Dourados – MS quinta, 25 de fevereiro de 2021
Dourados
34º max
24º min
Influx
Pets

Tribunal de Justiça ouve esposa de Olarte e mais oito pessoas hoje

22 Jan 2016 - 07h00
Gilmar Olarte é acusado dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. - Crédito: Foto: DivulgaçãoGilmar Olarte é acusado dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. - Crédito: Foto: Divulgação
A Justiça de Campo Grande ouve nesta sexta-feira (22) outras nove pessoas, consideradas testemunhas, no processo em que o vice-prefeito afastado da cidade, Gilmar Olarte (PP), é acusado dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva.


Os interrogatórios ocorrerão a partir das 9h no TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).
Na relação de interrogados está a esposa do vice-prefeito afastado, Andrea Olarte. Também figuram na lista, o vereador Cazuza (PP), Fabrício Amaral, Ricardo Freitas, Ismael Faustino, Walter Pereira, Valdir Pereira, Sebastião Vieira e Joacir Pereira.


Olarte é acusado de suposto uso de cheques para financiar a cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), que voltou ao cargo no final de 2015.


O Ministério Público relata que uma das testemunhas, Edmundo de Freitas, disse no primeiro dia de depoimentos, em novembro do ano passado, que trocou R$ 240 mil em cheques a mando do vice-prefeito. Ele teria recebido promessas de vantagens em troca do favor.


Conforme ainda o MP, Edmundo falou que Ronan Feitosa e Olarte intermediariam serviços para ele com empreiteiras e que levaram cheques de terceiros para ele trocar.


“Ficaram saldados três cheques de R$ 4 mil e outros 13 voltaram, deixando uma dívida de R$ 240 mil”, disse o empresário, chorando à época.


No começo das oitivas do caso, no ano passado, o prefeito Alcides Bernal foi um dos primeiros a serem ouvidos.


A governadora em exercício, Rose Modesto (PSDB), e o ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PTB), estavam entre os esperados. No entanto, segundo a assessoria do Tribunal de Justiça, não devem comparecer.
Rose, que também é  secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, vai depor no dia 5 de fevereiro e Nelsinho não foi relacionado, segundo a assessoria do Tribunal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Abandono de animais aumenta na pandemia e bichos não encontram lares
Dia a Dia

Abandono de animais aumenta na pandemia e bichos não encontram lares

30/01/2021 10:25
Abandono de animais aumenta na pandemia e bichos não encontram lares
Vacina Antirrábica

CCZ terá três pontos de vacinação antirrábica no sábado

26/11/2020 16:45
PRF recupera em Três Lagoas veículo roubado há cinco anos
Polícia

PRF recupera em Três Lagoas veículo roubado há cinco anos

19/11/2020 16:21
PRF recupera em Três Lagoas veículo roubado há cinco anos
Últimas Notícias