Dourados – MS quinta, 24 de setembro de 2020
Dourados
33º max
17º min
Atenta

Roda gigante

11 Mai 2016 - 06h00
O mundo político é uma roda gigante que vai passando cada hora de um jeito diferente. Há exatamente um ano o vice-presidente Michel Temer (PMDB) estava em Dourados e na condição de presidente da República em exercício.

##### Prestes a assumir


Quis o destino que entre hoje e amanhã ele estivesse prestes a assumir a presidência com o afastamento de Dilma por até 180 dias. Na época Temer esteve em Dourados para conhecer de perto o Sistema de Monitoramento de Fronteira o SISFRON no Exercito.

##### Há um ano


Na época já haviam rumores da queda de Dilma do poder e já se desconfiava do descontentamento de Temer quanto a Dilma, mas até um ano ele negava de pés juntos os rumores de que estaria rompendo com Dilma. Há um ano o presidente em exercício Michel Temer líder nacional do PMDB afirmou em Dourados, que a presidente Dilma Rousseff concluiria seu mandato.

##### Ela cai


A atenta reproduz hoje a reação de Temer em Dourados há exatamente um ano quando indagado sobre até quando o PMDB conseguiria segurar a presidente na cadeira. "Não precisa segurar a presidente Dilma, ela não cai. Tem capacidade de trabalho e somos aliados. Naturalmente colaboramos com o país", afirmou Temer.

##### É moleza


A discussão sobre o impeachment da presidente já estava forte depois de o TCU ter questionado as "pedaladas fiscais" de sua primeira gestão. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Dilma afirmou na época: "Eu não vou cair. Eu não vou, eu não vou. Isso aí é moleza, é luta política".

##### Na Lama


Quando questionado sobre o desdobramento da Operação Lama Asfáltica, deflagrado ontem terça-feira (10) na operação "Fazendas de Lama", que cumpriu mandados de busca e apreensão em uma série de locais, incluindo a casa do ex-governador André Puccinelli (PMDB) e a Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), assim reagiu: "Lugar de corrupto é na cadeia". Em outro trecho ele disse: "Não quero fazer julgamento de ninguém, mas aquele que cometeu desvios de recursos públicos tem de pagar e devolver ao erário. Lugar de corrupto é na cadeia, repetiu".

##### Muita pinga


Sobre a noticia da decisão do presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), de anular a sessão do impeachment o Ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes assim reagiu: Foi "regada a muita pinga", o que, para Mendes, "explica um pouco o ato".

##### Muito estranho


Gilmar Mendes deu a declaração ao chegar, no início da tarde, para julgamentos das turmas do STF. Ele foi questionado por jornalistas sobre a decisão de Maranhão, anunciada nesta segunda. "É interessante, né (risos)? Hoje eu vi uma notícia no jornalista Claudio Humberto dizendo que isso foi regado a muita pinga, vinho. Isso até explica um pouco, né? É, está muito engraçado isso. Estranho, né? Muito estranho", afirmou o ministro.


##### Para o céu


O ministro Gilmar Mendes também foi questionado por jornalistas sobre um mandado de segurança que a Advocacia-Geral da União levou ao STF para tentar anular o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A AGU aponta que Cunha aceitou o pedido de impeachment, em dezembro, em retaliação a Dilma e ao PT, por votarem a favor da abertura do processo de cassação do deputado no Conselho de Ética da Câmara. O ministro respondeu: "Ah, eles o governo pode ir para o céu, o papa ou o diabo."

##### Jogando a toalha


O líder do governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), admitiu que o governo não tem votos para evitar hoje a admissibilidade do processo de impeachment. Para afastar Dilma é necessário maioria simples entre os presentes, e 50 dos 81 senadores já declararam voto pela admissibilidade. A presidente Dilma Rousseff irá mesmo descer a rampa do Palácio do Planalto logo que for notificada da decisão dos senadores em afastá-la do cargo para que seja julgada pela Casa, o que deve acontecer amanhã quinta-feira.

##### Dia histórico


Dilma descerá a rampa acompanhada de dezenas de mulheres, que participam da Conferência Nacional das Mulheres, em Brasília. Ao todo, cerca de mil mulheres desse evento apoiarão a presidente. A votação do afastamento de Dilma está marcada para esta quarta, mas a presidente precisará ser oficialmente notificada de seu eventual afastamento. A estimativa é de que milhares de petistas vão comparecer ao ato em frente ao Palácio do Planalto, com faixas de apoio.

##### Almoço com Lula


A presidente almoçou na terça-feira com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois devem discutir estratégias políticas e a conjuntura após o afastamento de Dilma pelo Senado nesta quarta-feira, que é dado como certo.

##### Nada a ver


O procurador-geral da República Rodrigo Janot encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) parecer em que afirma que a corte deve derrubar a liminar que obriga a Câmara dos Deputados a dar continuidade a um processo de impeachment contra o vice-presidente Michel Temer (PMDB). Segundo o chefe do Ministério Público, embora tanto Dilma quanto Temer tenham assinado decretos para liberar créditos suplementares e manejar recursos diante da crise econômica, a situação da presidente não pode ser igualada à do vice.

##### Meta fiscal


Isso porque quando Temer assinou os decretos em 2015 não havia indicativos de que a meta de superávit primário não seria cumprida. Na data em que Dilma assinou decretos semelhantes, no entanto, o governo já havia enviado ao Congresso o PLN 5/15, projeto de lei que alterava a meta fiscal do ano e permitia que o governo fechasse 2015 com déficit. O envio do PLN, diz Janot, é a evidência de que Dilma sabia que não cumpriria a meta fiscal e, portanto, decretos de liberação de crédito suplementar não poderiam ser assinados.

##### Que frase!


"Quem não é fiel às pequenas coisas, jamais será nas grandes". (Johann Goethe).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Últimas Notícias