Dourados – MS quarta, 28 de fevereiro de 2024
33º
IPVA parcela 2
Dourados

Após uma década, projeto para construção de Central de Hortifrúti deve sair do papel

O cronograma para a construção foi informado após solicitação do deputado Zé Teixeira (PSDB)

10 Fev 2024 - 10h30Por Douradosagora
Imóvel onde será a Ceasa pertence a família da ex-prefeita Délia Razuk  - Crédito:  Reprodução/Google Street ViewImóvel onde será a Ceasa pertence a família da ex-prefeita Délia Razuk - Crédito: Reprodução/Google Street View

A Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc) anunciou cronograma para a contratação de empresa de engenharia que ficará responsável pela elaboração dos projetos executivos para a implantação da Central de Abastecimento (Ceasa) de Dourados. O cronograma para a construção foi informado após solicitação do deputado Zé Teixeira (PSDB).

Conforme ofício encaminhado pelo secretário Jaime Verruck ao deputado, o processo começa ainda neste mês com a licitação para escolha da empresa. A previsão é que em julho o processo seja concluído com a contratação para a realização dos projetos arquitetônico, estrutural, elétrico e hidro-sanitário. A empresa deve entregar os projetos em setembro deste ano.

No requerimento de informações encaminhado ao Governo do Estado no ano passado, Zé Teixeira questionava os estudos técnicos preliminares realizados para projetar a central. “A implantação da Ceasa no município é uma antiga reivindicação dos pequenos e médios produtores da região da Grande Dourados, que esperam por um espaço adequado para o armazenamento e comercialização de seus produtos”, explica Zé Teixeira.

A implantação da Central de Abastecimento ganhou impulso em setembro de 2022 com a desapropriação de uma área de mais de quatro hectares próxima ao trevo de acesso à BR-163 e o Parque de Exposições João Humberto de Carvalho. Atualmente, apenas Campo Grande dispõe de uma central de abastecimento que recebe e comercializa produtos de outros municípios e estados brasileiros.

Demora

A construção de uma Ceasa em Dourados foi proposta pelo governador Reinaldo Azambuja ainda em 2014. A ideia inicial era construir um prédio para abrigar a Central. Porém, em 2022, o projeto evoluiu para a desapropriação de um imóvel localizado no entroncamento da BR-163 com a Avenida Marcelino Pires, na entrada de Dourados.

A área tem 48.127,795 metros quadrados e já existe um barracão com 8 mil metros quadrados, além de uma portaria com dependências administrativas. A Central deve atender não apenas Dourados, mas todas as cidades vizinhas, servindo de entreposto para comercialização dos hortifrútis produzidos na região.

Após uma década, projeto para construção de Central de Hortifrúti deve sair do papel Deputado Zé Teixeira é articulador na construção da Ceasa

Deixe seu Comentário

Leia Também


Tecnofeudalismo
Opinião

Tecnofeudalismo

há 1 hora atrás

Tecnofeudalismo
Receita paga nesta quinta-feira restituições de lote residual do IRPF
Economia

Receita paga nesta quinta-feira restituições de lote residual do IRPF

28/02/2024 12:15
Receita paga nesta quinta-feira restituições de lote residual do IRPF
Evento on-line aborda o futuro do trabalho com a inteligência artificial
Economia

Evento on-line aborda o futuro do trabalho com a inteligência artificial

28/02/2024 07:20
Evento on-line aborda o futuro do trabalho com a inteligência artificial
Novo sistema FGTS Digital entra em vigor na sexta-feira
Economia

Novo sistema FGTS Digital entra em vigor na sexta-feira

há 18 horas atrás
Novo sistema FGTS Digital entra em vigor na sexta-feira
Lula revoga reoneração de 17 setores da economia
Economia

Lula revoga reoneração de 17 setores da economia

27/02/2024 22:00
Lula revoga reoneração de 17 setores da economia
Últimas Notícias