Dourados – MS domingo, 27 de setembro de 2020
Dourados
36º max
24º min
Variedades

Vai entender...

02 Fev 2016 - 09h14
Neste mês de fevereiro os condutores não precisarão pagar para estacionar na área delimitada pelo parquímetro porque somente no mês de março entra em operação a nova empresa selecionada para tomar conta do estacionamento rotativo de Dourados, certo? Certo, mas diante disso várias perguntas ficam no ar.


##### Créditos de botons


Se ninguém vai pagar nada em fevereiro, porque as moças com uniforme azul continuam vendendo cartões e créditos de botons? Ou se não vai multar ninguém, porque cobrar créditos e vender cartões?


##### Mesma pergunta


Esta mesma pergunta foi feita ontem pela atenta para uma monitora no centro da cidade. E ela que evidentemente cumpre ordens, disse que mesmo sabendo da isenção neste mês de fevereiro estava operando normalmente. Uma pessoa atenta que estava do lado ficou indignada e reagiu: “E como sempre o trouxa acaba sendo a gente”.


##### Água abaixo


Pessoa atenta que viajou no final de semana pela rodovia MS 156, no trecho que liga Caarapó a Amambai disse a coluna que ficou impressionada com o que viu. O asfalto principalmente entre a Fazenda Campanário e Amambai praticamente não existe mais. É só cratera e o motorista é obrigado a andar a 10 KM por hora. O trecho já estava feio antes da chuvarada e o restante de asfalto que tinha a água levou.


##### Ano passado


A mesma pessoa atenta cobra do Governo do Estado uma atitude sobre a recuperação deste trecho. Lembra que em 08 dezembro do ano passado o secretário de Infraestrutura Ednei Marcelo Miglioli ao conceder entrevista sobre o assunto disse o seguinte:


##### Quanta agilidade!


“As manutenções de todas as rodovias estaduais pavimentadas estão contempladas dentro do contrato com as empresas terceirizadas, e serão atendidas conforme programação feita pelo engenheiro de cada Regional. Os serviços de tapa-buracos são rotineiros, porém, no caso desta rodovia estamos fazendo levantamentos dos serviços que complementam a sua restauração, para fins de contratação de empresas especializadas nesse tipo de serviço”, explicou. Quanta agilidade nesse levantamento hein?.


##### À força


A presidente Dilma Rousseff editou medida provisória ontem segunda-feira (1º) para facilitar o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor do zika vírus e de doenças como dengue e febre chikungunya. De acordo com a MP 712/2016, publicada no Diário Oficial da União, os agentes de saúde serão autorizados a entrar à força em imóveis públicos ou particulares que estejam abandonados ou na ausência de pessoa que possa autorizar o ingresso desses profissionais para a eliminação de eventuais focos de reprodução do mosquito.


##### Ordem judicial


Se necessário for, o agente de saúde poderá solicitar o auxílio à autoridade policial para ingressar na propriedade. A MP também prevê a realização de campanhas educativas e de orientação à população sobre as doenças. O mesmo teor desta medida provisória já é colocado em prática em Dourados, há tempos, só que através de ordem judicial.


##### Um apelo


Na última sexta-feira (29), a presidente admitiu que o Brasil perde a luta contra o mosquito transmissor da doença enquanto o inseto estiver se reproduzindo. Ela fez um apelo pela mobilização em todo o país para combater o Aedes aegypti.


##### Diz a MP


O ingresso forçado em imóveis públicos e particulares, no caso de situação de abandono ou de ausência de pessoa que possa permitir o acesso de agente público, regularmente designado e identificado, quando se mostre essencial para a contenção das doenças.


##### Não utilização


Imóvel em situação de abandono é aquele que demonstre flagrante ausência prolongada de utilização, o que pode ser verificado por suas características físicas, por sinais de inexistência de conservação, pelo relato de moradores da área ou por outros indícios que evidenciem a sua não utilização.


##### Duas visitas


A ausência será considerada diante da impossibilidade de localização de pessoa que possa permitir o acesso ao imóvel na hipótese de duas visitas devidamente notificadas, em dias e períodos alternados, dentro do intervalo de dez dias.


##### Ingresso forçado


Nos casos em que houver a necessidade de ingresso forçado em imóveis públicos e particulares, o agente público competente emitirá relatório circunstanciado no local em que for verificada a impossibilidade de entrada por abandono ou ausência de pessoa que possa permitir o acesso de agente público.


##### Má-formação


A maior preocupação é com o zika vírus que durante a gravidez pode causar microcefalia. De acordo com a OMS, o vírus zika pode causar outras síndromes neurológicas, como meningite, meningoencefalite e mielite.


##### Que frase!


“Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las”. (Evelyn Beatrice Hall).

Deixe seu Comentário

Leia Também

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Últimas Notícias