Dourados – MS sábado, 24 de outubro de 2020
Dourados
31º max
21º min
Influx
Variedades

Viver é Preciso

30 Jun 2011 - 10h17
Ao pensar no movimento planetário, um calafrio percorre meu corpo, sinto que o sangue que corre em minhas veias, fervilha, enlouquece, depara-se com ventos vindos do centro do país que o congela. São tantas as tentativas de entendimento que no decorrer do tempo perco-me nas variadas formas de apresentação da vida. O que pensam os donos do Poder no auge de sua glória nefasta e de sua retórica ultrapassada e manipuladora, dos pobres mortais? Sugam-lhe as entranhas do saber, tornando-os títeres, bonecos conduzidos pelo caminho que lhes aprouver.

Quando analisamos o contexto social no qual estamos inseridos, nos assombram caminhos percorridos para chegarmos aonde chegamos, foram tantas lutas, tantos povos subjugados, tanta miséria, tanta alienação com o “terrível monstro frio” nos devorando que fica muito difícil uma enérgica reação.

Diz o poeta; “Navegar é preciso. Viver não é preciso”, em análise geral e não profunda, de pronto podemos constatar a importância de criarmos, em nosso quadro mental, o gosto de sonhar, de sair do marasmo, criar a coragem do embate. Navegar é preciso, é preciso conquistar novos mares, desbravar novos ambientes, conquistar a inocência perdida, nesse mundo onde tudo paira a beira da loucura. Navegar, sonhar, buscar a realização dos ideais, seguir em frente em busca de nós mesmos.

Viver não é preciso, onde essa vida robótica, condicionada, desconexa da nossa essência pela falta de opção, pois que, tudo se torna planejado e implantado em nossa mente por mecanismo de controle coletivo, tão invisível que não percebemos. Dessa vida não precisamos. Precisamos conquistar o domínio de nós mesmos. Paramos por um tempo longo demais, indefinido demais, observando passivamente os caminhos apresentados e indicados como modelo de vida.

Não sabíamos aonde chegaríamos, como não sabemos ainda, por isso precisamos nos superarmos, como diz Nietzsche, em um discurso de Zaratustra: “ Chegou o tempo para que o homem se fixe em um objetivo. Chegou o tempo para que o homem semeie o germe de sua mais elevada esperança. Para isso, seu solo é ainda bastante rico. Mas um dia pobre e árido será esse terreno e nele já não poderá germinar nenhuma grande árvore.”

O tempo é esse, o momento é agora, a nossa vida é por demais preciosa para a negligenciarmos. Viver é preciso, com sabedoria, sem fraquejar diante dos embates, acordar para a verdadeira vida, sem medo e sem peias, pois nascemos livres e livres devemos continuar para escalarmos a grande montanha do saber, da felicidade da realização plena como seres humanos.
Estamos à procura de que? Pense nisso.

######*Pedagoga, Psicopedagoga, Especialista em Família e Políticas Públicas, Membro do Comitê de Governança Unicef Opas.


[email protected] | www.itacianasantiago.blogspot.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
Selo internacional

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC

04/10/2020 11:13
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Últimas Notícias