Dourados – MS domingo, 24 de janeiro de 2021
Dourados
32º max
22º min
Influx
Policia

Professor continua preso depois de audiência

01 Jun 2011 - 23h37
A juiza decidiu manter o professor preso
Foto: div. - A juiza decidiu manter o professor preso Foto: div. -
DOURADOS – Depois de audiência de instrução debates e julgamento, realizada na tarde de terça-feira e que durou mais de quatro horas, a juíza Dileta Terezinha Souza Thomaz, decidiu manter preso provisoriamente o professor, de 36 anos, que é acusado pela ex-mulher de pedofilia e armazenar materiais pornográficos em seu computador. Ele deve ficar preso até a juíza dar a sentença, o que deve ocorrer dentro de 15 dias, após análise do resultado da perícia feita no pen drive, em Campo Grande e que deve ser entregue em poucos dias.

Durante a audiência sete testemunhas de defesa e quatro da acusação foram ouvidas. Ao todo foram arroladas 14 pessoas, mas na terça-feira, uma de defesa e duas de acusação foram dispensadas.

A audiência, que começou às 16h e só terminou às 20h30, teve alguns momentos tensos. O advogado de defesa do professor, Maurício Rasslan chegou a afirmar que o processo estava nulo.

No entanto, as provas testemunhais produzidas, após serem ouvidas as testemunhas, reforçaram a acusação feita pela promotora Fabrícia Barbosa Lima.

A adolescente de 12 anos, enteada, do acusado e que foi registrada quando tinha apenas 2 anos, estava bastante nervosa, mesmo assim ela prestou depoimento detalhando fatos de libertinagem praticados pelo professor, que antes eram desconhecidos, no processo, agravando ainda mais a situação do acusado que está numa das celas da Penitenciária Harry Amorim Costa (Phac).

Os depoimentos tanto da adolescente, quanto da ex-mulher do professor e da psicóloga reforçaram o depoimento da delegada Franciele Candotti Santana que teve acesso ao conteúdo do pen drive, que está sendo periciado na Capital.

A psicóloga também ressaltou que acusado sofre de dupla personalidade. Durante o dia como professor, passava a imagem de profissional sério e respeitoso, no entanto nos momentos de folga, principalmente quando ingeria bebidas alcóolicas, transformava seu comportamento, vindo a praticar tais delitos. Todos esses fatos novos complicaram ainda mais a situação do acusado.

Para o assistente de acusação, o advogado criminalista Isaac Duarte de Barros Júnior, a condenação do professor é uma questão de tempo e que a pena não deverá ser branda. Ele também acredita que o professor não conseguirá em momento algum aguardar o desfecho do processo em liberdade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Chefão preso na fronteira de MS é o 3º narcotraficante mais procurado do Paraguai
Policia

Chefão preso na fronteira de MS é o 3º narcotraficante mais procurado do Paraguai

24/01/2021 11:03
Chefão preso na fronteira de MS é o 3º narcotraficante mais procurado do Paraguai
Mulher morre em acidente na Monte Alegre em Dourados
Policia

Mulher morre em acidente na Monte Alegre em Dourados

23/01/2021 19:41
Mulher morre em acidente na Monte Alegre em Dourados
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes
Polícia

Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes

23/01/2021 10:34
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes
Mulher que transportava haxixe para Dourados é presa
Dourados

Mulher que transportava haxixe para Dourados é presa

22/01/2021 09:54
Mulher que transportava haxixe para Dourados é presa
Homens encontrados mortos em Dourados são identificados
Dourados

Homens encontrados mortos em Dourados são identificados

21/01/2021 14:53
Homens encontrados mortos em Dourados são identificados
Últimas Notícias