa investigação, segundo o chefe de fiscalização da Receita em Dourados, Marcelo Rodrigues de Brito, está sendo feita em razão do cruzamento de informações de várias fontes. Ele diz que a órgão identificou omissões de rendimentos e de redução da base de cálculo do imposto declarado em um grande número de contribuintes.

Somente em Dourados 600 pessoas estão sendo chamadas para prestar mais informações sobre declarações prestadas no ano passado. Os erros mais comuns, segundo Marcelo Brito, são os gastos das despesas médicas declaradas. Outros casos se referem quando a pessoa não comunica toda a sua renda ou não informa a compra de um determinado patrimônio. Neste último caso a renda do contribuinte deve comprovar que ele tem condições de adquirir o bem.

#####Grupos investigados

– De acordo com a receita, os principais grupos de contribuintes que serão investigados são: profissionais liberais com indícios de omissão de rendimentos recebidos de seus clientes; aplicadores em Bolsa de Valores; contribuintes que receberam rendimentos de forma disfarçada de planos de previdência privada; grandes produtores rurais que não declaram imposto de renda ou omitem rendimentos; contribuintes com lucro na venda de imóveis e sem pagamento de imposto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Política

Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022

23/07/2021 08:00
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Política

Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

22/07/2021 15:00
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Governo nomeia Youssif Domingos para o cargo de diretor-presidente da Fertel
Política

Governo nomeia Youssif Domingos para o cargo de diretor-presidente da Fertel

21/07/2021 14:00
Governo nomeia Youssif Domingos para o cargo de diretor-presidente da Fertel
Presidente diz que deve vetar dinheiro para o fundo eleitoral
Política

Presidente diz que deve vetar dinheiro para o fundo eleitoral

20/07/2021 09:00
Presidente diz que deve vetar dinheiro para o fundo eleitoral
Após alta, presidente diz que se reunirá com ministro da Saúde
Política

Após alta, presidente diz que se reunirá com ministro da Saúde

19/07/2021 09:00
Após alta, presidente diz que se reunirá com ministro da Saúde
Últimas Notícias