Dourados – MS terça, 02 de março de 2021
Dourados
34º max
23º min
Influx
SERVIDORES DO EXECUTIVO

Servidores da capital têm duas semanas para recadastrar no Censo Previdenciário

20 Mai 2016 - 09h48
Servidores da capital têm duas semanas para recadastrar no Censo Previdenciário. - Crédito: Foto: DivulgaçãoServidores da capital têm duas semanas para recadastrar no Censo Previdenciário. - Crédito: Foto: Divulgação
De um total de 26,8 mil servidores do Governo Estadual segurados no sistema previdenciário, 15,5 mil fizeram o recadastramento no Censo Cadastral Previdenciário de Mato Grosso do Sul até esta quarta-feira (18). O período para confirmar os dados na Capital vai até 3 de junho, sendo que quem não recadastrar terá seus vencimentos ou benefícios suspensos.

O recadastramento é presencial, mas precisa ser agendado por meio do site www.censo.ms.gov.br. Os locais para fazer a confirmação ou retificação de dados são o Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo e a Fundação de Cultura – prédio do antigo Fórum, na avenida Fernando Correa da Costa.

No período de 13 de junho a 29 de julho será a vez dos servidores dos demais poderes da Capital e dos servidores do interior participarem do recenseamento. No interior haverá um calendário com período específico para cada um dos 24 municípios polos permanentes e as cinco cidades onde haverá atendimento temporário. Tanto o agendamento como as demais informações sobre o censo podem ser acessados no site.

O censo – O recadastramento atinge servidores públicos de cargo efetivos civis e militares, ativos, aposentados e pensionistas, tanto do Executivo Estadual como do Judiciário, Tribunal de Contas, Ministério Público, Defensoria Pública e Assembleia Legislativa.

O censo deve ser realizado no mínimo a cada cinco anos para atualizar o Cadastro Nacional de Informações Sociais dos Regimes Próprios de Previdência Social, um sistema unificado que contém as informações previdenciárias de todos os servidores públicos do País.

Deixe seu Comentário