Dourados – MS sábado, 18 de maio de 2024
27º
Mundo

Zelensky e ONU pedem investigação sobre o bombardeio a shopping da Ucrânia

Presidente ucraniano e subsecretária-geral para Assuntos Políticos, Rosemary DiCarlo, falaram aos membros do Conselho de Segurança na terça-feira

29 Jun 2022 - 12h45Por Vander Verão
 Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, discursa na reunião do Conselho de Segurança sobre manutenção da paz e segurança da Ucrânia - Crédito: UN Photo/Rick Bajornas Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, discursa na reunião do Conselho de Segurança sobre manutenção da paz e segurança da Ucrânia - Crédito: UN Photo/Rick Bajornas

O Conselho de Segurança da ONU se reuniu na terça-feira para debater os ataques com mísseis que atingiram um centro comercial em Kremenchuk, na Ucrânia. O bombardeio deixou pelo menos 18 civis mortos e outros 59 feridos.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, e a subsecretária-geral para Assuntos Políticos, Rosemary DiCarlo, pediram uma investigação durante discursos no Conselho.

Investigação dos ataques contra a Ucrânia

Além do ataque mais recente, DiCarlo também destacou que outros bombardeios aéreos que causaram a morte de diversos civis devem ser investigados. Ela citou episódios em Kyiv, Chernihiv, Odessa, Mykolaiv, Kharkiv e outras cidades longe das linhas de frente do conflito.

Atualmente, os combates mais violentos estão acontecendo na área das cidades de Severodonetsk, Lisichansk e Slavyansk, na região de Donbas. Ao redor das cidades de Kharkiv e Kherson, também há relatos de confrontos. 

Segundo DiCarlo, as cenas lembram guerras mundiais, em que embates de artilharia em larga escala arrasam áreas industriais e milhares de civis são forçados a se esconder em porões ou fugir.

Até este 26 de junho, o Escritório da ONU para os Direitos Humanos havia registrado mais de 10,6 mil vítimas civis no país, sendo 4,7 mil mortos e 5,9 mil feridos. 

A maioria foi ferida como resultado do uso de dispositivos explosivos com uma grande área de destruição. 

Todos esses incidentes estão sendo investigados pela Comissão de Inquérito da ONU sobre a Ucrânia, que no início deste mês completou sua primeira missão ao país, incluindo a visita de Bucha, Irpin, Kharkiv e Sumy.

Presidente ucraniano faz apelo ao Conselho de Segurança

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, também pediu uma investigação sobre os bombardeios em Kremenchuk e outras cidades da Ucrânia.

Ele afirmou que “quem realizou o ataque não podia deixar de saber que estava dirigindo um míssil em um centro comercial comum, como um dos muitos que existem em qualquer país do mundo”.

Zelenskyy pediu ajuda a ONU, com o envio de um representante especial do secretário-geral da ONU ou uma comissão autorizada para o local para confirmar se o ataque foi feito pelos russos. A Rússia diz não ter nada a ver com o bombardeio. 

Volodymyr Zelenskyy ainda fez um apelo ao Conselho de Segurança da ONU para que aja efetivamente para parar os crimes da Rússia contra seu país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento
Desenvolvimento econômico

Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento

17/05/2024 22:30
Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento
Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão
Paz e segurança

Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão

17/05/2024 21:15
Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão
Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis
Paz e segurança

Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis

17/05/2024 20:15
Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis
Atividades médicas ficam cada vez mais limitadas em Gaza
Ajuda humanitária

Atividades médicas ficam cada vez mais limitadas em Gaza

17/05/2024 14:45
Atividades médicas ficam cada vez mais limitadas em Gaza
ONU revisa previsão econômica global para cima, mas mantém cautela
Desenvolvimento econômico

ONU revisa previsão econômica global para cima, mas mantém cautela

16/05/2024 21:45
ONU revisa previsão econômica global para cima, mas mantém cautela
Últimas Notícias