Dourados – MS segunda, 10 de agosto de 2020
Dourados
32º max
18º min
Segurança e Saúde JBS
Atenta

Pura articulação

22 Jun 2016 - 06h00
O deputado estadual Zé Teixeira, vice-presidente do DEM em Mato Grosso do Sul disse ontem, à Atenta, que vê com bons olhos uma chapa pura envolvendo os nomes de Geraldo Resende para prefeito e Marçal Filho para vice, chapa essa que sairá do ninho dos tucanos que hoje abriga esses dois políticos. "São duas lideranças expressivas, dois nomes de peso da política douradense", disse Zé Teixeira.


##### Não sabia


A noticia da possibilidade de Marçal ser vice de Geraldo foi publicada na semana passada na atenta, inclusive na época o deputado Geraldo Resende que esteve na redação de O Progresso quando reagiu com poucas palavras dizendo que não estava sabendo de nada, porém com expressão de que sabia e não queria dizer naquela hora.

##### Todo apoio


Indagado se neste caso o DEM abriria mão de lançar o candidato a vice na chapa Geraldo, Zé Teixeira disse que precisa levar essa ideia ao partido em Dourados através da executiva municipal presidida pelo vereador Alan Guedes. "O que eu posso dizer é que esta chapa tem todo o meu apoio", disse Zé Teixeira.

##### Assunto interno


Ele afirma que não conversou com o ex-deputado Marçal Filho a respeito do assunto. "Eu tinha uma reunião marcada com o Marçal em meu escritório, mas essa reunião não aconteceu porque ele não compareceu, mas a reunião era para tratar de outro assunto, porque sobre esse assunto quem tem que conversar é o PSDB e não cabe portanto a mim estar discutindo um assunto que é interno do PSDB, eu não sou do PSDB", frisou Zé Teixeira.

##### Perfis diferentes


Indagado se com essa junção entre Geraldo e Marçal ficaria mais fácil vencer as eleições, Zé Teixeira disse que é muito cedo para avaliar, mas sabe que as pesquisas qualitativas e quantitativas até agora realizadas indicam que esse é o melhor caminho nas eleições deste ano. "São perfis diferentes, eleitorados diferentes, uma chapa muito forte", considerou o deputado.

##### Festa no interior


Pessoa atenta, advogado militante na cidade de Dourados esteve ontem na redação de O Progresso demonstrando indignação com a forma com que fecharam o trânsito da Presidente Vargas e Joaquim Teixeira Alves durante todo o dia de ontem e como os "amarelinhos" agiram diante deste bloqueio para a realização da Festa Junina de Dourados.

##### O bloqueio


"A Avenida Presidente Vargas foi bloqueada entre a Marcelino e a Joaquim Teixeira Alves. Não satisfeita a prefeitura também bloqueou grande parte da Joaquim Teixeira Alves. Precisava tudo isso?. O trânsito ontem em Dourados neste trecho virou um verdadeiro transtorno. Os veículos eram obrigados a converter a esquerda para quem vinha na presidente Vargas sentido centro e a direita para quem seguia no sentido contrário", quer dizer todos serem obrigados a entrar no mesmo sentido e por isso ficou bastante tumultuado.

##### Furando o sinal


Prossegue o advogado. "Sabemos que a prefeitura tem o poder de fechar as ruas da cidade, mas o que eu fiquei pasmo foi com os fiscais da Agetran. Diante de todo aquele tumulto ao invés deles estarem orientando os condutores dos veículos diante de uma situação que alterou totalmente a rotina do centro da cidade, eles estavam preocupados em multar quem estava furando o sinal".

##### De surpresa


"Embora os cavaletes estivessem na rua as pessoas foram pegas de surpresa com o fechamento das principais vias de Dourados em pleno dia de semana e deveriam receber orientação por parte dos agentes de trânsito, mais orientação do que multa", encerrou o advogado.

##### Regime militar


Luiz Carlos Borges da Silveira é empresário, médico e professor. Foi Ministro da Saúde e Deputado Federal, diz o seguinte a respeito do PMDB. "Há pouco mais de um mês, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) assumiu o governo de maneira transversa. É a primeira vez que o partido se acha em tal posição, depois do governo de José Sarney, que não era peemedebista autêntico, apenas um adesista oriundo do partido governista do regime militar, que assumiu por ter sido vice de Tancredo Neves em uma eleição indireta".

##### Erros e contradições


"Portanto, o PMDB nunca foi habituado a governar nem a disputar uma eleição direta com esse propósito. A última vez que concorreu foi em 1989, com Ulysses Guimarães, depois disso, preferiu fisiologicamente ‘estar’ no governo e não ‘ser’ governo, usufruindo dos bônus sem se responsabilizar pelos ônus. Por isso, não devem os brasileiros se surpreender com erros e contradições deste interino governo peemedebista representado por Michel Temer, o partido nunca teve traquejo para governar. Ao menos no nível federal".

##### Pouco tempo


"O PMDB é um partido que merece profundo estudo sociológico e político. Por que mudou tanto em tão pouco tempo da história política brasileira? Hoje é totalmente transformado e cheio de contradições, desfigurado e irreconhecível daquele que começou com a defesa de exponenciais bandeiras e enfrentando a ditadura militar".

##### Contra o regime


"Esse partido teve seu início como principal paladino das esperanças dos brasileiros. Nasceu MDB (Movimento Democrático Brasileiro), quando o governo militar, por decreto, tornou extintas as siglas existentes, determinando a formação de apenas duas, a Arena (governista) e o MDB (oposicionista). Este desempenhou bravamente seu papel desenvolvendo vigorosa resistência. Reunia expressivas lideranças e as mais variadas tendências democráticas, quem era contra o regime de então, estava no MDB".

##### Apologia ao estupro


O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) tornou-se réu no Supremo Tribunal Federal por apologia ao estupro. Ele será julgado por ter dito que não estupraria sua colega de Câmara, a deputada Maria do Rosário (PT-RS), porque ela não merecia. A decisão foi tomada pela 1ª Turma, por maioria, ficando vencido o ministro Marco Aurélio.

##### Que frase!


"Ser humilde com os superiores é obrigação, com os colegas é cortesia, com os inferiores é nobreza". (Benjamin Franklin).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especialista ensina como organizar a casa em tempos de pandemia
Dourados

Especialista ensina como organizar a casa em tempos de pandemia

04/08/2020 13:00
Especialista ensina como organizar a casa em tempos de pandemia
Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Adoção na Pandemia

Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia

03/08/2020 16:25
Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Agosto Lilás:  Mulheres sofrem "pandemia da violência"
Mulher

Agosto Lilás: Mulheres sofrem "pandemia da violência"

03/08/2020 10:03
Agosto Lilás:  Mulheres sofrem "pandemia da violência"
Branding em Arquitetura
Variedades

Branding em Arquitetura

30/07/2020 14:38
Branding em Arquitetura
Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz
Exposição

Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz

30/07/2020 14:35
Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz
Últimas Notícias