Dourados – MS domingo, 20 de setembro de 2020
Dourados
27º max
16º min
Variedades

Uma mulher jamais será medida pela cama

26 Out 2015 - 11h14
Benê Cantelli

Mesmo o título dando aparência de “coisa chula” ou de conotação voluntariosa no sentido de se pretender ganhar dividendos, na forma como muitos usam para atrair mais leitores, nosso proposito aqui é de valorizar a mulher pelo que ela tem de mais especial. Enganam-se, redondamente, todos os que acham que a mulher é igual ao homem e vice-versa.


Pior conclusão tem aquele sujeito que diz não ter gostado ou se “dado bem” com uma determinada mulher por ter um comportamento frígido, pacato e em nada convincente como companheira de cama. Dura servidão será a do homem que por não se conhecer transfere para sua companheira, suas taras, frustrações e má educação e desconcertante formação sexual. A prova maior é que uma mesma mulher pode ser totalmente diferente nas mãos de outro homem.


Se numa relação sexual entre humanos, deve haver o lado animal, este fica para o homem, pois a mulher, sem ter sido maculada pelos desastres que sofreu numa relação mal feita, ela é a sublimação do ato. Ao contemplar a mulher, o homem despe-se de toda motivação que não seja primeiro, a de especular e mensurar seu corpo. O objetivo da mulher ao contemplar um homem vai muito além de ver nele um corpo “sarado”.


No reino animal, não conheço, sequer, um macho que despreze uma fêmea no cio, pelo fato dela não ter um corpo adequado aos seus olhos. O instinto o chama e isso basta. No entanto, a fêmea por sua vez, faz escolha entre o mais forte, o mais robusto, aquele que lhe dará filhotes mais esbeltos e fortes.
É evidente que estamos analisando fatos que compõem os animais livres no campo.


Como professor, muitas vezes, fui chamado a ser educador e psicólogo. Normalmente os questionamentos eram muito semelhantes. Alunos expondo problemas de seus pais ou ex-alunos trazendo os seus. Em suma, a maioria dos casos trilhavam caminhos conhecidos: relacionamento a dois.


Em evidência, estavam sempre os casos de desacertos, principalmente,quando retratados na vivência matrimonial. A péssima formação recebida pelos jovens rapazes, quando iniciaram sua vida sexual nas “mãos” de ineficientes e mal amadas prostitutas, geram os mais tristes descompassos com o que a vida a dois exige.
Certamente, o comportamento que os “instruídos” por essas mulheres receberam, constituem, fatalmente,os mais sérios problemas quando de uma relação sexual com sua companheira.


Sólidas uniões, nascidas de um relacionamento normal, motivado pelo espírito de verdadeiro companheirismo e amor, acabam se destruindo quando se vê, pelos meios televisivos, principalmente, atitudes que não condizem com a mais lídima relação a dois, ao transformar a mulher em mero “objeto de desejo”. Forjam conceitos que não condizem com o melhor ensinamento “caseiro”, nem pela escola e, muito menos, pela igreja.


Lembro-me, e isso aconteceu há muitos anos, uma leitura em que o padre e médico João Mohana afirma que o casamento se solidifica, cada vez mais, em dois pilares: mesa e cama. Explicava que a mesa significa o diálogo e a cama o coroamento feliz da interação do homem e da mulher.


Casamento é muito mais profundo e interativo do que um simples acasalamento. Saber, conhecer e colocar em prática tudo isso, depende da indispensável participação do outro. Às vezes, casamentos que tinham aparência de perfeitos, “morrem” porque a tal interatividade desaparece. Em muitíssimos casos, é difícil saber, mesmo para os dois, qual ou quais foram os motivos que levaram o casamento a findar. Muitos se apercebem do erro, depois de um tempo, e voltam buscando o que perdeu.


Quantas vezes assisti o desespero de um vestibulando que, na ânsia de sair da sala, lembrava a resposta da questão,quando já estava no pátio. Tarde demais. Deveria ter curtido até o fim o tempo limite para estar na sala de provas e, com certeza, ao lembrar corrigiria sua resposta. Assim é o relacionamento a dois.
A vida, também, nos ensina.


Professor e Campista. e-mail: [email protected]

Deixe seu Comentário

Leia Também

O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Campo Grande

Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações

11/09/2020 17:16
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Brasil

Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos

26/08/2020 11:28
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Últimas Notícias