Dourados – MS sábado, 11 de julho de 2020
Dourados
31º max
14º min
Pets

“Trem da alegria” gastou mais de R$ 600 mil com viagens de vereadores

20 Fev 2016 - 07h00
Marcelo Aguilar Lunes autorizou o pagamento das diárias na Câmara de Corumbá. - Crédito: Foto: DivulgaçãoMarcelo Aguilar Lunes autorizou o pagamento das diárias na Câmara de Corumbá. - Crédito: Foto: Divulgação
Depois do imbróglio político ocorrido nas Câmaras de Vereadores de Naviraí e Ribas do Rio Pardo, onde ocorreram cassação de mandatos e até prisões por conta de irregularidades e desvio de verbas públicas, novos gastos do dinheiro público são constatados na cidade de Corumbá, onde um verdadeiro “trem da alegria” foi montado no local.


Reportagem do portal Conjuntura Online, assinada pelo jornalista Gilmar Lisboa, mostra que o “trem da alegria” gastou mais de R$ 600 mil com viagens de vereadores em Mato Grosso do Sul.


De acordo com a publicação, no período entre janeiro de 2013 e dezembro de 2014, o vereador Marcelo Aguilar Lunes (PDT) autorizou o pagamento de R$ 613 mil em diárias aos 15 vereadores da Casa da época.
Somente em 2014 o pedetista autorizou R$ 364 mil em diárias.


Lunes dirigiu a Câmara do município durante os dois anos. No período ele também pagou, a ele próprio, R$ 51 mil em diárias. Já nos últimos três anos o pedetista consumiu R$ 67 mil em diárias – o salário de um vereador de Corumbá é de pouco mais de R$ 8 mil.


Entre janeiro de 2013 e dezembro de 2015 foram, ao menos, 60 diárias pagas a Lunes – 16 delas, no valor de R$ 16 mil, autorizadas somente em 2015, já na gestão do vereador José Tadeu Vieira (PDT) à frente da Câmara.


No seu caso, Lunes atribuiu os gastos a supostas despesas de hospedagem e alimentação que fez em viagens principalmente a Campo Grande.


Os dados constam no relatório sobre gastos com diárias, publicado no Portal da Transparência da Câmara de Corumbá, atrelado ao site oficial daquela Casa.


O vereador justificou a grande maioria dos gastos com a rubrica “viagem para tratar de assuntos do Legislativo”. Em pouquíssimos casos as justificativas vieram acompanhadas de razões mais esclarecedoras para os deslocamentos.


No relatório é especificado, mês a mês, o número de viagens feitas pelo vereador, o destino, o objetivo dos deslocamentos e os valores dos gastos.


Em 2013, por exemplo, no primeiro ano em que comandou a Câmara da cidade, Lunes abusou dos gastos com diárias, conforme o Portal da Transparência.


Ao todo, ele consumiu naquele ano R$ 23 mil com diárias. E não foram apenas os valores gastos com tais despesas que chamam a atenção. Mas os períodos em que as diárias foram pagas.


Em janeiro daquele ano, por exemplo, período em que a Câmara estava em recesso e, por esse motivo, não se justificariam tais despesas, Lunes autorizou a ele mesmo quatro diárias para viagens à Capital, ou uma média de uma por semana.


Os gastos totalizaram R$ 3.200,00, levando-se em conta que à época o valor de cada diária era de R$ 800,00. No mesmo mês, o vereador autorizou o pagamento de outras 13 diárias, que beneficiaram também outros cinco vereadores da Câmara, a um custo total de R$ 13.600,00.


Em 2014, em apenas dois meses (novembro e dezembro), agora já no último ano da gestão de Lunes à frente da Câmara, o pedetista consumiu 10 diárias de R$ 1.000.00 cada, o equivalente a R$ 10 mil, ou um pouco mais que um salário mensal de vereador no município.


Já em 2015, ano em que Lunes já não presidia mais a Câmara e que ele foi beneficiado com R$ 16 mil em diárias (ou uma média de mais de uma ao mês), o vereador desfrutou de outro benefício bastante estranho na seara das diárias.


Recebeu R$ 2.000,00 em diárias em pleno recesso parlamentar de julho, igualmente justificados com a polêmica rubrica “viagem para tratar de assuntos do Legislativo”.

Outro lado


Procurada pela reportagem para falar sobre os gastos exagerados com as diárias no município, a direção atual da Câmara de Corumbá não quis se manifestar sobre o assunto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Adoção de Pets

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social

28/05/2020 15:31
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Últimas Notícias