Dourados – MS segunda, 06 de abril de 2020
Dourados
31º max
23º min
Período de defeso

PMA prende 12 pescadores e autua 44 por pesca ilegal em MS

Em três meses de fiscalização no período de Piracema, foram aplicados R$ 90 mil em multas e apreendidos 779 quilos de pescado

05 Fev 2020 - 14h10Por Redação
Fiscalização nos rios de MS continua firme até o final do mês - Crédito: DivulgaçãoFiscalização nos rios de MS continua firme até o final do mês - Crédito: Divulgação

Neste terceiro mês de fiscalização da Operação Piracema nos rios de Mato Grosso do Sul, a PMA (Polícia Militar Ambiental)  prendeu 12 pessoas. Nos últimos três meses 44 pessoas foram autuadas por pesca predatória. A PMA também aplicou R$ 91 em multas e apreendeu 779 kg de pescado. O período de defeso começou no dia 4 de novembro e termina no dia 28 de deste mês.

Nesta operação (2019-2020), os números de infrações foram superiores à operação passada, 2018-2019. Para se ter uma ideia, na operação passada apenas 25 pessoas foram autuadas.

PESCADO APREENDIDO

Nos três meses foram apreendidos 779 kg de pescado, muito superior a operação passada, que foram 198 kg.

 

MULTAS

Foram aplicadas multas de R$ 90.635,00, (310,48%) a mais ao mesmo período na piracema passada, que foi de apenas R$ 22.080,00. Os valores elevados de pescado apreendido e das multas nesta operação deram-se em razão de duas ocorrências, uma em Dourados e outra em Três Lagoas, onde foram apreendidos 108 kg e 178 kg de pescado e autuações administrativas que totalizaram R$ 24.467,00, especialmente porque havia peixes com pesca proibida capturados, o que eleva o valor da multa.

 

PETRECHOS PROIBIDOS DE PESCA APREENDIDOS

Com relação aos petrechos proibidos destaca-se a quantidade de redes de pesca apreendidas; 95 redes nesses três meses e (30) no mesmo período na operação passada (2018-2019). Ressalta-se que a maior parte deste tipo de petrecho foi retirada armada no lago da Usina de Sérgio Motta no rio Paraná, local onde o pescador profissional pode utilizar redes de malha 14 centímetros em período de pesca aberta, estando devidamente identificadas. Dessa forma, tanto pescadores profissionais e amadores armam os petrechos sem identificação em período noturno e voltam para retirar os peixes no mesmo período.

A quantidade de espinhéis também foi extremamente alta; 45 nesta e 3 espinhéis na operação anterior. A grande maioria desses petrechos foi retirada nos rios Paraguai e Apa, na região de fronteira com o Paraguai. 445 anzóis de galho foram apreendidos e cortados dos rios do Estado e da União, número (145,85%) maior.

 

FISCALIZAÇÕES PREVENTIVAS

Fiscalizações preventivas dessa natureza são fundamentais para a prevenção à pesca predatória e proteção dos cardumes, em princípio, para que os pescadores continuem respeitando as normas, mas principalmente, para a retirada desses petrechos ilegais, tendo em vista o grande poder de captura e depredação dos cardumes, como esses retirados dos rios pelos policiais. Além disso, há grande dificuldade de deter os autores, pois tais petrechos são armados em curto espaço de tempo e os pescadores não permanecem no rio durante a pesca, fazendo somente a retirada dos peixes, também em tempo bastante curto.

As pessoas autuadas e presas responderão a processo criminal e poderão, se condenadas, pegar pena de um a três anos de detenção (Lei Federal nº 9.605/12/2/1998). Além disso, a multa administrativa é de R$ 700,00 a R$ 100.000,00, mais R$ 20,00 por quilo do pescado irregular (Decreto Federal nº 6.514/22/7/2008

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA

Pastor tem casa invadida e leva "mata-leão" de ladrão

há 46 minutos atrás
Bandido tenta fugir jogando carro contra policial, mas acaba preso por roubo
CAMPO GRANDE

Bandido tenta fugir jogando carro contra policial, mas acaba preso por roubo

06/04/2020 08:25
Bandido tenta fugir jogando carro contra policial, mas acaba preso por roubo
Homens são mortos a tiros em frente a bar no Jardim Canaã I
DOURADOS

Homens são mortos a tiros em frente a bar no Jardim Canaã I

06/04/2020 07:49
Homens são mortos a tiros em frente a bar no Jardim Canaã I
Homem é assassinado a pauladas e gestante agredida em Dourados
Polícia

Homem é assassinado a pauladas e gestante agredida em Dourados

04/04/2020 21:18
Homem é assassinado a pauladas e gestante agredida em Dourados
TJ revoga soltura “por pandemia” e traficantes terão que voltar a cadeia em MS
Dourados

TJ revoga soltura “por pandemia” e traficantes terão que voltar a cadeia em MS

03/04/2020 20:10
TJ revoga soltura “por pandemia” e traficantes terão que voltar a cadeia em MS
Últimas Notícias