Dourados – MS sábado, 21 de maio de 2022
São Paulo
23º max
11º min
Economia

Na pandemia, mundo ganhou um novo bilionário a cada 26 horas, diz Oxfam

Relatório da Oxfam mostra que há 55 bilionários no Brasil, com uma riqueza total de US$ 176 bilhões, que subiu 30% no mesmo período

18 Jan 2022 - 15h30Por Exame
Na pandemia, mundo ganhou um novo bilionário a cada 26 horas, diz Oxfam - Crédito: GETTY IMAGES Crédito: GETTY IMAGES

Desde o início da pandemia de Covid-19, decretada em março de 2020, um novo bilionário surgiu a cada 26 horas. Já os dez homens mais ricos do planeta mais que dobraram suas fortunas, de US$ 700 bilhões para US$ 1,5 trilhão, um crescimento de US$ 15 mil por segundo, ou US$ 1,3 bilhão por dia no mesmo período.

Fazem parte dessa lista Elon Musk, da montadora Tesla, de carros elétricos; Jeff Bezos, da gigante do varejo Amazon; Bernard Arnault & família, um dos controladores do grupo LVMH, com 75 marcas; Bill Gates, da Microsoft; Larry Ellison, da Oracle; Larry Page e Sergey Brin, ambos do Google; Mark Zuckerberg, do Facebook; Steve Ballmer, também da Microsoft; e o megainvestidor Warren Buffet.

A pequena elite mundial de 2.755 bilionários viu sua fortuna crescer mais durante a pandemia do que nos últimos 14 anos.

Já a renda de 99% da população global caiu, e mais de 160 milhões de pessoas foram empurradas para a pobreza no mesmo período. A desigualdade de renda contribuiu para a morte de uma pessoa a cada quatro segundos, e estima-se que 17 milhões de pessoas morreram de Covid-19 no mundo, uma escalada de mortes que não era vista desde a Segunda Guerra Mundial.

Os dados foram levantados pela Oxfam, ONG que atua em mais de 90 países na busca de soluções para a pobreza e a desigualdade social. Os dados sobre a desigualdade global foram compilados para embasar as discussões do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

O Fórum começaria presencialmente hoje, mas foi adiado por causa do crescimento de infecções pela variante Ômicron. O encontro deverá acontecer no início do verão no Hemisfério Norte, no fim de junho. Ainda assim, hoje haverá um seminário on-line com várias autoridades sobre as preocupações globais mais urgentes.

— Se os dez homens mais ricos do mundo perdessem 99,99% de sua riqueza amanhã, eles continuariam mais ricos do que 99% de todas as pessoas do planeta. Eles têm hoje seis vezes mais riqueza do que os 3,1 bilhões mais pobres do mundo — afirma Katia Maia, diretora executiva da Oxfam Brasil.

Mais dez bilionários no Brasil
No Brasil, a Oxfam calcula haver atualmente 55 bilionários, com uma riqueza total de US$ 176 bilhões. Desde março de 2020, o país ganhou dez novos bilionários. A riqueza deles cresceu 30% na pandemia, o equivalente a US$ 39,6 bilhões. Os 20 maiores bilionários do país têm mais riqueza (US$ 121 bilhões) do que 128 milhões de brasileiros (cerca de 60% da população).

— No Brasil, também há uma ampla discrepância entre um grupo que prosperou muito exatamente em um momento de crise, em um cenário de desemprego elevado e aumento da fome — diz Jefferson Nascimento, coordenador da área de Justiça Social e Econômica da Oxfam Brasil.

Segundo a ONG, a miséria e a fome explodiram no Brasil durante a pandemia. Em dezembro de 2020, 55% da população brasileira se encontravam em situação de insegurança alimentar, o equivalente a 116,8 milhões de pessoas, e 9% se encontravam em situação de fome, ou 19,1 milhões de pessoas. Trata-se de um retrocesso a patamares de 2004.

No Brasil, a fome afeta mais as mulheres e pessoas negras. A entidade aponta que 11,1% dos lares chefiados por mulheres e 10,7% dos chefiados por pessoas negras estavam passando fome no fim de 2020, frente a 7,7% dos lares chefiados por homens e 7,5% dos lares liderados por pessoas brancas.

— Regredimos 17 anos na questão da insegurança alimentar e fome, e neste momento vemos reduções de políticas públicas nesse sentido. O Bolsa Família, um programa de 2003 e que era reconhecido internacionalmente, foi extinto e substituído pelo Auxílio Brasil, em um ano eleitoral — afirma Nascimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caravana Brasil pra Elas começa neste sábado em Campo Grande
Economia

Caravana Brasil pra Elas começa neste sábado em Campo Grande

há 23 minutos atrás
Caravana Brasil pra Elas começa neste sábado em Campo Grande
Brechós trazem economia, sustentabilidade e exclusividade
Economia

Brechós trazem economia, sustentabilidade e exclusividade

21/05/2022 07:30
Brechós trazem economia, sustentabilidade e exclusividade
Longen faz balanço das ações de Sesi, Senai e IEL e projeta novos investimentos
Indústria

Longen faz balanço das ações de Sesi, Senai e IEL e projeta novos investimentos

20/05/2022 22:15
Longen faz balanço das ações de Sesi, Senai e IEL e projeta novos investimentos
Agronegócio registra superávit de US$ 43,7 bilhões até abril
Economia

Agronegócio registra superávit de US$ 43,7 bilhões até abril

20/05/2022 22:00
Agronegócio registra superávit de US$ 43,7 bilhões até abril
Em 15 anos, indústria de MS salta do 4º para o 2º lugar em participação no PIB estadual
Economia

Em 15 anos, indústria de MS salta do 4º para o 2º lugar em participação no PIB estadual

20/05/2022 20:45
Em 15 anos, indústria de MS salta do 4º para o 2º lugar em participação no PIB estadual
Últimas Notícias