Dourados – MS domingo, 17 de outubro de 2021
Dourados
25º max
17º min
Variedades

Resultado da lipoaspiração é duradouro?

05 Jun 2011 - 07h45
Resultado da lipoaspiração é duradouro? -
Um estudo americano - Fat Redistribution Following Suction Lipectomy: Defense of Body Fat and Patterns of Restoration - publicado na revista Obesity, causou muito preocupação em quem está pensando em fazer uma lipoaspiração e certa apreensão em quem se submeteu ao procedimento, recentemente. Isso porque os autores, pesquisadores da Universidade do Colorado, defendem que o procedimento pode reduzir a gordura de coxas e quadril, mas, com o tempo, a gordura retirada das coxas volta a se acumular na parte superior do abdome e nos braços.

De acordo com os estudiosos, que acompanharam 32 mulheres na faixa dos 36 anos, que tiveram suas circunferências corporais e percentuais de gorduras medidos, dois meses após a lipoaspiração, elas tinham perdido 2% de gordura e quase o mesmo em circunferência. Um ano depois, as medidas foram reavaliadas. A gordura total voltou aos índices originais, mas concentrada na parte superior do corpo.

Este tipo de resultado, segundo os pesquisadores americanos, não depende do cirurgião plástico ou de sua habilidade cirúrgica. Ele depende da “biologia da gordura”. Os pesquisadores dizem não se surpreender com a volta da gordura, pois o corpo, \"defende a sua gordura”. Assim como na lipoaspiração, se você perder peso, mesmo fazendo dieta, ele voltará.

Para o cirurgião plástico Ruben Penteado, diretor do Centro de Medicina Integrada, “a região lipoaspirada melhora o contorno corporal, por isso, se houver um aumento de peso, pequeno ou moderado, não ocorrerá perda do resultado. Por outro lado, se você ganhar muito peso, as células de gordura restantes começam a armazenar os excessos, uma vez que as células gordurosas aspiradas não voltam. Resumindo: o novo acúmulo de gordura só acontecerá se o paciente engordar. Portanto, aquele que se submete a uma lipoaspiração deve fazer sua parte: ou seja, manter ou até baixar, quando necessário, seu peso após uma lipoaspiração”, explica.

A lipoaspiração é um procedimento destinado a remover apenas gorduras localizadas, como as que se encontram debaixo dos braços, nos quadris e na região abdominal. “É o tipo de gordura que dificilmente pode ser eliminado, mesmo com o auxílio de exercícios físicos e de uma nova dieta”, explica o médico. Esta regra só se aplica aos pacientes adultos. Crianças, ainda que tenham acúmulo de gordura no corpo, a ponto de comprometer seu bem estar físico e psicológico, não devem se submeter à lipoaspiração. Já para os adolescentes, a lipoaspiração é mais aceita pelos médicos, contanto que o jovem operado não seja obeso.

Ruben Penteado explica que a partir de 10% a mais do peso ideal, os resultados da lipoaspiração não são tão satisfatórios. É importante entender que se trata de uma cirurgia de acerto de contornos e não deve ser encarada como um método para emagrecer. “Há um limite de gordura que pode ser retirado. Exercício e dieta são os caminhos para quem precisa eliminar o excesso de peso. De acordo com as normas do Conselho Federal de Medicina, não se pode passar de 7% do peso corporal do paciente na lipoaspiração úmida (com injeções de soluções líquidas) e 5% de retirada de gordura na lipoescultura a seco”, diz o cirurgião plástico.

Este limite máximo de retirada de gordura varia acordo com cada paciente. “Mas, em geral, varia de 5 a 7% do peso corporal. O exagero pode debilitar o organismo porque junto com a gordura há também aspiração de sangue. É recomendável conversar com o cirurgião plástico, falando de suas expectativas e ouvindo a avaliação do profissional sobre o quanto pode ser removido do seu corpo”, aconselha o diretor do Centro de Medicina Integrada.


RISCOS - A maioria das pessoas que se submetem à lipoaspiração ficam satisfeitas com o resultado. Porém, como todo procedimento cirúrgico, há riscos envolvidos. Por isso é importante a pessoa entender as limitações e possíveis complicações da lipoaspiração. Antes de decidir fazer uma lipoaspiração, você precisa conhecer esses riscos e medir os prós e os contras.

As complicações mais comuns são: infecções, que podem ocorrer depois de qualquer cirurgia, inclusive a lipoaspiração. Alguns médicos prescrevem antibióticos a todos pacientes submetidos a lipoaspiração, outros não. É importante manter a região da incisão limpa, mas mesmo assim, o local pode infeccionar, em alguns casos muito seriamente, envolvendo bactérias que destroem os tecidos.

* embolismo: pode ocorrer quando a gordura penetra nos vasos sanguíneos e fragmentos de gordura ficam presos nos vasos, ficam acumulados nos pulmões e podendo também ir até o cérebro. Os sintomas são respiração curta e dificuldade para respirar. Se aparecerem estes sintomas, o médico deverá ser procurado urgentemente, pois o quadro pode evoluir para algum tipo de debilitação permanente ou até ser fatal

* necrose da pele: a pele acima da área onde foi feita a lipoaspiração pode \"morrer\", quando isso ocorre, a pele afetada pode mudar de cor e cair, possivelmente havendo infecções por bactérias.

* intoxicação por anestesia: algumas drogas utilizadas na anestesia podem causar intoxicação e inclusive levando o coração a parar, podendo ser fatal.

* queimaduras: pode ocorrer quando a lipoaspiração é feita pelo método do ultrassom.

* perfurações viscerais: durante a lipoaspiração, o médico não consegue ver onde a cânula está. Pode haver danos em órgãos internos, quando isso ocorre, geralmente é necessária uma outra cirurgia para reparar os danos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A importância do Pet na vida da família
Dia Mundial dos Animais

A importância do Pet na vida da família

04/10/2021 15:00
A importância do Pet na vida da família
Saiba quem é o brasileiro premiado por foto de jacaré morto na seca
Variedades

Saiba quem é o brasileiro premiado por foto de jacaré morto na seca

30/09/2021 17:00
Saiba quem é o brasileiro premiado por foto de jacaré morto na seca
Mato Grosso do Sul é destino destaque no Fórum de Turismo LGBT 2021
Turismo

Mato Grosso do Sul é destino destaque no Fórum de Turismo LGBT 2021

29/09/2021 16:15
Mato Grosso do Sul é destino destaque no Fórum de Turismo LGBT 2021
Há 150 anos, Lei do Ventre Livre era assinada
Lei do Ventre Livre

Há 150 anos, Lei do Ventre Livre era assinada

28/09/2021 09:30
Há 150 anos, Lei do Ventre Livre era assinada
Câncer em cães e gatos é cada vez mais comum, afirma veterinário
IMPRESSO

Câncer em cães e gatos é cada vez mais comum, afirma veterinário

05/07/2021 13:00
Câncer em cães e gatos é cada vez mais comum, afirma veterinário
Últimas Notícias