Dourados – MS segunda, 19 de outubro de 2020
Dourados
34º max
21º min
Influx
Variedades

Produtores já contabilizam prejuízos

09 Mar 2011 - 22h30
Produtores aproveitam os dias de tempo firme para adiantar a colheita da soja - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSOProdutores aproveitam os dias de tempo firme para adiantar a colheita da soja - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSO
Marli Lange
######PROGRESSO

DOURADOS – Produtores rurais de todo Estado vivem um dilema. Muitos estão com a colheita atrasada em função da chuva que não deu trégua entre fevereiro e inicio deste mês. Alguns já contabilizam perdas na safra de soja, segundo informações da Associação dos Engenheiros Agrônomos da Grande Dourados (Aeagran). Os técnicos ainda não levantaram a extensão do prejuízo.

Em nível de Estado, o setor da agricultura prevê que se o tempo chuvoso continuar as perdas podem chegar até 20% de toda produção, já que parte da oleaginosa poderá apodrecer na lavoura. A previsão inicial era que Mato Grosso do Sul poderia produzir 10,042 milhões de toneladas nesta safra.

O atraso na colheita da soja compromete a segunda safra do milho. No Estado, o prazo estabelecido pelo zoneamento era até 28 de fevereiro, mas por causa do atraso da colheita da soja, o Ministério da Agricultura prorrogou para 20 de março para o setor não sul-mato-grossense não perder o seguro rural (Proagro). Mas mesmo assim muitos produtores temem que não haja tempo hábil, já que grande parte utiliza o mesmo espaço da soja para plantar o milho.


Neste período do mês, em safras passadas, a colheita da soja já estaria em fase final, lembra o presidente da Aeagran, Bruno Tomazini. Ele estima que nem 30% da safra tenham sido colhidos até agora.

De acordo com o engenheiro agrônomo do Grupo Plantio na Palha, Ângelo Ximenes, mesmo que os produtores consigam plantar o milho até o prazo estabelecido pelo zoneamento, muitos poderão enfrentar riscos em função das geadas entre os meses de junho e julho.

A ampliação do plantio do milho safrinha em Mato Grosso do Sul ocorreu em caráter excepcional, após os técnicos terem constatado excesso de chuvas nas principais regiões produtoras, o que atrasou a colheita da soja e está impedindo o plantio do milho da segunda safra, que é feito na mesma área. A medida é válida para 27 municípios do Estado.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) previa colheita de 5,687 milhões de toneladas de soja nesta safra. No entanto, o atraso na colheita pode representar perdas elevadas, chegando até agora entre 170 mil a 227 mil toneladas de grãos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
Selo internacional

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC

04/10/2020 11:13
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Últimas Notícias