Dourados – MS quarta, 17 de abril de 2024
21º
Paz e segurança

Após explosão no sul do Líbano, ONU pede garantia de segurança para força de paz

Secretário-geral confirma investigações em curso lideradas pela Força Interina das Nações Unidas no país

01 Abr 2024 - 20h45Por ONU News
Grupo de Observadores do Líbano apoia a implementação do mandato da Unifil em funções que incluem o monitoramento do fim dos confrontos - Crédito: ONU/John Isaac Grupo de Observadores do Líbano apoia a implementação do mandato da Unifil em funções que incluem o monitoramento do fim dos confrontos - Crédito: ONU/John Isaac

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou uma explosão que afetou uma patrulha do Grupo de Observadores no Líbano. Três militares da Organização de Supervisão da Trégua das Nações Unidas e um assistente linguístico nacional ficaram feridos no ato ocorrido no sábado.

Enquanto a Força Interina das Nações Unidas no Líbano, Unifil, realiza investigações do incidente, o líder das Nações Unidas reiterou que “a segurança das forças de manutenção da paz deve ser garantida em todos os momentos”.

Tratamento médico

De acordo com a ONU, as vítimas do incidente de sábado foram transferidas  para receber tratamento médico. Segundo a Agência Nacional de Notícias libanesa, as forças de paz teriam sido “sujeitas a um ataque israelense” realizado por drones. 

No entanto, o porta-voz das Forças de Defesa Israelenses, IDF, Avichay Adraee, informou que elas não tiveram nenhum veículo da Unifil como alvo na área de Rmeish onde o ato aconteceu.

Unifil apoia o governo libanês em ações de proteção das fronteiras do paísUnifil apoia o governo libanês em ações de proteção das fronteiras do país - Foto: Unifil

O Grupo de Observadores do Líbano apoia a implementação do mandato da Unifil em funções que incluem o monitoramento do fim dos confrontos e o apoio ao acesso humanitário para as populações civis. Outra responsabilidade é apoiar o governo libanês em ações de proteção das fronteiras do país.

Em comunicado lançado após o incidente, o porta-voz do Unifil, Andrea Tenenti, sublinhou a “responsabilidade de todos os intervenientes no conflito, ao abrigo do direito internacional, em garantir a proteção dos não combatentes”.

A operação fez ainda um pedido pelo fim de intensas trocas de tiros “antes que mais pessoas sejam feridas desnecessariamente”.

Situação cada vez mais tensa no sul do Líbano

O Unifil sublinhou que após os ataques do Hamas a Israel, em 7 de outubro, a situação no sul do Líbano tornou-se cada vez mais tensa. Na área assistem-se a bombardeios mais adentro dos limites de fronteira, o que “poderia potencialmente desencadear um conflito muito mais amplo”.

Dois dias antes da explosão, a Unifil revelou sua preocupação com uma “onda de violência” que ocorre através da Linha Azul. A situação causou um “elevado número de civis e a destruição de casas e meios de subsistência”. 

A força apelou por um cessar-fogo e solicitou a todas as partes no conflito que  iniciem o processo rumo a uma solução política e diplomática sustentável.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fórum da Juventude da ONU lança apelo por um "mundo mais justo"
Desenvolvimento econômico

Fórum da Juventude da ONU lança apelo por um "mundo mais justo"

16/04/2024 21:45
Fórum da Juventude da ONU lança apelo por um "mundo mais justo"
ONU alerta para risco iminente de acidente nuclear em Zaporizhzhia, na Ucrânia
Paz e segurança

ONU alerta para risco iminente de acidente nuclear em Zaporizhzhia, na Ucrânia

16/04/2024 20:45
ONU alerta para risco iminente de acidente nuclear em Zaporizhzhia, na Ucrânia
OMS: Com sistema de saúde arrasado em Gaza, pacientes "definham de dor"
Ajuda humanitária

OMS: Com sistema de saúde arrasado em Gaza, pacientes "definham de dor"

16/04/2024 19:45
OMS: Com sistema de saúde arrasado em Gaza, pacientes "definham de dor"
Um ano após início do conflito, doadores se mobilizam para apoio ao Sudão
Paz e segurança

Um ano após início do conflito, doadores se mobilizam para apoio ao Sudão

15/04/2024 22:45
Um ano após início do conflito, doadores se mobilizam para apoio ao Sudão
Líder da ONU diz que "pesadelo" no Sudão não pode ser esquecido pelo mundo
Paz e segurança

Líder da ONU diz que "pesadelo" no Sudão não pode ser esquecido pelo mundo

15/04/2024 21:45
Líder da ONU diz que "pesadelo" no Sudão não pode ser esquecido pelo mundo
Últimas Notícias