Dourados – MS quarta, 27 de outubro de 2021
Dourados
31º max
19º min
Ranking Valor Econômico
fronteira

Estudante de medicina brasileira é a 5ª vítima de atentado em Pedro Juan Caballero

Rhafaelli Alves do Nascimento estava internada e morreu na manhã desta terça-feira (12). Segundo as investigações, ela não estava com o grupo que era alvo do ataque, e que incluía outras duas estudantes brasileiras e dois paraguaios.

12 Out 2021 - 10h05Por João Pedro Godoy, G1MS
Estudante de medicina brasileira é a 5ª vítima de atentado em Pedro Juan Caballero - Crédito: Reprodução/g1 Crédito: Reprodução/g1

Rhafaelli Alves do Nascimento, de 20 anos, uma estudante de medicina brasileira, é a 5ª vítima do atentado ocorrido em Pedro Juan Caballero, na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, na madrugada do último sábado (9).

A informação foi dada pelo chefe de Investigação de Homicídios paraguaio, Hugo Grance, à TV ABC, do Paraguai, nesta terça-feira (12).

Grance afirmou que ainda que outras duas pessoas, paraguaias, permanecem internadas: Bruno Elias Pereira Sanchez, de 20 anos e Iris Esiely Molinari Villasboa, de 21 anos.

As outras quatro vítimas são as também estudantes brasileiras Kaline Reinoso de Oliveira, de 22 anos, e Rhannye Jamilly Borges de Oliveira, de 18 anos; Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, filha de um governador paraguaio, e Omar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos, conhecido como Bebeto.

Os quatro estavam entrando em um veículo quando foram atingidos pistoleiros nas ruas Mariscal López e Ytororó, no bairro San Antonio.

Rhafaelli, a quinta vítima, não estava com o grupo, segundo a polícia do Paraguai. A suspeita, segundo Grance, é que ela tenha sido atingida por estar perto das vítimas quando ocorreu o atentado. "Nós supomos que ela tenha recebido os disparos apenas por estar próxima do local dos disparos. Estamos analisando as imagens de câmeras de segurança, mas no momento presumimos que ela foi uma vítima casual", afirmou.

Segundo a polícia paraguaia, Bebeto era o alvo dos pistoleiros. Ele é suspeito de integrar no narcotráfico da região.

Sete presos

Ao menos 7 pessoas foram presas nas investigações sobre o atentado. Seis são brasileiros que estavam em uma casa no bairro Maria Victoria, em Pedro Juan Caballero e foram encontrados na segunda-feira (11).

Na operação, também foram apreendidos três carros com documentos brasileiros referentes a outros três automóveis, celulares, joias e um recipiente com 74 gramas de maconha, segundo a polícia paraguaia.

Equipes do Departamento Regional de Investigação de Atos Puníveis da Polícia Nacional foram ao local após terem a informação de que um caminhão utilizado no ataque havia sido incinerado nas últimas horas na colônia Fortuna Guazú.

Outro suspeito foi preso no domingo (10) após perseguição que envolveu policiais paraguaios e brasileiros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Nova suspeita de explosão de bombas mobiliza Polícia no parque dos Ipês
Dourados

Nova suspeita de explosão de bombas mobiliza Polícia no parque dos Ipês

22/10/2021 14:15
Nova suspeita de explosão de bombas mobiliza Polícia no parque dos Ipês
Ameaça de massacre causa pânico em alunos da Escola Presidente Vargas
Dourados

Ameaça de massacre causa pânico em alunos da Escola Presidente Vargas

22/10/2021 13:45
Ameaça de massacre causa pânico em alunos da Escola Presidente Vargas
Polícia

Operação Vetus 2 investiga crimes contra idosos

15/10/2021 11:30
Jovem vai preso em Dourados após morte cruel de cachorro
Dourados

Jovem vai preso em Dourados após morte cruel de cachorro

13/10/2021 10:30
Jovem vai preso em Dourados após morte cruel de cachorro
Caçadores são presos com animais abatidos e aves em cativeiro
meio ambiente

Caçadores são presos com animais abatidos e aves em cativeiro

12/10/2021 09:40
Caçadores são presos com animais abatidos e aves em cativeiro
Últimas Notícias