Dourados – MS domingo, 07 de junho de 2020
Dourados
27º max
14º min
JBS (Fazer o bem)
Política

MS busca investimento ferroviário

03 Fev 2011 - 22h15
Governador André Puccinelli e deputado Giroto durante réunião em Brasília - Crédito: Foto: DivulgaçãoGovernador André Puccinelli e deputado Giroto durante réunião em Brasília - Crédito: Foto: Divulgação
CAMPO GRANDE – O governo do Estado, com apoio parlamentar, articula junto ao Ministério dos Transportes investimentos ferroviários para integrar modais, dar suporte ao escoamento da crescente produção industrial e colocar Mato Grosso do Sul na rota dos traçados já previstos para o sistema ferroviário nacional. O assunto foi discutido na quarta-feira (2) em Brasília, pelo governador André Puccinelli, o secretário estadual Carlos Alberto Menezes e o deputado federal Edson Giroto, em reunião com o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento.

Após essa reunião conversaram também com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestre (ANTT), Bernardo Figueiredo, para explicar a importância da malha ferroviária nacional estar interligada ao Estado, como forma de otimizar e baratear o escoamento da produção industrial e também atender às demandas da agropecuária.

De acordo com informações repassadas pelo deputado Giroto, a ANTT vai estudar alteração no traçado da malha ferroviária brasileira para atender a demanda produtiva de Mato Grosso do Sul, tanto da Região do Bolsão quanto da Região de Dourados. Serão aproveitados investimentos previstos no Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2) para o setor de forma a integrar o Estado ao sistema nacional para transporte de cargas.

Giroto afirmou que a intenção nas duas reuniões foi mostrar a importância da interligação do sistema ferroviário brasileiro a Mato Grosso do Sul, com ramais ligados a Ferrovia Norte-Sul e também a estrutura ferroviária das regiões Sudeste e Sul. “Esta interligação vai possibilitar que a produção sul-mato-grossense tenha um sistema de transporte de cargas que envolverá as malhas rodoviária, ferroviária e hidroviária nacionais”, destacou o deputado.

Para o governador André Puccinelli, a construção de linhas ferroviárias no Estado vai possibilitar atender uma maior produção, com as indústrias que estão se instalando no território sul-mato-grossense, e também beneficiará toda a cadeia produtiva da agropecuária.

O novo traçado da malha ferroviária nacional que a ANTT vai estudar será para atender os municípios das regiões do Bolsão e de Dourados, interligando as ferrovias do Estado com a Ferrovia Norte-Sul, a Ferroeste e com os ramais de São Paulo, que também estarão ligadas as demais malhas do País. Atualmente, no Brasil, são 29.637 quilômetros de ferrovias reguladas pela ANTT.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bolsonaro diz que Brasil pode sair da OMS
POLÍTICA

Bolsonaro diz que Brasil pode sair da OMS

há 12 horas atrás
Bolsonaro diz que Brasil pode sair da OMS
Câmara conclui votação de MP que autoriza sorteio de prêmios na TV
Brasil

Câmara conclui votação de MP que autoriza sorteio de prêmios na TV

04/06/2020 19:55
Câmara conclui votação de MP que autoriza sorteio de prêmios na TV
Weintraub deve ser ouvido hoje pela Polícia Federal
JUSTIÇA

Weintraub deve ser ouvido hoje pela Polícia Federal

04/06/2020 13:22
Weintraub deve ser ouvido hoje pela Polícia Federal
Azambuja faz apelo e Geraldo Resende abre mão de disputar prefeitura
POLÍTICA

Azambuja faz apelo e Geraldo Resende abre mão de disputar prefeitura

04/06/2020 13:04
Azambuja faz apelo e Geraldo Resende abre mão de disputar prefeitura
Senador Jean Paul Prates: Bolsonaro dificulta demarcação de terras indígenas
Brasil

Senador Jean Paul Prates: Bolsonaro dificulta demarcação de terras indígenas

03/06/2020 17:13
Senador Jean Paul Prates: Bolsonaro dificulta demarcação de terras indígenas
Últimas Notícias