Dourados – MS segunda, 21 de setembro de 2020
Dourados
26º max
15º min
Educação

Professores incentivam leitura livre do jornal nas escolas

21 Mai 2016 - 06h00
Professor Cleber Dias explica procedimentos para leitura. - Crédito: Foto: DivulgaçãoProfessor Cleber Dias explica procedimentos para leitura. - Crédito: Foto: Divulgação
Incentivar o hábito da leitura faz parte do projeto Político Pedagógico das escolas Estadual Indígena Guateka – Marçal de Souza e a municipal Tengatui Marangatu, na Aldeia Jaguapiru, em Dourados.


Os textos jornalísticos do O PROGRESSO são escolhidos, livremente, pelos alunos para auxiliar na formação leitora.


Os educadores promovem projetos voltados para o desenvolvimento da leitura e escrita dos alunos indígenas.
É através do projeto "O Jornal na sala de Aula, como um Recurso Pedagógico", que os professores proporcionam momentos de questionamentos e debates de temas de interesse dos alunos.


A prática de leitura diária visa despertar interesse e conhecimentos sobre o assunto a ser estudado. A forma de trabalhar com a leitura do jornal é simples. "Os alunos escolhem as notícias de acordo com o interesse pelos temas, e registram seus argumentos sobre a reportagem, no caderno", explica o professor Cleber Dias. Ainda segundo ele, os alunos se interessam, pois ao receberem o jornal, podem explorá-lo. O professor realiza a leitura com o jornal nas turmas do 6° e 7° anos do Ensino Fundamental e 1°, 2° e 3° anos, do Ensino médio. O jornal como apoio aos conteúdos continua com a professora de Língua Portuguesa, Noemi Francisco. Ela inseriu no planejamento do Ensino Médio, o tema "Conhecendo a estrutura de um Texto Jornalístico". O projeto de leitura do jornal tem a participação da coordenadora pedagógica Egizele Mariano da Silva, da escola Guateka. E dos professores Ana Paula, Marcos de Souza, de Artes, e Késia Valério, de Literatura e Inglês.

Deixe seu Comentário