Dourados – MS segunda, 10 de agosto de 2020
Dourados
32º max
18º min
Campanha Parcelamento Conta
BRASIL

Tudo o que você precisa saber sobre o mercado em 2016

04 Abr 2016 - 09h35
Confira as principais novidades do mercado desta segunda-feira - Crédito: Foto: DivulgaçãoConfira as principais novidades do mercado desta segunda-feira - Crédito: Foto: Divulgação
Termina hoje prazo para entrega de defesa de Dilma em comissão

A defesa da presidente Dilma Rousseff tem até hoje para entregar um relatório à comissão do impeachment na Câmara dos Deputados. A expectativa é de que o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, entregue os documentos no fim da tarde.

O próximo passo é que a defesa seja avaliada pelo relator do processo, o deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que vai elaborar seu parecer para ser discutido e votado pelo colegiado até quinta-feira (7).

Impeachment tem ao menos 261 votos na Câmara

A menos de duas semanas da data estimada para a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no plenário da Câmara, 261 deputados afirmaram ao Estado que votariam a favor da abertura do procedimento e 117 se posicionaram contra.

Nove não quiseram se manifestar, 55 disseram estar indecisos ou preferiam esperar a orientação partidária e 71 integrantes de 15 siglas não foram localizados.

Petrobras deve anunciar queda nos combustíveis hoje

A Petrobras deve anunciar hoje uma redução nos preços da gasolina e do diesel, segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo. Segundo ele, estudos baseiam-se na queda do consumo interno, do preço do petróleo e do dólar mais barato nas últimas semanas.

Segundo o jornal Valor Econômico, a medida opõe membros da diretoria e do conselho de administração da empresa; enquanto os primeiros querem anunciar a medida rapidamente, os conselheiros são contra a redução dos preços.

Vazamento sobre corrupção cita políticos da Lava Jato

Políticos de sete partidos (PDT, PMDB, PP, PSB, PSD, PSDB e PTB) foram citados no maior vazamento global sobre corrupção da história, baseado em 11,5 milhões de arquivos secretos obtidos a partir de um escritório de advocacia no Panamá.

O escritório criou ao menos 107 offshores para pelo menos 57 pessoas ou empresas implicadas no escândalo da Petrobras. Entre os nomes citados direta ou indiretamente estão os de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e João Lyra (PTB-AL).

Banco Central quer voltar a emitir títulos

O Banco Central quer voltar a emitir títulos públicos como instrumento auxiliar de política monetária, para ajudar a controlar a inflação, segundo o jornal Valor Econômico.

Este tipo de operação hoje é vedado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, mas há um projeto do governo (que cria depósitos voluntários para recolher excesso de dinheiro na economia) apoiado pelo BC.

Fusão do Itaú Chile com CorpBanca é concretizada

A fusão das operações entre o Banco Itaú Chile (BIC) e o CorpBanca foi concretizada na sexta, após a obtenção de todas as aprovações societárias e regulatórias necessárias. O negócio foi anunciado em janeiro de 2014.

Como consequência da união das operações, o Itaú Unibanco passa a controlar o banco resultante da fusão, o Itaú CorpBanca, com participação de 33,58% em seu capital social.

Banco do Brasil tem novo vice-presidente de Operações

O Conselho de Administração do Banco do Brasil anunciou mudanças em sua diretoria.

Em reunião realizada na última segunda-feira, 28, o colegiado elegeu João da Silva Maia para completar o mandato 2013/2016 no cargo de vice-presidente de Serviços, Infraestrutura e Operações, após a renúncia de César Augusto Rabello Borges no mês passado.

Além disso, José Carlos Reis da Silva deixa a Diretoria de Distribuição e assume a Diretoria de Agronegócios

Telefônica Brasil vende torres por R$ 760 milhões

A Telefônica Brasil informou a venda de torres para uma controlada indireta de sua matriz espanhola, Telefónica, em uma operação que visa otimizar alocação de capital da companhia brasileira.

A transação envolveu 1.655 torres que foram vendidas à Towerco Latam Brasil por 760 milhões de reais, disse a empresa em comunicado.

Credores exigem garantia em dólar de empresas, dizem fontes

As maiores corporações do Brasil, já atingidas por uma crescente crise política e pela pior recessão em um século, enfrentam uma nova ameaça: os credores internacionais interromperam completamente a concessão de empréstimos a elas ou estão exigindo garantias em dólar, disseram pessoas com conhecimento direto do assunto.

Nenhum empréstimo sindicalizado foi concedido a empresas brasileiras neste ano, o que contrasta com os US$ 12 bilhões registrados em 2015, e nenhum dos bancos ou corporações do país vendeu títulos no mercado externo sem garantias em dólar de julho para cá, mostram dados compilados pela Bloomberg.

Imobiliárias miram setor econômico mais resistente à crise

O segmento econômico de imóveis tem se mostrado a melhor alternativa para corretores e imobiliárias, uma vez que deve continuar em 2016 com vendas e lançamentos melhores que os imóveis voltados para os médio e alto padrões.

"Eu diria que em 2015 (o segmento econômico) representou pelo menos uns 25 por cento do volume vendido por nós e acho que este ano este volume deve subir. Este ano deve passar de 30 por cento", afirmou o vice-presidente comercial da Abyara Brokers, imobiliária paulistana do grupo Brasil Brokers, Bruno Vivanco.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cepal diz que comércio internacional da América Latina cairá 23%
Economia

Cepal diz que comércio internacional da América Latina cairá 23%

07/08/2020 08:00
Cepal diz que comércio internacional da América Latina cairá 23%
Diretor do Instituto Butantan defende confiabilidade de vacina chinesa
CoronaVac

Diretor do Instituto Butantan defende confiabilidade de vacina chinesa

06/08/2020 14:29
Diretor do Instituto Butantan defende confiabilidade de vacina chinesa
Dólar opera em alta após novo corte na taxa de juros
Economia

Dólar opera em alta após novo corte na taxa de juros

06/08/2020 12:30
Dólar opera em alta após novo corte na taxa de juros
Efeitos da pandemia serão sentidos por décadas, diz chefe da OMS
Pandemia

Efeitos da pandemia serão sentidos por décadas, diz chefe da OMS

06/08/2020 07:12
Efeitos da pandemia serão sentidos por décadas, diz chefe da OMS
Demissão

Latam vai demitir 2,7 mil tripulantes

05/08/2020 18:02
Últimas Notícias