Dourados – MS terça, 22 de setembro de 2020
Dourados
27º max
14º min
Variedades

Quatro décadas

18 Fev 2016 - 07h00
As chuvas que caíram ininterruptamente durante três meses causaram muitos estragos em Dourados e aquilo que já era ruim piorou bem mais. É o caso de grande parte da malha asfáltica da cidade. Alguns trechos de asfalto com mais de quarenta anos de existência cederam ainda mais com o aguaceiro e hoje praticamente ficou impossível trafegar em muitos locais da segunda maior cidade.


##### Não resolve


A realidade é que tapa buraco, mesmo que seja constante não resolve mais. Somente com as obras de recapeamento para solucionar definitivamente o problema. Tanto que as ruas trafegáveis de Dourados hoje são aquelas vias que passaram por recapeamento, como é o caso da Olinda Pires, da Balbina de Mattos, da presidente Vargas, Ponta Porã, Eulália Pires, Coronel Ponciano, Palmeiras, Floriano Peixoto, Monte Alegre, e Albino Torraca.

##### Altos valores


Para se ter ideia da dimensão disso, para que a dor de cabeça com relação a buracos acabe de vez em Dourados, pessoa atenta e da área fez os cálculos e chegou à soma de 200 milhões de reais, pois teria que ser feito recapeamento em 80% da cidade e o recapeamento é uma obra de alto valor, às vezes bem próximos de valores da pavimentação.

##### Fim do túnel


Para levantar todo esse dinheiro em Brasília tinha que haver empenho por parte da bancada federal. Tinha. Para o prefeito Murilo resta uma luz no fim do túnel que os buracos provocam: O recapeamento das ruas centrais de Dourados em parceria com o governo do estado. Os recursos são aguardados desde o final do ano passado pela prefeitura de Dourados e seriam suficientes para recapear as quatro principais avenidas da cidade. Isso já representaria mais de meio caminho andado de asfalto novo.

##### Vias urbanas


Conforme compromisso feito com Dourados pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), serão recapeadas completamente as avenidas Marcelino Pires, Joaquim Teixeira Alves, Weimar Gonçalves Torres e Hayel Bon Faker. Pelo menos trinta quilômetros de vias urbanas ficaram de ser recapeadas ainda este ano, o que encerraria bem o segundo e ultimo mandato do prefeito Murilo Zauith (PSB). Na realidade trata-se de um mandato e meio porque o primeiro foi extemporâneo, de apenas um ano e oito meses.

##### Recursos próprios


Conforme dados da prefeitura, até agora boa parte das obras foi feita com recursos próprios, mas o recapeamento da Fernando Ferrari, no bairro João Paulo II que se transforma em Filomeno João Pires, da Balbina de Matos, da Olinda Pires de Almeida e da Raul Frost fazem parte do financiamento de R$ 52 milhõ6es, obtido em 2013 com a Caixa Econômica Federal. Segundo cálculos do município pelo menos R$ 100 milhões foram gastos em recapeamento desde 2011.

##### Casca de Ovo


Tem buraco das antigas e com marcas de prefeitos diferentes. Tem buraco com o DNA de Braz Melo, de Humberto Teixeira e de Laerte Tetila. Segundo pessoa atenta que trabalha na infraestrutura do município os buracos com maior durabilidade são aqueles da época do então prefeito José Elias Moreira, por incrível que pareça o mais antigo mandato entre os prefeitos citados.

##### Base Forte


“Esses do Zé Elias, foram feitos com uma base muito forte, resistentes a infiltração, como esses que foram realizados até agora pelo prefeito Murilo”, disse a pessoa atenta. O famoso projeto asfalto “Casca de Ovo” entrou em ação na eras Braz, Humberto e Tetila.

##### Estado grave


O ex-vereador Osmaldo Nunes que atualmente reside em Porto Murtinho está internado há vários dias em Dourados. Ele passou pelo Hospital da Vida e em função da gravidade do problema de saúde foi transferido para o Hospital Universitário, onde está internado desde segunda-feira com insuficiência pulmonar. Osmaldo Nunes foi vereador em Dourados pelo PTB durante o segundo mandato do então prefeito Braz Melo.

##### Com tudo


A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos combustíveis presidida pelo deputado estadual José Carlos Barbosa, o “Barbosinha” voltou com tudo após o recesso em 2016. A CPI que apura os altos valores dos combustíveis quer primeiramente saber o valor cobrado nas refinarias, nas distribuidoras e nos postos, para avaliar se há aumento abusivo em alguma parte do processo. Os pedidos foram aprovados reunião da última terça-feira.

##### Na bomba


Foi envidado pela CPI um requerimento ao Ministério das Minas e Energia solicitando o valor do combustíveis vendido nas refinarias e nas bases distribuidoras. Já das secretarias de Fazenda de MS, São Paulo e Paraná, a CPI quer saber o preço do combustível de todo o processo, desde o início ate chegar na bomba.

##### Qual o impacto


A CPI enviou um requerimento também para a Setlog (Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas de MS), para saber qual o impacto do frete no preço do combustível.

##### Caminhos jurídicos


De acordo com o proponente da investigação, o deputado José Carlos Barbosa (PSB), a Comissão está preparada para tomar os caminhos jurídicos necessários. Segundo ele, dentre as solicitações estão às escriturações ficais individuais das empresas, documentos que podem ser considerados como sigilosos.

##### A dinâmica


“Os documentos são fundamentais para que possamos entender a dinâmica da elaboração do preço na bomba”, explicou o presidente. Depoimentos só serão pedidos, caso haja dúvida nos documentos enviados.

##### Interesse público


“Existe sim a possibilidade de recorrer ao judiciário. As informações que estamos solicitando são de interesse da sociedade e é importante que tenhamos respostas. A CPI está preparada para enveredar por esse caminho se for necessário. Esperamos contar com a boa vontade de todos antes de qualquer decisão nesse sentido”, afirmou Barbosinha. A próxima reunião da CPI está marcada para terça-feira, 23.

##### Que frase!


“Seja lá o que você fizer, seja bom nisso.” (Abraham Lincoln).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Últimas Notícias