Dourados – MS terça, 04 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
MS

Aluna com suspeita de gripe A obriga Prefeitura a suspender aula

24 Mai 2016 - 18h00
Prefeitura convoca coletiva para informar sobre o caso da primeira aluna com suspeita de H1N1 na Reme. Aulas foram suspensas nesta quarta-feira - Crédito: Foto: Fernando AntunesPrefeitura convoca coletiva para informar sobre o caso da primeira aluna com suspeita de H1N1 na Reme. Aulas foram suspensas nesta quarta-feira - Crédito: Foto: Fernando Antunes
Após notificar a primeira criança na Reme (Rede Municipal de Ensino) com sintomas da gripe A (H1N1 – vírus Influenza), a Semed (Secretaria Municipal de Educação) decidiu antecipar o feriado e suspender as aulas, nesta quarta-feira, na Escola Municipal Consulesa Margarida Maksoud Trad, no Bairro Estrela Dalva.

Segundo o CampoGrandeNews, uma garotinha de oito anos, do segundo ano do ensino fundamental, está internada em estado grave desde o último domingo, 22, no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da Santa Casa. Até o final da tarde de amanhã deve sair o resultado do exame que vai confirmar ou não a contaminação pelo vírus Influenza.

As informações foram divulgadas na tarde desta terça-feira, 24, durante uma entrevista coletiva no plenarinho do Gabinete do Prefeito Alcides Bernal. Conforme com a secretária municipal de educação, Leila Machado, a menina teria sentido os sintomas de gripe na sexta-feira, 20, e não foi a aula. Os pais a levaram a menina à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino, onde a garota foi medicada e liberada.

No entanto, conforme Leila Machado, no domingo os sintomas da gripe se agravaram e os pais retornaram à UPA Coronel Antonino com a criança. A equipe médica reavalioiu a menina e constatou a suspeita da gripe H1N1. Diante da gravidade do caso, no domingo mesmo, ela foi transferida para a Santa Casa de Campo Grande, onde foi internada no CTI.

Como prevenção, a secretária decidiu suspender as aulas para os cerca de 1.500 alunos da escola municipal a partir desta quarta-feira. Na próxima segunda-feira, 30, retomam as atividades normais, inclusive para os 30 colegas de sala da garota.

Conforme a secretária, as aulas foram suspensas por conta de informações de que outras crianças e professores estariam gripados. "Como a criança ao sentir os sintoma não foi mais à aula, o risco de contaminação foi menor", observou Leila Machado.

No entanto, seguindo o protocolo do Ministério da Saúde, os pais e o irmão, de 6 anos, da garota estão tomando o medicamento Tamiflu.

De acordo com a assessoria da prefeitura, a criança está em estado grave, porém o quadro é estável e ela recebe toda a assistência necessária que o caso requer.

Leila Machado aproveitou para informar que há um bom tempo a Secretaria tem feito ações de prevenção à gripe H1N1, com palestras aos professores. Ela avaliou que é muito cedo para suspender as aulas na Reme no momento.

Em Campo Grande já são 34 casos de gripe A confirmados e 154 notificados. Quatro pessoas morreram vítimas da doença, sendo um professor de filosofia da Escola Estadual Amélio de Carvalho Baís, no Bairro Coophatrabalho, no último dia 17. O professor Edevaldo Souza Prado tinha 57 anos e morreu depois de ficar dois dias internado na Santa Casa.

Deixe seu Comentário