Dourados – MS terça, 11 de agosto de 2020
Dourados
34º max
19º min
Campanha Parcelamento Conta
AEDES AEGYPTI

Prefeitura vem lutando contra o Aedes aegypti em Dourados

05 Abr 2016 - 08h21
Não abrigue esse problema na sua casa. - Crédito: Foto: DivulgaçãoNão abrigue esse problema na sua casa. - Crédito: Foto: Divulgação
Os mutirões de combate ao Aedes aegypti continuam acontecendo em todas as regiões de Dourados. Na quarta-feira o trabalho será realizado nos bairros Jardim Guaicurus, Dioclécio Artuzi, Harrison Figueiredo, Estrela Poravi e Chácara Cidélis e imediações, durante todo o dia. No sábado, o mutirão será realizado na Vila Progresso, Vila Tonani e imediações, das 7h às 17h.

Conforme o CCZ (Centro de Controle de Zoonozes), até o fim do mês de março, foram vistoriados 134.770 imóveis. A cidade tem 107.464 imóveis, mas alguns foram vistoriados mais de uma vez, superando as expectativas. Com isso os casos de dengue reduziram no mês de março, segundo levantamento do Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, de Dourados.

A coordenadora do CCZ, Rosana Alexandre da Silva explica que mesmo reduzindo as notificações de dengue, a prefeitura não vai deixar de realizar os mutirões tendo em vista que os casos suspeitos ainda estão aparecendo. "Não vamos baixar a guarda, ainda estamos num período critico com chuvas e calor, clima perfeito para nascimento do mosquito", disse a bióloga.

Ela informou que nos dias que não tem mutirões é realizado trabalho de rotina (visita domiciliar) nos bairros da cidade, baseados nas notificações de dengue do município, realizando a inspeção do imóvel, orientação aos moradores, eliminação e tratamento (com larvicida) dos focos e possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti.

O imóvel em situação crítica, não atendendo as solicitações previstas na Lei Municipal nº 3965 de 11 de fevereiro de 2016, será notificado e estará sujeito a multa.

"Também realizaremos a distribuição de panfletos de orientação, através dos agentes de endemias, sobre as doenças citadas acima, e também esclarecendo a população douradense sobre os serviços prestados pelo CCZ", explica Rosana.

Deixe seu Comentário